Siga o OTD

Combinado feminino

Combinado feminino nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

O Brasil no combinado feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

Nenhuma brasileira se classificou para a disputa olímpica em Tóquio.

Histórico do combinado feminino

A escalada fará sua estreia olímpica em Tóquio e a prova combinada foi uma criação exclusiva para os Jogos. Em Mundiais, a prova combinada fez sua estreia em 2012, consolidando os resultados das três disputas individuais para ver quem é a atleta mais completa. Mas foi no Mundial de 2018 em Innsbruck que a prova passou a ser propriamente disputada.

O destaque do combinado feminino é a eslovena Janja Garnbret, com dezenas de medalhas em Copas do Mundo, e seis títulos mundiais, sendo dois da combinada.

Janja Garnbret escalada esportiva
Janja Garnbret, da Eslovênia, é a principal favorita a levar o ouro no combinado feminino (Olympic Channel)

Favoritas no combinado feminino

A eslovena Janja Garnbret é a grande favorita ao ouro olímpico. Ela chegará em Tóquio com apenas 22 anos e já com um dos melhores currículos do esporte. Na base, venceu três mundiais na dificuldade e dois no boulder. Já como sênior, Garnbret foi campeã mundial em 2016 e 2019 e prata em 2018 na dificuldade, ouro no boulder em 2018 e 2019 e ouro na combinada também em 2018 e 2019.

A eslovena venceu até 2020 26 etapas da Copa do Mundo e é uma das mulheres mais habilidosas na escalada. Em 2017 escalou duas vezes linhas de dificuldade 9a, um feito muito raro.

A austríaca Jessica Pilz é outra boa aposta para a prova. Ela foi campeã mundial em 2018 na dificuldade, desbancando a favorita Garnbret e bronze na combinada no mesmo ano. Também teve uma grande carreira nas categorias de base.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

A japonesa Akiyo Noguchi tem uma grande carreira na prova de boulder. Desde 2008 ela só não ficou no top-3 da Copa do Mundo uma vez, vencendo quatro vezes. Tem cinco medalhas em Mundiais no boulder e 21 vitórias em etapas da Copa do Mundo, com quase 60 pódios, além do ouro nos Jogos Asiáticos de 2018.

Sua compatriota Miho Nonaka foi campeã da Copa do Mundo de boulder em 2018 e prata no Mundial de 2016. Também entram na lista de favoritas a britânica Shauna Coxsey, dois bronzes no Mundial de 2019, a suíça Petra Klingler e a russa Viktoria Meshkova, três ouros no Europeu de 2020.

Akiyo Noguchi escalada esportiva
A japonesa Akiyo Noguchi tem grande currículo no boulder, que faz parte do combinado feminino, com cinco medalhas em Mundiais (Divulgação)