Siga o OTD

Park masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Ciclismo BMX – Park masculino

Chances do Brasil

Melhor brasileiro no ranking mundial, Cauan Madona foi convocado pela Confederação Brasileira de Ciclismo como grande esperança por medalhas no BMX freestyle na capital peruana. Apesar de estar abaixo de outros atletas das Américas na classificação geral, ele ocupa o 51º lugar com 222 pontos. Além disso, Madona vem de resultados importantes: nesta temporada, foi campeão regional da Vans BMX Pro Cup em junho, na Alemanha. Além disso, ficou com o segundo lugar no Campeonato Brasileiro da categoria em 2018. A tendência é de que o representante de 25 anos brigue diretamente por vaga no pódio do Pan, justamente na edição de estreia do Park na competição.

Local da competição

Circuito de BMX

Local: San Miguel, Lima

O esporte

Foto: EmAlgumLugar (EAL) BMX

No caso das competições individuais, são passados requisitos de acrobacias que precisam ser realizados pelos atletas. Esta competição de manobras recebe o nome de BMX Freestyle. Aqui, embora existam pré-requisitos, os ciclistas têm liberdade para fazer o que quiserem, sendo que as notas são dadas de acordo com a dificuldade da manobra.

Categoria Park

É praticado em percursos fechados (skateparks ou bikeparks) onde se encontram trajetos que, inicialmente, procuravam simular os obstáculos das ruas. No entanto, atualmente as pistas já possuem um desenho próprio, com rampas para aéreos e saltos, além de bancadas, muros e parede.

X