Siga o OTD

Matheus Henrique de Souza

Matheus Henrique – futebol masculino – Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento: São Paulo/SP
Idade: 23 anos (19/12/1997)
Altura: 1,75m
Clube: Grêmio/RS

Matheus Henrique De Souza, mais conhecido como Matheus Henrique, é meio-campista do Grêmio e representará a seleção brasileira de futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

+ CONFIRA TUDO SOBRE O FUTEBOL NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020

A rodagem por vários clubes (no ataque)

Hoje um dos grandes destaques do futebol do Sul do Brasil, foi em São Paulo que Matheus Henrique iniciou a sua trajetória. Aos 7 anos, ao se destacar em um torneio de escolinha, chamou a atenção de um olheiro, que o levou para o Nacional-SP, clube tradicional da Barra Funda, bairro da Zona Oeste da capital paulista.

Como meia-atacante, pisando na área para marcar gols, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2013, mesmo estando cinco anos abaixo do limite de idade da competição. Passou também por um período de observação no Fluminense, mas não obteve sucesso. Passou aquele ano vestindo a camisa do Grêmio, sendo dispensado ao final da temporada.

Matheus Henrique - futebol masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Matheus Henrique (à esquerda) nos tempos de São Caetano. (Foto: Reprodução/Instagram)

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Em 2014, no ABC Paulista, teve uma nova oportunidade de dar a volta por cima. Retornando à sua terra natal, defendeu as cores do São Caetano, passando pelas categorias de base antes de ser promovido ao time principal, em decorrência da boa participação na Copinha 2015.

Jogou a Série A2 e a Copa Paulista, competições regionais com status bem abaixo dos padrões dos grandes clubes do Brasil. Para aquele garoto, conhecido como Matheusinho à época, o que importava era mostrar o seu potencial e provar que poderia dar saltos maiores na carreira.

Da dispensa aos títulos pelo Grêmio

Anos após a tentativa frustrada de fechar com o Grêmio, o destino o levou novamente até Porto Alegre. Veio do Azulão por empréstimo com opção de compra em 2017. Outra vez seria preciso convencer a cúpula tricolor de que tinha capacidade de defender o clube.

Matheus estava acostumado a atuar mais próximo dos homens de frente. Primeiro como meia-atacante, depois como atacante pelas beiradas no São Caetano. Enquanto disputava o Brasileirão de Aspirantes, competição sub-23, foi recuado para segundo volante. Gostou de jogar por ali, satisfazendo a comissão técnica ao mesmo tempo. Era de fato um novo começo.

Matheus Henrique - futebol masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Matheus Henrique renovou contrato com o Grêmio em 2019. (FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

+ CONFIRA TUDO SOBRE AS PARTIDAS DA SELEÇÃO MASCULINA NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020

Renato Portaluppi, então técnico gremista, acompanhava de perto o desenvolvimento do jogador, que foi inscrito na Libertadores 2018 com a saída de outros atletas do elenco. O Grêmio, inclusive, acertou a contratação em definitivo do paulista, assegurando 70% de seus direitos econômicos.

Com a equipe gaúcha, Matheus Henrique não cansa da empilhar taças. Foram quatro títulos estaduais em sequência, além de campanhas de semifinal de Libertadores (2018 e 2019) e Copa do Brasil (2019), na qual também foi vice na última edição (2020).

Chance com Tite na seleção principal e a convocação olímpica

Antes de ser tornar atleta olímpico, Matheusinho viveu um desafio até maior. Marcou presença na lista dos convocados por Tite para os amistosos contra Senegal e Nigéria, em Singapura, em outubro de 2019. Chegou a entrar em campo no primeiro compromisso, quando atuou por 20 minutos no empate em 1 a 1.

Matheus Henrique - futebol masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Atleta do Grêmio, Matheus Henrique já atuou pela seleção principal, em amistoso contra Senegal. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

+ SAIBA TUDO E MAIS UM POUCO SOBRE OS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020

Durante a trajetória de André Jardine e companhia visando os Jogos de Tóquio 2020, a delegação desembarcou na França para participar do Torneio de Toulon. E o destaque gremista estava lá. Jogou em todas as partidas e deixou o dele na goleada por 4 a 0 sobre os donos da casa. O Brasil venceu o Japão nos pênaltis e trouxe a troféu para casa.

Em 2021

O Grêmio está passando por altos e baixos. Campeão gaúcho ao bater o rival Internacional na decisão, a equipe começou mal no Brasileirão e está na zona do rebaixamento. Eliminado nas fases prévias da Libertadores, dominou o grupo na Sul-Americana e largou em vantagem diante da LDU, no Equador, ao vencer por 1 a 0 pelas oitavas. Vale lembrar que tem oitavas de Copa do Brasil pela frente também, desafiando o Vitória no final do mês de julho.

Matheus Henrique - futebol masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Volante entrou em campo diante dos Emirados Árabes, no último teste antes dos Jogos Olímpicos. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Entre os números irregulares do Tricolor, Matheus Henrique é presente no time titular. Até aqui, particiopou de 22 jogos e colocou três bolas na rede. Com Jardine, veio do banco em todas as três partidas preparatórias da seleção olímpica às vésperas dos Jogos: triunfos sobre Sérvia (3 a 0) e Emirados Árabes (5 a 2) e tropeço diante de Cabo Verde (1 a 2).