Siga o OTD

Marcelo Demoliner

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento:. Caxias do Sul (RS)
Idade: 32 anos (18/01/1989)
Altura: 1,93m
Peso: 83kg
Pan: 0
Olimpíada: 0

Antepenúltimo brasileiro a se classificar para a Olimpíada, Marcelo Demoliner é um atleta do tênis masculino que defenderá o Brasil na chave de duplas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

+ Favoritos, datas e chances de Thiago e mais; Confira tudo sobre o tênis masculino em Tóquio

No Japão, o atual 53º no ranking de duplas da ATP terá a companhia de Thiago Monteiro. Além dos dois, Bruno Soares e Marcelo Melo disputarão o torneio de duplas masculinas.

Duplista de carteirinha

Gaúcho de Caxias do Sul, Marcelo Demoliner começou no tênis logo aos seis anos de idade, com incentivo da família. Com destaque, se profissionalizou aos 17 anos e após dois anos e duas derrotas em finais de torneios Future, conseguiu seu primeiro título.

Marcelo Demoliner . Em 2009, o gaúcho conquistou o Challenger de Blumenau, o que é até hoje um dos seus melhores resultados na carreira. No mesmo ano, esteve entre os 300 melhores tenistas de simples do mundo, mas não conseguiu manter uma regularidade. Sua melhor colocação no ranking de simples da ATP foi a 232ª posição.

+ Confira TUDO sobre TODAS as disputas do tênis nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Ao mesmo passo que as vitórias não vinham no simples, Marcelo Demoliner desempenhava um bom papel nas duplas. Em 2012, por exemplo, levantou quatro taças em competições Challenger e outras cinco em torneios Future, além de mais dois vice-campeonatos de Challenger. No ano seguinte, entrou pela primeira vez no top 100 do ranking mundial de duplas e, desde então, não saiu mais.

Melhor ranking da carreira

No ciclo olímpico atual, Marcelo Demoliner obteve seus melhores resultados. A melhor posição no ranking mundial veio em 2017: 34ª colocação jogando ao lado do australiano Marcus Daniell, com quem conquistou quatro vice campeonatos de torneios ATP 250.

Nas duplas mistas, chegou a ser semifinalista de Wimbledon em 2017 e do Aberto da Austrália de 2018 nas duplas. Nessas duas temporadas, parou nas quartas de final de Roland Garros.

As maiores conquistas nas duplas masculinas vieram na sequência. Foram quatro títulos de torneios ATP com dois parceiros diferentes, um mexicano e um holandês.

As grandes conquistas

A primeira grande conquista foi com Santiago Gonzalez, no México. O Gaúcho e o mexicano se sagraram do ATP de Antalya, na Turquia, em junho de 2018. O título ‘tirou a zica’ de Demoliner em finais. Até aquela competição, havia alcançado seis finais de torneios ATP (cinco deles 250 e um 500), terminando todos com derrotas. A dupla ainda foi vice campeã do ATP 250 da Antuérpia, na Bélgica.

A primeira grande vitória com Gonzalez veio em cima da dupla holandesa formada por Sanders Arends e Matwé Midelkoop. Esse último acabou virando seu parceiro em 2019.

Com Midelkoop, Demoliner levou mais dois ATPs: o de Córdoba, Argentina, em 2019 e Moscou, na Rússia, em 2020. Ainda levou o vice campeonato na China.

ilustração Marcelo Demoliner - Australian Open - Conheça Marcelo Demoliner, atleta da tênis masculino que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na chave de duplas masculinas
Thiago Monteiro disputará o torneio de simples na Olimpíada de Tóquio (Joma)

Chance desperdiçada em 2019 e retomada de parceria

Enquanto jogava com Matwé, Marcelo Demoliner decidiu disputar os Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019 com o intuito de se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. No Peru, formaria dupla com João Menezes, que viria a conquistar a chave de simples. Uma ingrata lesão, no entanto, acabou deixando-o de fora do Pan.

Em outubro de 2020, Matwé Midelkoop e Marcelo Demoliner chgaram à final do ATP 500 de São Petesburgo, na Rússia, e acabaram caindo na final. Surpreendendo a todos, o holandês decidiu encerrar a parceria

Marcelo Demoliner e Santiago González vencem em Wimbledon - Conheça Marcelo Demoliner, atleta da tênis masculino que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na chave de duplas masculinas
Divulgação

Em 2021

O gaúcho passou a primeira metade do ano tentando achar um novo parceiro. Trocou algumas vezes de dupla até que, em maio, decidiu voltar com o mexicano Santiago González. Os dois velhos conhecidos foram até a semifinal do ATP 250 de Lyon, algo inédito para Demoliner em 2021. Em junho, veio o melhor resultado: a conquista do ATP 250 de Stuttgart,

Um mês depois, quando o sonho olímpico já parecia acabado, uma grata surpresa. A Confederação Brasileira de Tênis confirmou o gaúcho na Olimpíada ao lado de Thiago Monteiro.

A classificação ocorreu após a desistência do tenista canadense Vasek Pospisil, que alegou uma lesão no ombro direito, além do desejo de passar um tempo com sua família, no comunicado postado em sua conta no Twitter. Demoliner e Monteiro eram os primeiros fora da lista.

DataProvaHorário/ResultadoLigaTemporada
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Jurgen Melzer (AUT)/Edouard Roger-Vasselin (FRA)ATP 500 de São Petersburgo2020
Alexander Bublik (KAZ)/Reilly Opelka (EUA) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 500 de São Petersburgo2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Taylor Fritz (EUA)/Cameron Norrie (GBR)ATP 500 de São Petersburgo2020
Andres Molteni (ARG)/Hugo Nys (MON) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)Challenger de Parma2020
Daniel Evans (GBR)/Hubert Hurkacz (POL) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)Roland Garros2020
Marcelo Demoliner(BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Marvin Moelle (ALE)/Milan Welte (ALE)ATP 500 de Hamburgo - Torneio de Duplas2020
Oliver Marach (AUT)/Jurgen Melzer (AUT) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 250 de Kitzbuhel2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Sebastian Ofner (AUT)/Jurij Rodionov (AUT)ATP 250 de Kitzbuhel2020
Jamie Murray (EUA)/Neal Skupski (GBR) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)US Open2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Nicolas Mahut (FRA)/Jan-Lennard Struff (ALE)US Open2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Marcelo Vera (CHL)/Alejandro Tabilo (CHL)ATP de Santiago2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwé Middelkoop (HOL) x Andre Goransson (SUE)/Hugo Dellien (BOL)ATP de Santiago2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Roman Jebavy (TCH)/Igor Zelenay (ESQ)Rio Open2020
Marcel Granollers (ESP)/Horacio Zeballos (ARG) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 250 de Buenos Aires2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Jaume Munar (ESP)/Casper Ruud (NOR)ATP 250 de Buenos Aires2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Marco Cecchinato (ITA)/Albert-Ramos Vinolas (ESP)ATP 250 de Buenos Aires2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Ariel Behar (URU)/Gonzalo Escobar (EQU)ATP 250 de Córdoba2020
Federico Caio (ITA)/Pedro Martinez (ESP) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 250 de Córdoba2020
Pedro Cachin (ARG)/Juan Pablo Ficovich (ARG) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 250 de Córdoba2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Jamie Murray (GBR)/Neal Skupski (GBR)ATP 250 de Adelaide2020
Frederik Nielsen (DIN)/Tim Puetz (ALE) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 250 de Doha2020
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Simone Bolelli (ARG)/Andres Molteni (ARG)ATP 250 de Moscou2019
Thomas Fabbiano (ITA)/Andreas Seppi (ITA) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)ATP 250 de Moscou2019
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Romain Arneodo (MON)/Hugo Nyes (MON)ATP 250 de Moscou2019
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Cristian Garin (CHL)/John-Patrick Smith (AUS)ATP 250 de Moscou2019
Romain Arneodo (MON)/Hugo Nys (MON) x Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL)Challenger de Mouilleron le Captif2019
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Cameron Norrie (GBR)/Albert Ramos-Vinolas (ESP)ATP 250 de Zhuhai2019
Marcelo Demoliner (BRA)/Matwe Middelkoop (HOL) x Divij Sharan (IND)/Igor Zelenay (ESQ)ATP 500 de São Petersburgo2019