Siga o OTD

5000m masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Atletismo – 5000m masculino

Chances do Brasil

A especialidade de Altobelli Santos Silva são os 3000m com obstáculos, prova que ele disputou na Olimpíada do Rio de Janeiro 2016. O atleta de 28 anos, no entanto, conseguiu o índice e vai representar o país também nos 5000m. Em 2018,  ele conseguiu o melhor tempo da carreira ao cravar 13min23s85. O resultado foi o melhor da América do Sul na temporada, mas apenas o 15º. das Américas. Apesar disso, se repetir o desempenho em Lima 2019, terá grandes chances de medalha. Nem todos os países levam seus principais atletas e o tempo de Altobelli teria sido ouro em qualquer uma das edições anteriores dos 5000m em Jogos Pan-Americanos. O atleta disputou a prova em Toronto 2015 e terminou na sexta colocação com 13min49s00.

Local da competição

Estádio Atlético Pan-Americano

Local: Lima

Capacidade: 12.000 torcedores

A estrela dos Jogos

O argentino Osvaldo Suárez e o mexicano Juan Luís Barrios (foto) são os maiores vencedores da história dos 5000m rasos nos Jogos Pan-Americanos com duas medalhas de ouro e uma de prata cada um.

Oswaldo Suarez ganhou ouro pela primeira vez em 1955. Quatro anos depois, foi derrotado por Bill Dellinger, dos Estados Unidos. Em 1963, em São Paulo, voltou a ser campeão com sua melhor marca em Pans: 14min25s81.

Já o mexicano José Luís Barrios é o atual bicampeão dos 5000m rasos dos Jogos Pan-Americanos. Ele foi ouro em Guadalajara 2011 e em Toronto 2015. A primeira medalha dele, no entanto, foi prata no Rio de Janeiro 2007.

Nossos pódios

O maior momento do Brasil na história da prova dos 5000m rasos nos Jogos Pan-Americanos aconteceu em Santo Domingo 2003. Dois brasileiros subiram no pódio: Hudson de Souza com a medalha de ouro e Marilson Gomes da Silva com o bronze. A conquista impediu que o México chegasse pela sexta vez seguida ao lugar mais alto do pódio na prova.

Para ficar com o ouro, Hudson completou a prova em 13min50s71, pouco mais de dois segundos à frente do mexicano José David Galván.

Antes da dobradinha histórica, o Brasil já tinha subido ao pódio com as pratas de Adauto Domingues em Indianápolis 1987, Wander Moura em Mar Del Plata 1995 e Elenilson da Silva em Winnipeg 1999. No Rio de Janeiro 2007, Marilson Gomes da Silva voltou ao pódio para ser bronze, mesma medalha conquistada por Joilson da Silva em Guadalajara 2011.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro TEMPO Medalha de prata TEMPO Medalha de bronze TEMPO
1951 Ricardo Bralo
Argentina
14:57.2 John Twomey
EUA
14:57.5 Gustavo Rojas
Chile
15:06.4
1955 Osvaldo Suárez
Argentina
15:30.6 Horace Ashenfelter
EUA
15:31.4 Jaime Correa
Chile
15:39.2
1959 Bill Dellinger
EUA
14:28.4 Osvaldo Suárez
Argentina
14:28.6 Doug Kyle
Canadá
14:33.0
1963 Osvaldo Suárez
Argentina
14:25.81 Charley Clark
EUA
14:27.16 Bob Schul
EUA
14:29.21
1967 Van Nelson
EUA
13:47.4 Lou Scott
EUA
13:54.0 Juan Martínez
 México
13:54.0
1971 Steve Prefontaine
EUA
13:52.53 Steve Stageberg
EUA
14:00.76 Mario Pérez
 México
14:03.98
1975 Domingo Tibaduiza
Colômbia Colômbia
14:02.00 Theodore Castaneda
EUA
14:03.20 Rodolfo Gómez
 México
14:05.25
1979 Matt Centrowitz
EUA
14:01.0 Herb Lindsay
EUA
14:04.1 Rodolfo Gómez
 México
14:05.0
1983 Eduardo Castro
 México
13:54.11 Gerardo Alcalá
 México
13:54.37 Domingo Tibaduiza
Colômbia Colômbia
13:59.68
1987 Arturo Barrios
 México
13:31.40 Adauto Domingues
Brasil
13:46.41 Omar Aguilar
Chile
13:47.86
1991 Arturo Barrios
 México
13:34.67 Ignacio Fragoso
 México
13:35.83 Antonio Silio
Argentina
13:45.15
1995 Armando Quintanilla
 México
13:30.35 Wander Moura
Brasil
13:45.53 Silvio Guerra
Equador
13:52.29
1999 David Galván
 México
13:42.04 Elenilson da Silva
Brasil
13:43.13 Jeff Schiebler
Canadá
13:43.66
2003 Hudson de Souza
Brasil
13:50.71 José David Galván
 México
13:52.92 Marílson Gomes dos Santos
Brasil
13:56.90
2007 Ed Moran
EUA
13:25.60 Juan Luis Barrios
 México
13:29.87 Marílson Gomes dos Santos
Brasil
13:30.87
2011 Juan Luis Barrios
 México
14:13.77 Byron Piedra
Equador
14:15.74 Joílson da Silva
Brasil
14:16.11
2015 Juan Luis Barrios
 México
13:46.47 David Torrence
EUA
13:46.60 Víctor Aravena
Chile
13:46.94

Quadro de medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  México 7 4 4 15
2  EUA 5 8 1 14
3  Argentina 3 1 1 5
4  Brasil 1 3 3 7
5  Colômbia 1 0 1 2
6  Equador 0 1 1 2
7  Chile 0 0 4 4

A prova

5000 metros é uma modalidade olímpica de atletismo é uma das corridas de fundo disputadas em pista, com um total de 12½ voltas em torno da pista padrão de 400 metros do estádio.

Os antigos gregos já organizavam corridas de resistência semelhantes às corridas de longa distância atuais. Durante o século XIX, corridas em distâncias semelhantes eram realizadas como apostas nos Estados Unidos e na Inglaterra.[1] A prova entrou no programa olímpico em Estocolmo 1912, com a vitória do finlandês Hannes Kolehmainen.

Introduzida no programa olímpico para mulheres em Atlanta 1996, em substituição aos 3000 metros e equiparando as mulheres aos homens, a primeira campeã olímpica foi a chinesa Wang Junxia.

Os atuais campeões olímpicos são Mo Farah, da Grã-Bretanha – um somali naturalizado britânico – e Vivian Cheruiyot, do Quênia. O recorde mundial pertence a Kenenisa Bekele – 12:37.35 – e entre as mulheres a Tirunesh Dibaba – 14:11.15 – ambos da Etiópia.

AGENDA DO DIA

jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Stephany Saraiva jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Priscila Oliveira jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Maria Ieda Guimarães jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Isabela Abreu jan 29 06:20 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Bruna Takahashi (BRA) 4 Zhu Chengzhu (HKG) 1 jan 29 08:50 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Zhang Kai (EUA) Vitor Ishiy (BRA) jan 29 11:00 ITF de Weston Wilson Leite (BRA) Nicolas Mejia (COL) jan 29 11:10 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Eric Jouti (BRA)/Thiago Monteiro (BRA) Timo Boll (ALE)/Ricardo Walther (ALE) jan 29 11:10 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Vitor Ishiy (BRA)/Gustavo Tsuboi (BRA) Martin Allegro (BEL)/Florent Lambiet (BEL) jan 29 12:00 Challenger de Punta del Este Felipe Meligeni (BRA) Gianluca Mager (ITA) jan 29 12:00 Challenger de Punta del Este Francisco Cerundolo (ARG) Orlando Luz (BRA) jan 29 12:00 ITF de Cancún José Pereira (BRA) Jesse Witten (EUA) jan 29 12:15 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Aleksandar Karakasevic (SER)/Izabela Lupulescu (SER) Vitor Ishiy (BRA)/Bruna Takahashi (BRA) jan 29 12:30 ITF de Weston Alan Kohen (ARG) Daniel Dutra Silva (BRA) jan 29 13:00 Campeonato Romeno de handebol masculino Potaissa Turda (ROM) Drobrogea Sud (ROM) jan 29 13:30 Challenger de Punta del Este Hernan Casanova (ARG) Thiago Wild (BRA) jan 29 13:30 Campeonato Russo de handebol feminino Rostov-Don (RUS) Kuban (RUS) jan 29 14:00 ITF de Cancún Lucas Obeid (BRA) Mark Whitehouse (GBR) jan 29 14:00 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Bruna Takahashi (BRA) Stephanie Loeuillette (FRA) jan 29 15:30 ITF de Cancún Ivar Contreras (MEX)/Dominik Palan (TCH) Mateus Alves (BRA)/Ignacio Carou (URU) jan 29 16:00 Champions League de basquete masculino Hapoel Jerusalém (ISR) San Pablo Burgos (ESP) jan 29 16:30 Copa da Itália de vôlei feminino Novara (ITA) Team Monza (ITA) jan 29 17:00 Challenger de Punta del Este Pedro Cachin (ARG)/Carlos Gomez-Herrera (ESP) Felipe Meligeni (BRA)/Diego Hidalgo (EQU) jan 29 17:30 Challenger de Punta del Este Tomas Etcheverry (ARG)/Renzo Olivo (ARG) Pedro Sakamoto (BRA)/Geoffrey Blancaneaux (FRA) jan 29 18:00 WTA de Newport Beach Anna Danilina (KAZ)/Ingrid Neel (EUA) Laura Pigossi (BRA)/Rosalie Van der Hoek (HOL) jan 29 18:00 WTA de Newport Beach Luisa Stefani (BRA)/Hayley Carter (EUA) Sharon Fichman (CAN)/Shelby Rogers (EUA) jan 29 18:00 Challenger de Newport Beach Fernando Romboli (BRA)/Denis Istomin (UZB) Jamie Cerretani (EUA)/Maxime Cressy (EUA) jan 29 18:00 Libertadores de vôlei masculino - Primeira Fase Obras de San Juan Minas Tênis Clube jan 29 19:00 Challenger de Punta del Este Orlando Luz (BRA)/Rafael Matos (BRA) Guilherme Clezar (BRA)/Fabricio Neis (BRA) jan 29 19:00 NBB Bauru Basquete Rio Claro jan 29 20:00 NBB Mogi das Cruzes Franca Basquete jan 29 21:00 NBA Indiana Pacers Chicago Bulls jan 29 21:00 Libertadores de vôlei masculino - Primeira Fase Sesi Ciudad Voley (ARG) jan 29 21:00 Challenger de Punta del Este Mariano Kestelboim (ARG) Thiago Monteiro (BRA) jan 29 21:30 NBA New York Knicks Memphis Grizzlies jan 29 23:00 NCAA - Basquete feminino universitário Kansas Kansas State