Siga o OTD

perseguição masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – ciclismo de pista – perseguição masculino

Local da competição

Villa Deportiva Nacional

Local: Lima

Capacidade: 6.000

A Estrela dos Jogos

Não são poucos os ciclistas que conseguiram marcar seus nomes na modalidade e alguns já conseguiram o feito de entrar no pódio em mais de uma oportunidade.

Porém, a grande estrela da categoria é o chileno Luis Fernando Sepúlveda, medalhista de ouro em 2003, na edição de Santo Domingo, em 2007, no Rio de Janeiro e segundo colocado em 2011, quando os Jogos Pan-Americanos aconteceram em Guadalajara.

Nossos Pódios

A edição pode ser importante para o Brasil em dois aspectos: retomar os momentos de pódio e buscar uma inédita medalha de ouro ou de prata.

Isso porque o ciclismo brasileiro já teve boas provas na categoria, conquistando a medalha de bronze nas edições de 1983, em Caracas, de 1987, em Indianápolis e de 1995, em Mar del Plata.

No entanto, já fazem mais de vinte anos que o pódio não tem a presença brasileira e em nenhuma edição os ciclistas brasileiros conseguiram ficar na primeira ou segundo posição.

Medalhistas

Edições Gold medal america.svg Ouro Silver medal america.svg Prata Bronze medal (Americas).svg Bronze
1951 Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Chile.png Chile Flag of Venezuela.svg Venezuela
1955 Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Uruguay.svg Uruguai Flag of Mexico.svg México
1959 Flag of the United States.svg EUA Flag of Uruguay.svg Uruguai Flag of Argentina.svg Argentina
1963 Flag of Uruguay.svg Uruguai Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Mexico.svg México
1967 Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Mexico.svg México Flag of the United States.svg EUA
1971 Flag of Colombia.svg Colômbia Flag of Argentina.svg Argentina Flag of the United States.svg EUA
1975 Flag of the United States.svg EUA Flag of Colombia.svg Colombia Flag of Mexico.svg México
1979 Flag of Chile.png Chile Flag of Cuba.svg Cuba Flag of Argentina.svg Argentina
1983 Flag of the United States.svg EUA Flag of Cuba.svg Cuba Flag of Brazil.svg Brasil
1987 Flag of the United States.svg EUA Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Brazil.svg Brasil
1991 Flag of Cuba.svg Cuba Flag of the United States.svg EUA Flag of Argentina.svg Argentina
1995 Flag of the United States.svg EUA Flag of Cuba.svg Cuba Flag of Brazil.svg Brasil
1999 Flag of the United States.svg EUA Flag of Cuba.svg Cuba Flag of Argentina.svg Argentina
 2003 Flag of Chile.png Chile Flag of Argentina.svgArgentina Flag of Colombia.svg Colômbia
2007 Flag of Chile.png Chile Flag of Colombia.svg Colômbia Flag of Venezuela.svg Venezuela
2011 Flag of Colombia.svg Colômbia Flag of Chile.png Chile Flag of Argentina.svg Argentina
2015 Flag of Colombia.svg Colombia Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Canada.svg Canadá

Quadro de Medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Estados Unidos EUA 6 1 2 9
2 Argentina Argentina 3 5 5 13
3 Colômbia Colômbia 3 2 1 6
4 Flag of Chile.png Chile 3 2 0 5
5 Flag of Cuba.svg Cuba 1 4 0 5
6 Flag of Uruguay.svg Uruguai 1 2 0 3
7 México México 0 1 3 4
8 Flag of Brazil.svg Brasil 0 0 3 3
9 Flag of Venezuela.svg Venezuela 0 0 2 2
10 Canadá Canadá 0 0 1 1

O Esporte

Luis Claudio Antunes/CBC

Considerado um dos esportes mais praticados em todo o mundo, o ciclismo é uma das modalidades esportivas com maior variedade de competições, seja na prática amadora ou em grandes competições internacionais, como os Jogos Pan-Americanos.

O ciclismo de pista é uma tipo de competição esportiva e é dividido em algumas categorias, como Sprint, Keirin, team sprint, omnium e madison.

A categoria Perseguição tem duas categorias: individual e por equipes. Na primeira, ela é disputada por apenas dois competidores que percorrem um caminho que varia de 2 a 4 km, sendo que o vencedor será o que alcançar o seu adversário ou conseguir o menor tempo possível. Já na segunda modalidade, a prova é disputada por duas equipes de quatro corredores percorrendo sempre 4 quilômetros. A regra para determinar o vencedor segue a mesma da prova individual. 

AGENDA DO DIA

set 18 00:30 Copa do Mundo de vôlei feminino Rússia Coreia do Sul set 18 02:00 Mundial de Wrestling Feminino – 57kg – Eliminatórias Giulia Penalber (BRA) set 18 02:00 Mundial de Wrestling Feminino – 76kg – Eliminatórias Aline Silva (BRA) set 18 02:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Estados Unidos Holanda set 18 03:00 Copa do Mundo de vôlei feminino China República Dominicana set 18 05:16 Mundial de Ginástica Rítmica Qualificação – Fita Bárbara Domingos set 18 05:22 Mundial de Ginástica Rítmica Qualificação – Fita Natália Gaudio set 18 06:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Quênia Brasil set 18 07:00 Mundial de Boxe Hebert Sousa (BRA) A definir set 18 07:00 Mundial de Boxe A definir Wanderson Oliveira (BRA) set 18 07:20 Copa do Mundo de vôlei feminino Camarões Japão set 18 07:45 Mundial de Wrestling Feminino – 76kg – Semifinais set 18 07:45 Mundial de Wrestling Feminino – 57kg – Semifinais set 18 09:00 Mundial de Wrestling Feminino – 50kg – Finais set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Cruzeiro Internacional set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Coritiba Vasco set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Santos Grêmio set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Botafogo Chapecoense set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Corinthians Athletico set 18 15:00 Copa do Brasil Sub-17 - Semifinal Fluminense Palmeiras set 18 16:00 Copa do Brasil Sub-17 - Semifinal Vasco São Paulo set 18 19:00 Paulista de Futebol Feminino - Semifinal Ferroviária Corinthians set 18 19:30 Campeonato Paulista de basquete masculino - Oitavas de final Paulistano Liga Sorocabana set 18 20:00 Campeonato Paulista de basquete masculino - Oitavas de final Pinheiros Rio Claro set 18 23:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Holanda Sérvia