Siga o OTD

Vitória Rosa

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento:. Rio de Janeiro/RJ
Idade: 25 anos (12/01/1996)
Altura: 1,70m
Peso: 60kg
Clube: Pinheiros (SP)
Pan: 2 (Toronto-2015 e Lima-2019)
Olimpíada: 1 (Rio-2016)
PAN
– Lima 2019 (4×100 m rasos)
– Lima 2019 (200 m rasos)
– Lima 2019 (100 m rasos)
Vitória Rosa – atletismo – 100m rasos feminino e revezamento 4x100m rasos feminino

Vitoria Rosa é uma das velocistas brasileiras que representará o Brasil na prova dos 100m rasos e do revezamento 4x100m rasos feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

+ Confira tudo sobre a prova dos 100m rasos feminino e sobre o revezamento 4x100m feminino

Atualmente a mulher mais veloz do Brasil nos 100 e 200 metros rasos, a carioca Vitória Rosa começou no esporte em 2010 graças ao bom olho de um professor de educação física do Rio de Janeiro. Rápida nas pistas, se especializou nas provas de velocidade do atletismo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Apenas três anos depois, Vitoria Rosa já participava do Mundial Juvenil na Ucrânia, conseguindo pela primeira vez quebrar a barreira dos 12 segundos nos 100 metros rasos, prova mais rápida do atletismo.

Sempre evoluindo e melhorando suas marcas, a velocista participou em 2015 de suas duas primeiras grandes competições: o Campeonato Mundial, disputado em Pequim, na China, e dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Na última competição, ficou perto de conquistar sua primeira grande medalha ao terminar em quarto a prova do revezamento 4×100 m.

No ano seguinte, fez a estreia em Jogos Olímpicos em sua cidade natal. Acabou não conseguindo classificação para as semifinais dos 200 metros rasos, sua prova preferida, e acabou na 47ª colocação.

Evolução constante

A carioca evoluiu muito nesse último ciclo olímpico. Um ano depois dos Jogos do Rio, atingiu as semifinais dos 200 metros rasos e a final do revezamento 4×100 metros no Mundial de Londres. Em 2018, fez sua melhor marca nos 100 metros rasos: 11.03 segundos.

Os frutos vieram em 2019 nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Na ocasião, Vitoria Rosa conquistou três medalhas: ouro no 4×100 m, prata nos 100 m e bronze nos 200 m. Na última prova, fez seu melhor tempo na vida: 22.62 segundos.

Vitória Rosa - atletismo - 100m rasos feminino e revezamento 4x100m
Vitória Rosa conseguiu o ouro e o índice para Tóquio nos 100m rasos feminino Pan de Lima-2019 (Wander Roberto/Exemplus/COB)

Segundo a velocista, seu sonho é atingir a final olímpica ou nos 100 metros ou nos 200 metros. Atualmente classificada apenas para a prova dos 200 m, Vitoria terá que baixar os seus tempos para conseguir o feito. Para efeito de comparação, a última finalista do Mundial de 2019 entrou com um tempo de 22.69 segundos. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, o tempo foi ainda mais baixo: 22.42 segundos.

A carioca pode sonhar ainda mais, no entanto. Embora o Brasil ainda não tenha garantido a vaga, o revezamento 4×100 metros que faturou o ouro no Pan de Lima, composto por Vitória Rosa, Rosangela Santos, Lorraine Martins e Andressa Moreira Fidelis, segue evoluindo e pode beliscar uma medalha em Tóquio.