Siga o OTD

Derick de Souza Silva

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento: Rio de Janeiro/RS
Idade: 23 anos (23/04/1998)
Olimpíada: 0
Pan: 1 (Lima-2019)

MUNDIAL
– Revezamento 4x100m Yokohama 2019

PAN
– Revezamento 4x100m Lima-2019

Derick de Souza Silva é um dos atletas da já histórica geração do atletismo brasileiro multicampeã na prova do revezamento 4x100m masculino – prova na qual é medalhista mundial e campeão pan-americano – que buscará uma medalha olímpica nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

+ Saiba quem são as feras que competirão nos 100m rasos e no revezamento 4x100m masculino

No revezamento 4x100m, Derick terá a companhia de Paulo André Oliveira, Felipe Bardi e Rodrigo do Nascimento.

Esporte no sangue

Nascido no Rio de Janeiro (RJ), Derick de Souza Silva é filho de um casal de quase atletas (o pai tinha sido lançador de martelo e arremessador de peso, enquanto a mãe foi recordista sul-americana nos 100m com barreiras). Com isso a expectativa é de que os pais seriam grandes incentivadores para que o filho fizesse carreira no esporte, certo?

Na verdade não.

Por conta de frustrações vividas pela dupla ainda quando atletas, os pais sempre aconselharam ao herdeiro que priorizasse os estudos e tivesse em mente uma carreira mais “tradicional”. No entanto, esse pensamento acabou se tornando um combustível para Derick, que hoje já pode se dizer um atleta de sucesso.

revezamento 4x100m atletismo Jogos Olímpicos de Tóquio
Derick de Souza Silva conquistou a medalha de prata no mundial júnior (Getty Images/arquivo)

Os primeiros resultados positivos já vieram rapidamente. Com apenas 17 anos, o velocista conquistou um belíssimo resultado no vice-campeão no Mundial de Menores, disputado em Cáli, em 2015, ao conquistar a medalha de prata nos 100 m.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Ano histórico

A sequência de bons resultados do velocista chegou ao seu auge, até agora, em 2019. Representando o Brasil no Mundial de Revezamento, o velocista foi o responsável pela última transição do bastão em Yokohama nos 4×100 m masculino para garantir a medalha de ouro.

+ Confira TUDO sobre TODAS as provas de TODAS as modalidades dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

A marca de 38s05, construída por Derick de Souza Silva ao lado de Rodrigo Nascimento, Jorge Henrique Vides e Paulo André de Oliveira entrou para história como o terceiro melhor tempo de equipes brasileiras em campeonatos mundiais, atrás apenas da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000 e a quarta posição no Mundial de 2007.

Ainda na mesma temporada, o quarteto foi até Lima e conquistou mais uma medalha de ouro no revezamento 4x100m dos Jogos Pan-Americanos.

revezamento 4x100m atletismo Jogos Olímpicos de Tóquio
Revezamento 4 x 100m conquistou o ouro no Mundial e no Pan de 2019 (Divulgação)

Em 2021

Derick obteve bons resultados na temporada. Pelo Campeonato Sul-Americano de Atletismo, disputado em maio, no Equador, o velocista conquistou duas medalhas: ouro no revezamento 4×100 m masculino e bronze nos 100m masculino.

Outra medalha de bronze conquistada na temporada veio no Meeting Maia Cidade do Desporto, disputado em junho, em Portugal. O último mês ainda garantiu a quarta colocação nos 100 m rasos do Troféu Brasil.

A oficialização da classificação olímpica de Derick de Souza Silva veio no primeiro dia de julho, quando a equipe olímpica de atletismo foi confirmada para Tóquio com 52 atletas.

viagra