Siga o OTD

Pedro Veniss

Pedro Veniss – hipismo saltos – individual e equipes – Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento:.Rio de Janeiro/RJ
Idade: 38 anos (06/01/1983)
Altura: 1,81m
Idade: 66kg
Pan: 3 (Rio-2007, Toronto-2015, Lima-2019)
Olimpíada: 2 (Pequim-2008, Rio-2016)

– Rio-2007, Lima 2019 (equipes)

Pedro Veniss é um experiente cavaleiro brasileiro que representará o hipismo do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 junto com seu cavalo Quabri de L’Isle. Competirá no torneio individual e também por equipes.

Atualmente na 89ª posição do ranking mundial, o cavaleiro terá a companhia em Tóquio dos conjuntos: Marlon Zanotelli/VDL Edgar, Yuri Mansur/QH Alfons Santo Antonio e Rodrigo Pessoa/ Carlitos Way. Contudo, um deles será reserva, já que apenas três titulares podem competir tanto no individual como por equipes.

Veniss não foi convocado inicialmente. Só estará em Tóquio porque Luiz Francisco Azevedo foi substituído após ter lesão constatada em sua montaria.

Coisa de família

Nascido em São Paulo, Pedro Veniss é um cavaleiro que desde cedo já esteve envolvido com o hipismo muito por conta do seu avô, comerciante de cavalos, e de seus tios, atletas na modalidade. Pedro recebeu o incentivo dos pais desde a infância e rapidamente tomou gosto pelo esporte.

+ Datas, chances de Veniss, favoritos e mais: Saiba TUDO sobre a prova individual em Tóquio

Morando na Europa desde os 17 anos, Pedro conseguiu demonstrar o seu potencial cedo e já fez parte da equipe brasileira que disputaria os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007. 

Calando os críticos

Logo em seu primeiro evento dessa magnitude representando o país, Pedro precisou superar mais obstáculos que apenas as barreiras com o cavalo.

Se não bastasse toda pressão para representar o seu país num torneio em casa, o cavaleiro ainda estava enfrentando na justiça. Pedro sofreu uma intimação por parte pessoas que acreditavam que os critérios de sua seleção não haviam sido respeitados. 

Veniss só conseguiu confirmar que participar do evento uma semana antes da realização do Pan. No final de tudo, Pedro não só competiu como também garantiu a medalha de ouro no Rio de Janeiro

Pedro Veniss - hipismo saltos - individual e equipes - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Pedro Veniss duranre prova na Europa (FEI / Raul Sifuentes)

Duas que deveriam ser três

Em sua estreia olímpica 2008, nos Jogos de Pequim, o brasileiro teve um início promissor, porém acabou sofrendo uma queda no segundo dia de prova e foi eliminado.

Já em 2012, novamente Pedro Veniss foi impedido de participar, dessa vez por não ter recebido a autorização do dono de seu cavalo para competir na Inglaterra.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Em 2016, o cavaleiro finalmente estreou em Jogos Olímpicos. Diante da torcida brasileira, fechou a participação com a quinta colocação, obtendo o melhor resultado brasileiro no hipismo neste século.

Na história do hipismo brasileiro

Em 2019, Pedro Veniss brilho novamente no Pan. Na competição realizada em Lima, no Peru, venceu a competição dos saltos ao lado de Rodrigo Lambre, Marlon Zanotelli e Eduardo Menezes.

Desse modo, ajudou a habilitar o país para participar no hipismo dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é HIPISMO-0708-1024x682-1.jpg
Marlon Zanotelli, Rodrigo Lambre, Pedro Veniss e Eduardo Menezes hipismo saltos é ouro no salto individual em Lima 2019 (arquivo)

Em 2021

Desde a volta dos saltos do hipismo após a pandemia, Pedro Veniss vinha constantemente obtendo bons resultados. Sempre figurou entre os melhores nas principais competições europeias, conquistando inclusive títulos importantes.

No início de julho, o técnico Philippe Guerdat, campeão olímpico treinando a equipe da França em 2016 e atual técnico do Brasil, convocou os quatro nomes do hipismo saltos para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 sem o de Pedro Veniss incluso.

Uma reviravolta inesperada, no entanto, o colocou na Olimpíada.

Praticamente a uma semana da abertura da Olimpíada, a equipe brasileira sofreu uma mudança de última hora. Após ter lesão constatada em sua montaria, Luiz Francisco de Azevedo foi substituído pelo conjunto formado por Pedro Veniss e Quabri de L’Isle.

Segundo comunicado emitido pela CBH, todos os cavalos convocados haviam sido examinados antes da oficialização da lista de atletas. No entanto, Comic, cavalo que formaria conjunto com Luiz Francisco de Azevedo sofreu uma lesão depois disso e precisou ser cortado.

Dessa forma, Pedro Veniss se juntou a Marlon Zanotelli, Rodrigo Pessoa e Yuri Mansur para representar o hipismo de saltos do Brasil em Tóquio. O quarteto entrou em quarentena nesta semana em Aachen, na Alemanha, antes da viagem para o Japão, marcada para o dia 25.

Pedro Veniss obteve excelentes resultados no mês de julho. Veniss conseguiu dois terceiros lugares no torneio internacional de saltos na Espanha. Na sequência, faturou um título de relevância na Itália.

.

RESULTADOS

DataProvaHorário/ResultadoLigaTemporada
CSI3* Vejer de la Frontera x Karina Johanpetter, Pedro Veniss (CSI3*)
Saltos – Final individual – Round 1 - Pedro VenissJogos Pan-Americanos - Hipismo2019
Saltos – Segunda competição – Round 2 – Final por equipes e terceira classificatória individual x Pedro VenissJogos Pan-Americanos - Hipismo2019
Saltos – Segunda competição – Round 1 – Primeira rodada por equipes e segunda classificatória individual x Pedro VenissJogos Pan-Americanos - Hipismo2019
Saltos – Primeira competição individual e por equipes x Pedro VenissJogos Pan-Americanos - Hipismo2019
Troféu Cassino de Monte Carlo (1,45m contra o relógio) x Pedro VenissEtapa de Mônaco do Global Champions Tour2018
Global Champions Tour – 2º. Round x Pedro VenissEtapa de Cannes do Global Champions Tour2018
CSI5* 1,45m em duas fases x Pedro Veniss (BRA)Etapa de Cannes do Global Champions Tour2018
CSI5* 1,50/1,60m Contra o Relógio x Pedro VenissEtapa de St. Tropez do Global Champions Tour2018