Siga o OTD

3×3 masculino

Tabela do basquete 3×3 masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

CLASSIFICAÇÃO

PosTimePtsJVDPróContra
12177013890
212743133125
312743132129
412743126127
59734116125
66725123134
76725116130
86725118142

PRIMEIRA FASE

DataProvaHorário/Resultado
Polônia x Letônia
China x Sérvia
Rússia x China
Sérvia x Holanda
Letônia x Bélgica
Japão x Polônia
Holanda x Rússia
Bélgica x Japão
Rússia x Bélgica
Polônia x Sérvia
China x Letônia
Sérvia x Bélgica
Rússia x Polônia
Japão x Holanda
Holanda x China
Letônia x Japão
Bélgica x China
Sérvia x Japão
Japão x Rússia
Letônia x Sérvia
Holanda x Bélgica
Polônia x China
Rússia x Letônia
Holanda x Polônia
Bélgica x Polônia
China x Japão
Sérvia x Rússia
Letônia x Holanda

DISPUTA DO BRONZE

FINAL

Chances do Brasil

Na estreia do basquete 3×3 masculino em Jogos Olímpicos, o Brasil não estará representado em Tóquio 2020. Serão 16 seleções, sendo oito em cada naipe.

No feminino, teremos Estados Unidos, China, Mongólia, Romênia, Rússia, França, Japão e Itália.

No masculino, as oito seleções classificadas são: Japão, China, Rússia, Sérvia, Polônia, Holanda, Letônia e Bélgica.

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para a Olimpíada

Favoritos no 3×3 masculino

A seleção sérvia é, de longe, a grande potência no 3×3 masculino. Em seis edições da Copa do Mundo, a Sérvia venceu quatro títulos e lidera com folga o ranking mundial de seleções. Fora que os sérvios possuem quatro jogadores entre os cinco melhores do ranking individual, inclusive o líder, Dusan Bulut.

Os Estados Unidos, campeões da Copa do Mundo em 2019, estão fora da disputa. Sendo assim, a Letônia, vice-campeã em 2019, surge como o principal time que pode desbancar o favoritismo sérvio em Tóquio.

Rússia, Holanda e Polônia, chegam ao Japão sem muita pressão e podem surpreender.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Histórico do 3×3 masculino nos Jogos Olímpicos

Estreante em Jogos Olímpicos, o 3×3 masculino irá coroar a primeira seleção campeã olímpica em Tóquio. Até aqui, a modalidade foi disputada em três edições dos Jogos Olímpicos da Juventude. Sérvia, Lituânia e Argentina, nesta ordem, foram campeãs.

Escalada Parque Aomi Jogos Tóquio 2020
(Divulgação/Tóquio 2020)