Siga o OTD

Rodrigo do Nascimento

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento: Itajaí/SC
Idade: 26 anos (26/09/1994)
Olimpíada: 0
Pan: 1 (Lima-2019)

MUNDIAL
– Revezamento 4x100m Yokohama 2019

PAN
– Revezamento 4x100m Lima-2019

Rodrigo do Nascimento é um dos atletas da já histórica geração do atletismo brasileiro multicampeã na prova do revezamento 4x100m masculino – prova na qual é medalhista mundial e campeão pan-americano – que buscará uma medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

No revezamento 4x100m, Rodrigo terá a companhia de Paulo André Oliveira, Felipe Bardi e Derick de Souza Silva. E ele também vai competir nos 100m rasos.

Do futebol ao atletismo

Nascido em Itajaí, em Santa Catarina, Rodrigo do Nascimento sempre gostou de praticar esporte e sonha em ser atleta profissional desde criança. Mas não no atletismo. Ele conheceu a modalidade quando tinha 14 anos, durante os Jogos Escolares da cidade. Foi convidado por um professor, mas mesmo com um bom desempenho, o negócio dele era mesmo o futebol. Até porque, ele não queria gastar suas tardes correndo debaixo do sol.

Aos 17 anos, já não estava mais jogando futebol e virou office boy para ajudar a mãe em casa. Durante as idas e vindas no trabalho, ele passava ao lado da pista de atletismo. E um dia, seu professor, Luciano Moser o convidou a voltar aos treinos. E desta vez, ele aceitou.

+ Saiba quem são as feras que competirão nos 100m rasos e no revezamento 4x100m masculino

A rotina ficou, então, cheia. Ele estudava de manhã, trabalha à tarde e treinava no período da noite. Mas, os resultados logo começaram a aparecer. E Rodrigo do Nascimento recebeu o mesmo salário do trabalho para “apenas” treinar. Foi o começo de uma história que resultou em pódio mundial.

Despontando para o mundo

Rodrigo do Nascimento competiu, então, como federado pela primeira vez em 2011, quando foi campeão dos Jogos Escolares de Santa Catarina nos 400 metros. Seu primeiro Campeonato Brasileiro foi no mesmo ano e, na época, disputou as provas dos 200 e 400 metros. A mudança para os 100 metros aconteceu posteriormente.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Depois, foi campeão Pan-Americano júnior, Sul-Americano, até chegar no Campeonato Mundial e em Lima-2019. No Pan, o revezamento 4x100m garantiu a medalha de ouro, enquanto Rodrigo do Nascimento bateu na trave nos 100m rasos, ficando em quarto lugar.

Mas foi no Mundial de Doha, no Catar, dois meses antes do Pan, que ele e aquipe brasileira brilharam. Rodrigo, Paulo André, Jorge Vides e Derick Souza terminaram a prova com o tempo de 38.05, o que rendeu o lugar mais alto do pódio para o Brasil.

Mais tarde, no final de 2019, Rodrigo do Nascimento competiu nos 100m rasos no Meeting Internacional de Rehlinger, na Alemanha, e fez 10s11,quebrando o seu recorde pessoal que era de 10s14. Ainda no mesmo ano, conseguiu o indíce nos 100m para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 em uma competição interna do Pinheiros.

Rodrigo do Nascimento - Revezamento 4x100m - 100m - Atletismo - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Revezamento 4 x 100m conquistou o ouro no Mundial e no Pan de 2019 (Wagner Carmo/CBAt)

Em 2021

Depois de um 2020 complicado, com poucas competições e nenhuma internacional, Rodrigo do Nascimento voltou com tudo para 2021. Conquistou a medalha de prata no Campeonato Mundial de revezamentos, com Felipe dos Santos no lugar de Jorge Vides.

+ Confira TUDO sobre TODAS as provas de TODAS as modalidades dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Além disso, a oficialização da classificação olímpica de veio no primeiro dia de julho, quando a equipe olímpica de atletismo foi confirmada para Tóquio com 52 atletas.

RESULTADOS

DataProvaHorário/ResultadoLigaTemporada