Siga o OTD

Conjunto Geral

Conjunto GeralJogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Ginástica Rítmica – Conjunto Geral

Chances do BrasilConjunto Geral

O Brasil vai a Lima para manter sua hegemonia. E para tanto, levará uma equipes forte, que deve ser composta por: Deborah Medrado, Nicole Duarte, Camila Rossi, Morgana Gmach, Beatriz Pomini e Vitória Guerra.

Morgana e Beatriz estiveram no grupo que foi ouro em 2015 e vão liderar a nova equipe rumo ao lugar mais alto do pódio.

O resultado mais recente do conjunto foi bastante positivo: medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano da Colômbia, realizado em junho deste ano.

Local da competição

Polideportivo Villa El Salvador

Nossos pódiosConjunto Geral

O Conjunto Geral da Ginástica Rítmica entrou para a programação dos Jogos Pan-Americanos apenas em 1991. Desde então, o Brasil não ficou fora do pódio em nenhuma edição. Depois de uma prata e um bronze, em 1991 e 1995, respectivamente, o país conquistou o ouro em 1999 e não saiu mais do topo.  De lá para cá, o Brasil foi campeão em todos os cinco Jogos, estabelecendo uma verdadeira hegemonia.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1991  Cuba   Brasil  Canadá
1995  Cuba   EUA  Brasil
1999  Brasil  Cuba   Canadá
2003  Brasil  Canadá  Cuba 
2007  Brasil  Cuba  Canadá
2011  Brasil  Canadá  Cuba
2015  Brasil  EUA  Cuba

Quadro de medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Brasil 5 1 1 7
2  Cuba 2 2 3 7
3  Canadá 0 2 3 5
 EUA 0 2 0 2

A provaConjunto Geral

Os Conjuntos são formados por seis ginastas, das quais apenas cinco participam da apresentação. Esta prova funciona como o Individual Geral, porém disputado em grupo.

Tanto na fase classificatória, quanto na final, as equipes apresentam uma série em cada um dos quatro aparelhos definidos previamente. Isso porque, ao todo, a Ginástica Rítmica é composta por cinco aparelhos: Bola, Maças, Arco, Fita e Corda, e a cada dois anos, um aparelho é excluído das competições. No caso do Pan de Lima, a Corda ficou de fora. 

A soma das notas de cada apresentação, que dura entre 1min35 e 1min50, gera o resultado final. Na fase classificatória, os conjuntos disputam oito vagas para a final.

AGENDA DO DIA

set 18 00:30 Copa do Mundo de vôlei feminino Rússia Coreia do Sul set 18 02:00 Mundial de Wrestling Feminino – 57kg – Eliminatórias Giulia Penalber (BRA) set 18 02:00 Mundial de Wrestling Feminino – 76kg – Eliminatórias Aline Silva (BRA) set 18 02:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Estados Unidos Holanda set 18 03:00 Copa do Mundo de vôlei feminino China República Dominicana set 18 05:16 Mundial de Ginástica Rítmica Qualificação – Fita Bárbara Domingos set 18 05:22 Mundial de Ginástica Rítmica Qualificação – Fita Natália Gaudio set 18 06:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Quênia Brasil set 18 07:00 Mundial de Boxe Hebert Sousa (BRA) A definir set 18 07:00 Mundial de Boxe A definir Wanderson Oliveira (BRA) set 18 07:20 Copa do Mundo de vôlei feminino Camarões Japão set 18 07:45 Mundial de Wrestling Feminino – 76kg – Semifinais set 18 07:45 Mundial de Wrestling Feminino – 57kg – Semifinais set 18 09:00 Mundial de Wrestling Feminino – 50kg – Finais set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Cruzeiro Internacional set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Coritiba Vasco set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Santos Grêmio set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Botafogo Chapecoense set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Corinthians Athletico set 18 15:00 Copa do Brasil Sub-17 - Semifinal Fluminense Palmeiras set 18 16:00 Copa do Brasil Sub-17 - Semifinal Vasco São Paulo set 18 19:00 Paulista de Futebol Feminino - Semifinal Ferroviária Corinthians set 18 19:30 Campeonato Paulista de basquete masculino - Oitavas de final Paulistano Liga Sorocabana set 18 20:00 Campeonato Paulista de basquete masculino - Oitavas de final Pinheiros Rio Claro set 18 23:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Holanda Sérvia