Siga o OTD

K1 500 m feminino

Chances do Brasil

A última chance para tentar uma vaga na prova do K1 200 m feminino dos Jogos Olímpicos de Tóquio será na 2ª etapa da Copa do Mundo de canoagem velocidade, que será realizada de 19 a 23 de maio, em Barnaul, na Rússia. Ana Paula Vergutz está atrás dessa vaga e segue em preparação para garantir mais uma participação olímpica.

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para a Olimpíada

Favoritas no Caiaque Individual (K1) 500 m feminino em Tóquio

Assim como no K1 200 m, a neozelandesa Lisa Carrington chega com favoritismo para a prova dos 500 m. Lisa foi bronze na Rio-2016, mas conquistou o Mundial de 2019 e vem com fome para sair de Tóquio com duas douradas no pescoço.

A atual bicampeã olímpica, a húngara Danuta Kozák, foi bronze no último Mundial e tem seu tri olímpico ameaçado. Mas também não se pode descartar a bielorrussa Volha Khudzenka, prata no Mundial de 2019.

Caiaque Individual (K1) 500 m feminino do Brasil na história dos Jogos Olímpicos

Ana Paula Vergutz foi a única brasileira que já disputou essa prova em Jogos Olímpicos. Na Rio-2016, a brasileira terminou na 23ª posição, sendo que 29 canoístas estavam na disputa. Ana Paula Vergutz foi eliminada na primeira rodada.

Histórico do Caiaque Individual (K1) 500 m feminino nos Jogos Olímpicos

Disputada desde Londres-1948 e uma das mais tradicionais provas da canoagem velocidade, o K1 500 m feminino vai para sua 19ª edição. A alemã Birgit Schmidt, conhecida como a maior canoísta olímpica de todos os tempos, foi bicampeã dessa prova (1980 e 1992).

A húngara Danuta Kozák é a atual bicampeã olímpica da prova, mas terá que lidar com a ascensão de Lisa Carrington, da Nova Zelândia, que conquistou o último título mundial e deixou Kozák com o bronze.

Sea Forest Waterway Jogos Olímpicos Tóquio 2020
Sea Forest Waterway, em Tóquio (Twitter/@Tokyo2020 )

Medalhistas do K1 500 m feminino nos Jogos Olímpicos

JogosOuroPrataBronze
Londres-1948Karen Hoff (DIN)Lida van der Anker-Doedens (HOL)Fritzi Schwingl (AUT)
Helsinque-1952Sylvi Saimo (FIN)Gertrude Liebhart (AUT)Nina Savina (URS)
Melbourne-1956Yelizaveta Dementyeva (URS)Therese Zenz (ALE)Tove Søby (DIN)
Roma-1960Antonina Seredina (URS)Therese Zenz (ALE)Daniela Walkowiak (POL)
Tóquio-1964Lyudmila Khvedosyuk (URS)Hilde Lauer (ROM)Marcia Jones (EUA)
Cidade do México-1968Lyudmila Pinayeva (URS)Renate Breuer (FRG)Viorica Dumitru (ROM)
Berlim-1972Yuliya Ryabchinskaya (URS)Mieke Jaapies (HOL)Anna Pfeffer (HUN)
Montreal-1976Carola Zirzow (GDR)Tatyana Korshunova (URS)Klára Rajnai (HUN)
Moscou-1980Birgit Fischer (GDR)Vanya Gesheva (BUL)Antonina Melnikova (URS)
Los Angeles-1984Agneta Andersson (SUE)Barbara Schüttpelz (FRG)Annemiek Derckx (HOL)
Seul-1988Vanya Gesheva (BUL)Birgit Schmidt (ALE)Izabela Dylewska-Światowiak (POL)
Barcelona-1992Birgit Schmidt (ALE)Rita Kőbán (HUN)Izabela Dylewska-Światowiak (POL)
Atlanta-1996Rita Kőbán (HUN)Caroline Brunet (CAN)Josefa Idem (ITA)
Sydney-2000Josefa Idem-Guerrini (ITA)Caroline Brunet (CAN)Katrin Borchert (AUS)
Atenas-2004Natasa Janics (HUN)Josefa Idem (ITA)Caroline Brunet (CAN)
Pequim-2008Inna Osypenko (UCR)Josefa Idem (ITA)Katrin Wagner-Augustin (ALE)
Londres-2012Danuta Kozák (HUN)Inna Osypenko-Radomska (UCR)Bridgitte Hartley (AFS)
Rio-2016Danuta Kozák (HUN)Emma Jørgensen (DIN)Lisa Carrington (NZL)

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

PaísOuroPrataBronzeTotal
União Soviética5128
Hungria4127
Alemanha Oriental2103
Alemanha1214
Itália1214
Dinamarca1113
Bulgária1102
Ucrânia1102
Finlândia1001
Suécia1001
Canadá0213
Países Baixos0213
Alemanha Ocidental0202
Áustria0112
Romênia0112
Polônia0033
Austrália0011
Nova Zelândia0011
África do Sul0011
Estados Unidos0011