Siga o OTD

Sprint individual feminino

Sprint individual feminino nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Calendário do sprint individual feminino em Tóquio-2020

DataProvaHorário/Resultado
Sprint feminino – Qualificação x
Sprint feminino – 1/32 x
Sprint feminino – 1/32 – Repescagem x
Sprint feminino – 1/16 x
Sprint feminino – 1/16 – Repescagem x
Sprint feminino – 1/8 x
Sprint feminino – 1/8 Repescagem x
Sprint feminino – Quartas de Final – Race 1 x
Sprint feminino – Quartas de Final – Race 2 x
Sprint feminino – Quartas de Final x
Sprint feminino – Semifinais – Race 1 x
Sprint feminino – Semifinais – Race 2 x
Sprint feminino – Semifinais x
Sprint feminino – Disputa de 5.º a 8.º x
Sprint feminino – Finais – Race 1 x
Sprint feminino – Finais – Race 2 x
Sprint feminino – Final x

O Brasil no sprint individual feminino nos Jogos Olímpicos

O Brasil nunca disputou esta prova em Jogos Olímpicos.

As favoritas do sprint individual feminino em Tóquio-2020

Kristina Vogel se aposentou no meio do último ciclo, mas a Alemanha já conta com uma ótima renovação. Emma Hinze brilhou no Mundial de 2020 aos 22 anos vencendo o sprint individual, o sprint por equipes ao lado de Pauline Grabosch e a Keirin. Hinze já vinha de uma grande carreira como júnior, vencendo as mesmas três provas no Mundial Júnior de 2015.

Sprint feminino Emma Hinze
Campeã mundial em 2020, a alemã Emma Hinze desponta como favorita no sprint feminino em Tóquio (Reprodução)

A australiana Stephanie Morton tem sete medalhas em Mundiais, sendo três no sprint individual. Ela esteve nas finais dos Mundiais de 2017, 2018 e 2019, perdendo nas três oportunidades. Venceu duas vezes esta prova nos Jogos da Comunidade Britânica em 2014 e 2018 e tem tudo paraconseguir um feito inédito entre mulheres, podendo se tornar a primeira a medalhar em uma Olimpíada e em uma Paralimpíada. Morton foi guia da ciclista Felicity Johnson, ouro no 1km contrarrelógio para deficientes visuais em Londres-2012.

Lee Wai Sze, de Hong Kong, foi campeã mundial desta prova em 2019 e soma ainda outros três bronzes no sprint, além de outras quatro medalhas em outras provas. Bronze em Londres-2012 na Keirin, Lee tem inúmeros títulos asiáticos e em Jogos Asiáticos, além de outras oito vitórias no sprint em Copas do Mundo.

A russa Anastasia Voynova levou uma prata no sprint por equipes na Rio-2016 e foi prata no individual no Mundial de 2020, perdendo para Hinze. Em euripeus, já chegou sete vezes à final, vencendo em três ocasiões.

Outras fortes candidatas a pódio são a francesa Mathilde Gross , bronze no Mundial de 2019, a britânica Katy Marchant, bronze no Rio-2016, a russa Daria Shmeleva, prata ao lado de Voynova no Rio-2016, e a ucraniana Olena Starikova.

Histórico do sprint individual feminino nos Jogos Olímpicos

As mulheres começaram a competir no ciclismo de pista nos Jogos de Seul-1988, com a disputa solitária do sprint individual.

Doze atletas competiram na estreia do sprint em Seul. A soviética Erika Salumäe foi a melhor na qualificação e venceu todas as suas baterias até chegar na final, onde enfrentou a alemã oriental Christa Luding-Rothenburger. A alemã venceu a 1ª série, mas Salumäe virou e levou o ouro. Ela havia sido campeã mundial no ano anterior e repetiu a vitória no Mundial de 1989.

Após a divisão da União Soviética, Salumäe defendeu a Estônia em Barcelona-1992. A melhor na quali tinha sido a holandesa Ingrid Haringa, campeã mundial no anterior, mas ela acabou perdendo na semifinal para a alemã Annett Neumann, enquanto Salumäe passou pela francesa Félicia Ballanger. Na decisão, a estoniana levou seu segundo ouro olímpico ao vencer Neumann na final por 2-1.

Ballanger acabou ficando em 4º lugar em Barcelona, mas no ciclo seguinte dominou a prova e se manteve no topo por anos. Venceu cinco mundiais seguidos entre 1995 e 1999 e, em Atlanta-1996, faturou o seu 1º ouro olímpico. Nas quartas de final, ela teve uma revanche contra Salumäe, derrotando a estoniana por 2-0.

Ballanger, que também venceu cinco vezes os 500m contrarrelógio nos mesmos Mundiais que levou o sprint, brilhou mais uma vez e faturou o ouro em Sydney-2000, derrotando na decisão a russa Oksana Grichina por 2-1.

Sprint feminino Félicia Ballanger
Em Atlanta-1996, a francesa Félicia Ballanger comemora a primeira de suas duas medalhas de ouro no sprint (COI)

A canadense Lori-Ann Muenzer, três medalhas nesta prova em Mundiais, foi a campeã em Atenas-2004, derrotando a russa Tamilla Abassova na decisão.

Em Pequim-2008, foi a vez da Grã-Bretanha dominar as provas do velódromo e no sprint feminino não foi diferente, com a vitória de Victoria Pendleton, derrotando a grande australiana Anna Meares na final. Ela foi ouro nos Mundiais de 2005, 2007 e 2008, além de uma prata em 2006. A britânica continuou como a principal força da prova por mais um ciclo, subindo ao pódio de mais quatro mundiais seguidos. Em casa, em Londres-2012, Pendleton começou batendo o recorde olímpico na qualificação e seguiu vencendo todas as suas baterias. Mas na final, foi a vez de Meares conseguir sua revanche e vencer por 2-0 para levar o ouro.

Após esta edição, Pendleton se aposentou e Meares tirou um ano de descanso. Quem foi para o topo da prova foi a alemã Kristina Vogel, que havia sido ouro em Londres no sprint por equipes. A alemã fez um grande Mundial de 2014, vencendo as três provas olímpicas de velocidade, repetindo o ouro no sprint no de 2015 e no de 2016, pouco antes dos Jogos do Rio, quando venceu no Keirin.

Na disputa carioca, duas britânicas foram as mais rápidas na qualificação, com Becky James batendo o recorde olímpico com 10.721, e Katy Marchant, enquanto Vogel fez o 6º tempo. As três chegaram às semifinais, onde Vogel venceu Marchant por 2-0. Na decisão, a alemã venceu Becky James também por 2-0 por diferenças mínimas (0.016 na 1ª bateria e apenas 0.004 na 2ª).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Medalhistas do sprint individual feminino nos Jogos Olímpicos

JogosOuroPrataBronze
Seul 1988Erika SalumäeURSChrista RothenburgerGDRConnie Paraskevin-YoungEUA
Barcelona 1992Erika SalumäeESTAnnett NeumannGERIngrid HaringaNED
Atlanta 1996Félicia BallangerFRAMichelle FerrisAUSIngrid HaringaNED
Sydney 2000Félicia BallangerFRAOksana GrishinaRUSIryna YanovychUKR
Atenas 2004Lori-Ann MuenzerCANTamila AbasovaRUSAnna mearesAUS
Pequim 2008Vicki PendletonGBRAnna MearesAUSGuo ShuangCHN
Londres 2012Anna MearesAUSVicki PendletonGBRGuo ShuangCHN
Rio 2016Kristina VogelGERBecky JamesGBRKaty MarchantGBR

Quadro de medalhas do sprint individual feminino nos Jogos Olímpicos

PaísOuroPrataBronzeTotal
França2002
Austrália1214
Grã-Bretanha1214
Alemanha1102
Canadá1001
Estônia1001
União Soviética1001
Rússia0202
Alemanha Oriental0101
Holanda0022
China0022
Ucrânia0011
Estados Unidos0011