Siga o OTD

Ingrid de Oliveira

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento:. Rio de Janeiro/RJ
Idade: 25 anos (07/05/1996)
Altura: 1,60m
Peso: 58kg
Clube: Fluminense (Rio de Janeiro)
Olimpíada: 1 (Rio-2016)
Pan: 2 (Toronto-2015, Lima-2019)
PAN
– Toronto 2015 (plataforma sincronizada de 10m)

Ingrid Oliveira é uma atleta dos saltos ornamentais do DUX X Team que competirá em sua segunda Olimpíada nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A atleta obteve o índice para disputar a plataforma de 10m feminina.

+ Confira TUDO sobre a plataforma de 10m feminina dos saltos ornamentais nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Uma ginasta que gostava da água

A carioca Ingrid Oliveira não começou a trajetória esportiva nos saltos ornamentais. Desde pequena treinava ginástica artística e só decidiu ir para a modalidade da qual é atleta de alto rendimento aos 12 anos, quando percebeu que estava ficando para trás em relação as companheiras da modalidade. Sua irmã Erica também teve influência na decisão.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Irrequieta, Ingrid Oliveira adorava implicar com a irmã durante as aulas de ginástica artística. Mas Erica decidiu trocar de esporte e ir para os saltos ornamentais. Ingrid pensou em ir para a natação, mas optou por seguir o caminho da parceira. Foi a melhor decisão. Passou em um teste no Fluminense e, pouco tempo depois, foi campeã brasileira e estadual.

Medalha logo cedo

Com o tempo, Ingrid Oliveira evoluiu e começou a participar das principais competições internacionais de saltos ornamentais, tanto é que, aos 19 anos, conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015, na plataforma sincronizada de 10m ao lado da parceira Giovanna Pedroso.

+ Confira TUDO sobre TODAS as provas de TODAS as modalidades dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Deste modo, Ingrid Oliveira conseguiu a classificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, sonho que até se tornou tatuagem. Na plataforma individual de 10 metros, a carioca não passou para as semifinais, enquanto na plataforma sincronizada, ao lado de Giovanna Pedroso, foi para a final e ficou na oitava colocação.

O bom resultado, contudo, acabou ofuscado pelo desentendimento entre as atletas, que encerraram a parceria. A relação de trabalho, que já vinha desgastada, ficou impraticável após um desentendimento que se tornou uma das principais polêmicas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Conheça mais sobre Ingrid Oliveira, atleta dos saltos ornamentais que disputará a plataforma de 10m feminina nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Em 2021

Ingrid Oliveira se classificou para os Jogos Pan-Americanos de Lima, mas não repetiu o desempenho de Toronto e ficou sem medalhas. De qualquer modo, a carioca conseguiu índice para a Copa do Mundo, marcada inicialmente para abril deste ano, mas adiada por conta do coronavírus. Ela servirá como Pré-Olímpico e será a chance de a brasileira disputar as Olimpíadas de Tóquio.

Em 2021, Na disputa da classificatória da Copa do Mundo de saltos ornamentais do Japão, Ingrid Oliveira terminou com a 14ª colocação, com 285.30 pontos, e se classificou para a segunda Olimpíada da sua carreira. Além da vaga em Tóquio, a brasileira também se garantiu na semifinal da Copa do Mundo de saltos ornamentais.

Na última competição antes de Tóquio, outro bom resultado. A atleta foi campeã na plataforma de 10 metros do Grand Prix de Bolzano, na Itália.

resutlados