Siga o OTD

Equipes masculino

Equipes masculino – Tiro com arco – Jogos Olímpicos Tóquio 2020 

 

Chances do Brasil na prova por equipes masculino nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

O Brasil tem apenas uma vaga garantida para Tóquio no masculino, com Marcus D’Almeida, e dificilmente conquistará uma vaga por equipes masculino.

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para os Jogos

O Brasil na prova por equipes masculino dos Jogos Olímpicos

Equipe brasileira em ação no Pan de Lima-2019 (Rafael Bello/COB)

A única vez que o Brasil competiu por equipes foi na Rio-2016, pois, como sede, tinha vaga garantida. Marcus Vinícius D’Almeida, Bernardo Oliveira e Daniel Xavier somaram 1.948 pontos para terminar o ranqueamento em 11º entre 12 equipes. Na primeira rodada acabaram derrotados por 6-2 para a China.

Os favoritos da prova por equipes masculino nos Jogos Olímpicos

A Coreia do Sul, claro, é a grande favorita. Venceu cinco das oito vezes que a prova foi disputada em Olimpíadas, sendo quatro das cinco últimas, incluindo no Rio-2016. Em Mundiais, os coreanos venceram seis seguidos entre 2001 e 2011, voltaram ao topo em 2015 e depois fora dois bronzes em 2017 e 2019, além de dezenas de vitórias em Copas do Mundo, campeonatos asiáticos e Jogos Asiáticos.

A China venceu o Mundial pela primeira vez em 2019 e, apesar de não ter nenhum grande atleta individualmente, tem uma equipe sempre constante, que pode surpreender novamente. Japão, Taiwan e Índia completam as forças asiáticas na modalidade e também brigam por medalha.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

A Holanda tem uma bela equipe, com três arqueiros entre os 10 melhores do mundo e será uma equipe a ser batida em Tóquio.

A Itália é uma das principais equipes europeias, tendo ficado com o ouro em Londres-2012, além do ouro no Mundial de 2017. Os Estados Unidos fora prata nas duas últimas Olimpíadas e tem na sua equipe o fortíssimo Brady Ellison. Só que italianos e americanos ainda não classificaram a equipe para Tóquio.

Histórico da prova por equipes masculino

Arqueiros da Coreia do Sul comemora sua quinta medalha de ouro olímpica na prova por equipes masculina, na Rio-2016 (Reprodução)

A prova por equipes estreou nas Olimpíadas de Seul-1988. Somavam-se as pontuações individuais dos 3 arqueiros na Rodada FITA (36 flechas em cada uma das distâncias de 90 m, 70 m, 50 m e 30 m). As 12 melhores equipes avançaram pra semifinal, agora com 9 flechas por distância e as 8 melhores se classificaram para a final.

Em casa, a Coreia do Sul ficou com o ouro. Na quali somou 3.862, ficando em 1º, mas deu um susto ao ficar em 6º na semifinal, não sendo eliminado por apenas 3 pontos. Mas na decisão, fez 986 e ficou com o ouro.

Em Barcelona-1992, foi implantado o esquema de combates após a rodada de ranqueamento, com 27 flechas para cada equipe, 9 por arqueiro. Melhor na quali, a Coreia do Sul foi derrotada pela França por 241 a 240. O ouro acabou com os donos da casa, os espanhóis, que venceram a Finlândia por 238 a 236. Foi a única vez na história que a Coreia do Sul não subiu ao pódio olímpico.

Em Atlanta-1996, mais um ouro para os donos da casa. Novamente a Coreia do Sul foi a melhor no ranqueamento, mas acabou perdendo na final para os Estados Unidos por 251 a 249. Curiosamente, os americanos marcaram 251 pontos nas 4 rodada da chave.

A Coreia do Sul voltou ao topo em Sydney-2000. Mais uma vez melhor no ranqueamento com folga, levaram o ouro com uma vitória de 255 a 247 sobre a Itália. O mesmo ocorreu em Atenas-2004, vencendo Taiwan na decisão com 251 a 245, e em Pequim-2008, com 227 a 225 contra a Itália. Em Pequim, os combates foram reduzidos para 24 flechas. Antes da última flecha, o combate estava 218 a 218, mas a Itália fez um 7 contra um 9 dos coreanos.

Em Londres-2012, os sul-coreanos bateram o recorde mundial no ranqueamento com 2.087 pontos, num máximo de 2.160. Favoritos, perderam na semifinal para a equipe dos Estados Unidos por 224 a 219, interrompendo a sequência de 3 ouros seguidos. Mas na final, foi a Itália que venceu os americanos com 219 a 218.

Na Rio-2016, foi implementada a disputa por sets também para as equipes. Com 2.057, a Coreia do Sul foi a melhor no ranqueamento e não teve adversários nos combates. Venceu os três confrontos por 6-0, incluindo a final sobre os Estados Unidos, com direito a um perfeito 60 no 1º set, o único de toda a competição.

Medalhistas da prova por equipes masculino nos Jogos Olímpicos

JogosOuroPrataBronze
Seul 1988Coreia do SulEstados UnidosGrã-Bretanha
Barcelona 1992EspanhaFinlândiaGrã-Bretanha
Atlanta 1996Estados UnidosCoreia do SulItália
Sydney 2000Coreia do SulItáliaEstados Unidos
Atenas 2004Coreia do SulTaipé ChinêsUcrânia
Pequim 2008Coreia do SulItáliaChina
Londres 2012ItáliaEstados UnidosCoreia do Sul
Rio 2016Coreia do SulEstados UnidosAustrália

Quadro de medalhas geral da prova de equipes masculino nos Jogos Olímpicos

PaísOuroPrataBronzeTotal
Coreia do Sul5117
Estados Unidos1315
Itália1214
Espanha1001
Taipé Chinês0101
Finlândia0101
Grã-Bretanha0022
Austrália0011
China0011
Ucrânia0011