Siga o OTD

Kumite 55kg feminino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Caratê – Kumite 55kg feminino

Chances do Brasil

Valéria Kumizaki conquistou a medalha de ouro em Cochabamba 2018

Valéria Kumizaki é uma das principais favoritas na corrida pela medalha de ouro na categoria até 55kg. Vale lembrar que a brasileira é a atual campeã da categoria nos Jogos Pan-Americanos, faturando o título em Toronto 2015. Além disso, chega com moral em Lima por conta do bom retrospecto recente em competições importantes no ano passado e no início de 2019.

A carateca paulista faturou o ouro nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia, e no Pan-Americano de caratê, realizado no Chile. No final da temporada de 2018, também assegurou o bronze na etapa de Xangai da Premier League. Em fevereiro passado, obteve mais um terceiro lugar, desta vez em Dubai, em outro evento da competição. Valéria Kumizaki desembarcará no Peru como grande esperança do Brasil por um lugar no pódio.

Local da competição

Polideportivo Villa El Salvador

Local: Lima

Capacidade: 6.100 torcedores

Nossos pódios

Em Toronto 2015, Valéria confirmou o título inédito (Foto: Sergio Dutti/Exemplus/COB)

Estrela dos Jogos Pan-Americanos, Valéria Kumizaki também já marcou presença entre as três melhores da categoria em duas oportunidades. A pesagem até 55kg passou a fazer parte do programa oficial do torneio em Guadalajara 2011, quando a atleta brasileira avançou às semifinais e voltou do México com a medalha de bronze na conta.

Quatro anos mais tarde, a sorte mudou em Toronto 2015. E para melhor. Apesar de encontrar dificuldades na fase de classificação, Valéria Kumizaki garantiu um lugar na sequência do campeonato ao registrar uma vitória, um empate e uma derrota. A um passo da finalíssima, não deu chances para a chilena Jessy Reyes e triunfou por 7-0. No duelo derradeiro, superou Kate Campbell, do Canadá, e fechou com o ouro, o primeiro do Brasil na categoria.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
2011 Shannon Nishi
EUA
Karina Diaz
 República Dominicana
Valeria Kumizaki
Brasil
Jessy Reyes
Chile
2015 Valéria Kumizaki
Brasil
Kate Campbell
Canadá
Jessy Reyes
Chile
Alessandra Vindrola
Peru

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Brasil 1 0 1 2
2  EUA 1 0 0 1
3  República Dominicana 0 1 0 1
 Canadá 0 1 0 1
5  Chile 0 0 2 2
6  Peru 0 0 1 1

O esporte

O objetivo do caratê é derrotar o adversário utilizando socos e chutes para marcar pontos. No final do combate, o competidor com o maior número de pontos é declarado o vencedor (ou antes do fim, caso um deles alcance oito pontos de vantagem sobre o oponente). Os atletas são colocados em categorias de acordo com seu peso.

A duração do kumite é de três minutos para o adulto masculino (individual ou equipe) e de dois minutos para o adulto feminino. A duração nas categorias inferiores depende do critério da organização do evento. A pontuação é limitada às seguintes áreas do corpo do adversário: cabeça, rosto, pescoço, peito, abdômen, lado e costas.