Siga o OTD

Basquete Feminino

Tabela do basquete feminino – Jogos Pan-Americanos – Lima 2019

DISPUTA DE SÉTIMO LUGAR

DISPUTA DE QUINTO LUGAR

DISPUTA DO BRONZE

Chances do Brasil

Raphaela Monteiro é uma das poucas boas revelações da atual geração do basquete feminino brasileiro. Foto: Divulgação

O Brasil chega com desconfiança, mas tradição na modalidade e na história dos Jogos Pan-Americanos. Para estar em Lima 2019, a equipe feminina fez uma campanha abaixo do esperado e ficou em quarto lugar na Copa América. Perdeu a disputa do terceiro lugar para Porto Rico, por 75 a 68. A classificação veio, mas não conseguiu ficar entre os três primeiros para garantir vaga para a Copa do Mundo de 2018, na Espanha, pela primeira vez desde 1959.

Na campanha, a equipe comandada por Carlos Lima, venceu os dois primeiros jogos: 71 a 63 na Venezuela, 68 a 47 na Colômbia. Depois, duas derrotas na chave: 67 a 60 para Ilhas Virgens e 68 a 49 para a Argentina. Na semifinal, mostrou o abismo que separa a Seleção Brasileira dos melhores do mundo com 39 pontos de diferença: 84 a 45 para o Canadá.

A expectativa fica por conta da participação em Lima 2019 das três principais pivôs brasileiras, Damiris, Clarissa e Érika. Nenhuma delas jogou a Copa América. Com elas em ação, o Brasil fica com um garrafão bem mais forte e o time terá muito mais chances de fazer uma boa campanha na capital peruana.

Local da competição

Multiarena Coliseo Eduardo Dibos

Local: San Borja, Lima

Capacidade: 6.000 torcedores

Nossos pódios

Foto: 9Esportes

Em 1991, na Cuba de Fidel Castro, a Seleção feminina de Basquete, conquistou o ouro. A disputa reunia apenas cinco equipes. Além do Brasil e dos anfitriões, entravam em quadra também as representantes da Argentina, Canadá e EUA (que foi com equipe universitária). A Seleção fez a melhor campanha da primeira fase e encarou o Canadá, na semi. O Brasil levou a melhor por 87 a 78 para carimbar espaço na final.

No duelo derradeiro, a luta pelo ouro foi diante das donas da casa. O jogo final foi equilibrado só até a metade. Isso porque, na reta final, o time verde e amarelo embalou e venceu por 97 a 76. Isso carimbou a equipe brasileira na história dos Jogos Pan-Americanos. Na soma dos jogos, o Brasil é o vice-líder com onze medalhas (três de ouro, quatro de prata e quatro de bronze).

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1951 Sem torneio feminino
1955 EUA Chile Brasil
1959 EUA Brasil Chile
1963 EUA Brasil Chile
1967 Brasil EUA Canadá
1971 Brasil EUA Cuba
1975  México Cuba
1979 Cuba EUA Canadá
1983 EUA Cuba Brasil
1987 EUA Brasil Canadá
1991 Brasil Cuba EUA
1995 Torneio cancelado
1999 Cuba Canadá EUA
2003 Cuba EUA Brasil
2007 EUA Brasil Cuba
2011  Porto Rico  México Brasil
2015 Canadá EUA Cuba

Quadro de medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  EUA 7 5 2 14
2  Brasil 3 4 4 11
3  Cuba 3 1 4 8
4  Canadá 1 1 3 5
5  Porto Rico 1 0 0 1
6  México 0 2 0 2
7  Chile 0 1 2 3