Siga o OTD

Peso pena masculino 57kg

Peso pena masculino 57kg – Boxe – Jogos Olímpicos Tóquio 2020 

 

Chances do Brasil no peso pena masculino 57kg nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

O Brasil não terá representantes no peso pena masculino 57kg em Tóquio.

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para os Jogos

O Brasil no peso pena masculino 57kg dos Jogos Olímpicos

Sidnei Dal Rovere boxe
Sidnei Dal Rovere, em ação nos Jogos de Moscou-1980, quando ficou em quinto lugar (Arquivo pessoal)

A categoria peso pena teve oito representantes nacionais ao longo dos anos. A estreia do Brasil ocorreu nos Jogos Olímpicos de Helsinque-1952 com Pedro Galasso. Ele estreou com vitória sobre o japonês Toshihito Ishimura por 3 a 0, mas caiu na fase seguinte, também por 3 a 0, para o polonês Lech Drogosz, terminando na nona colocação.

Raimundo Alves foi o nosso representante em Montreal-1976, terminando na 17ª colocação, após perder logo em sua estreia.

Quatro anos depois, em Moscou-1980, o Brasil alcançou sua melhor posição no peso-pena, com Sidnei Dal Rovere. Ele estreou com vitória sobre o nepalês Narendra Poma. Na rodada seguinte, nova vitória, dessa vez contra o etíope Leoul Nearaio. Nas quartas de final, o brasileiro foi derrotado polonês Krzysztof Kosedowski, se despedindo na quinta colocação, feito ainda não igualado por nenhum outro atleta do país.

Em Barcelona-1992 e Atlanta-1996 o país foi representado por Rogerio Dezorzi, tendo terminado em nono lugar nas duas edições. Em Sydney-2000 o Brasil contou com Valdemir Pereira, o Sertão, que repetiu as campanhas de Dezorzi, terminando em nono lugar.

Edvaldo Gonzaga, o Badola, voltou a deixar o país em nono lugar nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004, quando foi derrotado pelo cubano Luis Franco por 30 a 15. Nosso último representante nessa categoria foi o baiano Robson Conceição nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. Robson que viria a ser campeão olímpico na Rio-2016 no peso leve, foi eliminado logo na primeira rodada pelo chinês Li Yang.

Favoritos do peso pena masculino 57kg nos Jogos de Tóquio-2020

Boxe Mirazizbek Mirzakhalilov
Mirazizbek Mirzakhalilov, do Uzbequistão, é apontado como um dos maiores favoritos ao ouro em Tóquio (Reprodução)

O peso pena é outra categoria que foi afetada devido às mudanças no programa olímpico do boxe para os Jogos de Tóquio-2020. Ao longo do ciclo foi comum ver boxeadores se alternando entre pesos acima e abaixo dessa categoria devido à extinção do peso galo dos Jogos. Atualmente o favoritismo na categoria é de Mirazizbek Mirzakhalilov, do Uzbequistão. Campeão mundial de 2019, o boxeador uzbeque soma ainda os ouros do Campeonato Asiático de 2018 e dos Jogos Asiáticos de 2018, ambos no peso galo.

O experiente cubano Lázaro Álvarez , medalhista de bronze no peso galo em Londres-2012 e na Rio-2016 no peso leve, quando perdeu para o brasileiro Robson Conceição nas semifinais, tentará seu terceiro pódio olímpico. No atual ciclo olímpico Lázaro foi campeão pan-americano no peso leve, medalhista de prata no Mundial de 2017 também no mesmo peso, e medalhista de prata no Mundial de 2019 já no peso pena.

Quem também aparece bem posicionado na briga por medalhas é o britânico Peter McGrail. Bronze no Mundial de 2019 nos penas, o britânico subiu ao pódio nas principais competições do ciclo, tendo conquistado ainda a medalha de ouro do Campeonato Europeu de 2017, a prata no Europeu de Valladolid em 2018 e o ouro nos Jogos da Comunidade Britânica de 2018, todas essas conquistas no peso galo.

Campeão asiático de 2019 e dos Jogos Asiáticos de 2018 no peso leve, o mongol Erdenebatyn Tsendbaatar também é um forte candidato a medalha no peso pena nas Olimpíadas de Tóquio. Nessa categoria o mongol foi medalhista de bronze no Mundial de 2019.

Correm por fora o irlandês Kurt Walker, o ucraniano Mykola Butsenko e o americano Duke Ragan.

Histórico do peso pena masculino 57kg nos Jogos Olímpicos

O peso pena está presente desde a estreia do boxe nos Jogos Olímpicos, na edição de Saint-Louis-1904. Três países dividem o topo do quadro de medalhas da categoria com três medalhas de ouro cada: Estados Unidos, União Soviética e Itália. Quem também tem bom retrospecto na categoria é a Argentina, com duas medalhas de ouro, uma de prata e um bronze. Após ficar ausente dos Jogos Olímpicos de 2012 e 2016 a categoria retorna ao programa olímpico em Tóquio.

O primeiro campeão do peso pena, assim como nas demais categorias, foi um americano. Em uma competição contando apenas com boxeadores do país, os donos da casa fizeram o pódio completo em Saint-Louis-1904, com Oliver Kirk ficando com o ouro. Quatro anos depois era a vez dos britânicos colocarem os seus pugilistas em todos os lugares do pódio em Londres-1908, com Richard Gunn ficando com o título olímpico.

A categoria voltou a fazer parte do programa olímpico na edição de Antuérpia-1920 com um novo país no topo do pódio. O francês Paul Fritsch derrotou na final o seu compatriota Jean Gachet dando as primeiras medalhas ao país europeu no peso pena.

Nos Jogos Olímpicos de Paris-1924, os Estados Unidos voltaram a fazer dobradinha no pódio. Ouro para Jackie Fields e prata seu compatriota Joseph Salas. Quem apareceu no pódio pela primeira vez foi a Argentina com o bronze de Pedro Quartucci, a primeira medalha de um país latino-americano na categoria.

A edição de Amsderdã-1928 viu o dono da casa no topo do pódio. O holandês Bep van Klaveren conquistou a primeira medalha de ouro do país e também na categoria.

Boxe Oscar Casanovas
Oscar Casanovas deu à Argentina seu segundo ouro no peso pena, em Berlim-1936 (Reprodução/El Grafico)

A Argentina conquistou por duas vezes consecutivas o topo do pódio nas edições seguintes. Em Los Angeles-1932, Carmelo Robledo levou o ouro e em Berlim-1936, a vitória foi de Oscar Casaovas.

A Itália conquistou sua primeira medalha de ouro com Ernesto Formenti em Londres-1948. A edição de Helsinque-1952 teve o ouro conquistado por Ján Zachara, da extinta Tchecoslováquia. A edição seguinte de Melbourne-1956 foi vencida por Vladimir Sofranov, da União Soviética, que derrotou na final o britânico Thomas Nicholls. Essa foi a primeira medalha de ouro dos soviéticos, que se tornariam no futuro os maiores campeões da categoria ao lado de americanos e italianos.

Em Roma-1960 os italianos conquistaram sua segunda medalha de ouro com Francesco Musso. A edição seguinte, de Tólquio-1964, teve como campeão o soviético Stanislav Stepashkin. O mexicano Antonio Roldán foi o campeão olímpico da Cidade do México-1968, botando o país da América do Norte pela primeira vez no topo do pódio do peso pena.

Quatro anos depois, em Munique-1972 a União Soviética colocava pela última vez um pugilista do país no topo do pódio, conquistando sua terceira medalha de ouro, após a vitória de Boris Kuznetsov sobre o queniano Philip Wairunge na final.

A única medalha de ouro cubana no peso pena foi conquistada nos Jogos Olímpicos de Montreal-1976 com Ángel Herrera. O cubano que na edição seguinte conquistaria sua segunda medalha de ouro, mas em outra categoria, derrotou na final Richard Nowakowski, da Alemanha Oriental. Quatro anos depois a final entre Cuba e Alemanha Oriental se repetia nos Jogos de Moscou-1980, mas dessa vez com resultado diferente. Rudi Fink, da Alemanha Oriental derrotou o cubano Adolfo Horta, ficando com o ouro.

Meldrick Taylor foi o responsável pela terceira medalha de ouro dos Estados Unidos entre os penas, em Los Angeles-1984. Desde então, os americanos não voltaram ao topo do pódio olímpico. Em Seul-1988, foi a vez da Itália conquistar o seu terceiro ouro olímpico e se igualar aos Estados Unidos e à União Soviética, graças à vitória de Giovanni Parisi.

De Barcelona-1992 em diante, todos os campeões olímpicos do peso pena vieram de países que não haviam conquistado a medalha de ouro nessa categoria. A primeira foi para Andrea Tews, da Alemanha. Quatro anos depois, em Atlanta-1996, era a vez da Tailândia conquistar o topo do mundo com Somluc Kamsing. A curiosidade da edição foi o bronze de Floyd Mayweather, que após os Jogos se profissionalizou, tornando-se um dos boxeadores mais bem pagos do mundo.

Boxe Floyd Mayweather
O americano Floyd Mayweather foi bronze em Atlanta-1996 nos penas e depois tornou-se um dos maiores profissionais do boxe (Reprodução)

Em Sydney-2000, o Cazaquistão de Bekzat Sattarkhanov conquistou sua medalha de ouro. Em 2004, em Atenas, foi a vez da Rússia chegar ao topo com Aleksei Tishchenko. O último campeão da categoria foi o ucraniano Vasyl Lomachenko em Pequim-2008.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Medalhistas do peso pena masculino 57kg nos Jogos Olímpicos

JogosOuroPrataBronze
St. Louis 1904Oliver Kirk (USA)USAFrank Haller (USA)USAFred Gilmore (USA)USA
Londres 1908Richard Gunn (GBR)GBRCharlie Morris (GBR)GBRHugh Roddin (GBR)GBR
Antuérpia 1920Paul Fritsch (FRA)FRAJean Gachet (FRA)FRAEdoardo Garzena (ITA)ITA
Paris 1924Jackie Fields (USA)USAJoe Salas (USA)USAPedro Quartucci (ARG)ARG
Amsterdã 1928Bep van Klaveren (NED)NEDVíctor Peralta (ARG)ARGHarry Devine (USA)USA
Los Angeles 1932Carmelo Robledo (ARG)ARGJosef Schleinkofer (GER)GERAllan Carlsson (SWE)SWE
Berlim 1936Óscar Casanovas (ARG)ARGCharlie Catterall (RSA)RSAJosef Miner (GER)GER
Londres 1948Ernesto Formenti (ITA)ITADennis Shepherd (RSA)RSAAleksy Antkiewiczn (POL)POL
Helsinque 1952Ján Zachara (TCH)TCHSergio Caprari (ITA)ITAJoseph Ventaja (FRA)
Len Leisching (RSA)
FRA
RSA
Melbourne 1956Vladimir Safronov (URS)URSTommy Nicholls (GBR)GBRHenryk Niedźwiedzk (POL)i
Pentti Hämäläinen (FIN)
POL
FIN
Roma 1960Francesco Musso (ITA)ITAJerzy Adamski (POL)POLWilliam Meyers (RSA)
Jorma Limmonen (FIN)
RSA
FIN
Tóquio 1964Stanislav Stepashkin (URS)URSAnthony Villanueva (PHI)PHICharlie Brown (USA)
Heinz Schulz (GER)
USA
GER
Cidade do México 1968Antonio Roldán (MEX)MEXAl Robinson (USA)USAPhilip Waruinge (KEN)
Ivan Mikhaylov (BUL)
KEN
BUL
Munique 1972Boris Kuznetsov (URS)URSPhilip Waruinge (KEN)KENClemente Rojas (COL)
András Botos (HUN)
COL
HUN
Montreal 1976Ángel Herrera (CUB)CUBRichard Nowakowski (GDR)GDRLeszek Kosedowski (POL)
Juan Paredes (MEX)
POL
MEX
Moscou 1980Rudi Fink (GDR)GDRAdolfo Horta (CUB)CUBViktor Rybakov (URS)
Krzysztof Kosedowski (POL)
URS
POL
Los Angeles 1984Meldrick Taylor (USA)USAPeter Konyegwachie (NGR)NGRTurgut Aykaç (TUR)
Omar Catarí (VEN)
TUR
VEN
Seul 1988Giovanni Parisi (ITA)ITADaniel Dumitrescu (ROU)ROUAbdel Hak Achik (MAR)
Lee Jae-Hyeok (KOR)
MAR
KOR
Barcelona 1992Andreas Tews (GER)GERFaustino Reyes (ESP)ESPHocine Soltani (ALG)
Ramaz Paliani (EUN)
ALG
EUN
Atlanta 1996Somluck Kamsing (THA)THASerafim Todorov (BUL)BULPablo Chacón (ARG)
Floyd Mayweather, Jr. (USA)
ARG
USA
Sydney 2000Bekzat Sattarkhanov (KAZ)KAZRocky Juárez (USA)USAKamil Dzhamaludinov (RUS)
Tahar Tamsamani (MAR)
RUS
MAR
Atenas 2004Aleksey Tishchenko (RUS)RUSKim Song-Guk (PRK)PRKVitali Tajbert (GER)
Jo Seok-Hwan (KOR)
GER
KOR
Pequim 2008Vasyl Lomachenko (UKR)UKRKhédafi Djelkhir (FRA)FRAYakup Kiliç (TUR)
Şahin İmranov (AZE)
TUR
AZE

Quadro de medalhas geral do peso pena masculino 57kg nos Jogos Olímpicos

PaísOuroPrataBronzeTotal
Estados Unidos34411
Itália3115
União Soviética3014
Argentina2125
França1214
Grã-Bretanha1214
Alemanha1135
Cuba1102
Alemanha Oriental1102
México1012
Rússia1012
Tchecoslováquia1001
Cazaquistão1001
Holanda1001
Tailândia1001
Ucrânia1001
África do Sul0224
Polônia0145
Bulgária0112
Quênia0112
Coreia do Norte0101
Nigéria0101
Filipinas0101
Romênia0101
Espanha0101
Finlândia0022
Marrocos0022
Coreia do Sul0022
Peru0022
Argélia0011
Azerbaijão0011
Colômbia0011
Hungria0011
Suécia0011
Equipe Unificada0011
Venezuela0011