Siga o OTD

Jogos Olímpicos

GUIA DOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO-2020

NOTÍCIAS  GUIA TÓQUIO 2020  ATLETAS BRASILEIROS  CALENDÁRIO  QUADRO DE MEDALHAS 

Acredite ou não, o início dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 estão cada vez mais próximos.

Após um ano de atrasos, os Jogos Olímpicos – que ainda se chamam Tóquio 2020 – terão início em julho.

Esteja você ansioso para ver o desempenho dos atletas brasileiros, o brilho das estrelas internacionais como Simone Biles ou mesmo ou testemunhar a estreia de novos esportes, aqui estão algumas coisas importantes que você deve saber.

Quando e onde acontecerão os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020?

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 acontecerão oficialmente de 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

Embora a Cerimônia de Abertura seja marcada para 23 de julho, alguns eventos começaram alguns dias antes: beisebol, softbol e futebol, , todos começando em 21 de julho.

Os jogos terão 339 eventos desdobrados em 33 esportes, e você pode encontrar a programação completa da competição aqui .

A sede dos Jogos Olímpicos é Tóquio, no Japão, embora uma série de esportes e eventos ocorram em locais fora da capital japonesa.

A competição acontecerá em 41 locais diferentes, incluindo o Estádio Nacional do Japão, o Estádio de Tóquio e o Estádio de Yokohama.

jogos olímpicos público estado de emergência tóquio 2020
(twitter/Tokyo2020/Getty Images)

Quais são os novos esportes e eventos?

Há cinco novos esportes chegando a Tóquio 2020.

Beisebol/softbol está entre os ‘novos’ esportes neste verão, mas as duas disciplinas eram esportes distintos competidos nos Jogos Olímpicos até Pequim-2008.

Para quatro dos novatos, no entanto, esta será sua estreia olímpica. Caratê, surfe, escalada e skate foram selecionados para apresentar seu esporte em Tóquio 2020 pela primeira vez na história dos Jogos.

Além de novos esportes, você pode esperar ver novas modalidades como basquete 3×3, BMX freestyle e eventos mistos em vários esportes como natação, atletismo, judô, triatlo e tiro com arco.

Mais uma vez

Será a segunda vez que a cidade recebe uma Olimpíada. A primeira foi em 1964. O país será o primeiro da Ásia a receber duas vezes a competição.

+ LISTA DOS BRASILEIROS CLASSIFICADOS

Eleição de Tóquio

O Comitê Olímpico Internacional convocou a eleição para selecionar a cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2020 em 7 de setembro de 2013, durante a 125ª Sessão do Comitê Olímpico Internacional no Hilton Hotel em Buenos Aires, Argentina. Nenhuma cidade atingiu maioria absoluta dos votos no primeiro turno, terminando com Tóquio na primeira colocação, atingindo 45% dos votos válidos, e Madri e Istambul empataram em segundo lugar com 27,5% dos votos válidos para cada. No turno de desempate, Madrid venceu com 52% dos votos válidos, passando para o segundo turno com Tóquio. Na votação final, Tóquio, foi selecionada com 60 votos favoráveis, correspondendo a 62% dos votos, enquanto Madrid conseguiu 36 votos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Medalhas dos Jogos Olímpicos 2020

Em fevereiro de 2017, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 anunciou que estaria implementando um programa de reciclagem de eletrônicos em parceria com o Centro de Saneamento Ambiental do Japão e a principal operadora do país,a NTT docomo, solicitando doações de diversos produtos eletrônicos para serem usados como o material base para a produção das medalhas. A meta da organização era a de coletar mais 8 de toneladas de materiais. Postos de coletas foram colocados em diversos locais como rodoviárias,shoppings,supermercados e lojas da operadora. Um concurso nacional foi aberto para a escolha do design das medalhas foi aberto em dezembro de 2017.

Em maio de 2018, o Comitê Organizou anunciou que conseguiu a metade da quantidade necessária para a manufatura das medalhas de bronze (2,7 toneladas), mas que eles estavam com dificuldade para conseguir a quantidade de prata necessária. Embora as medalhas de prata e bronze utilizem apenas seus respectivos materiais, os requisitos do COI determinam que as medalhas de ouro utilizem a prata como base e sejam banhadas com ouro. A quantidade de bronze necessária foi completada em novembro de 2018,enquanto,que a expectativa para que a prata necessária fosse fechada em março de 2019.

Em 24 de julho de 2019,durante as celebrações da contagem regressiva de um ano dos Jogos Olímpicos,o design das medalhas foi revelado. As medalhas foram desenhadas por Junichi Kawanishi e significam o big bang .

Locais de Competição

Foi confirmado em fevereiro de 2012, que caso a região metropolitana ganhasse a disputa para sediar os Jogos Olímpicos de 2020, o histórico Estádio Olímpico de Tóquio, estava defasado para os atuais padrões desportivos seria demolido e um novo estádio seria construído em seu lugar. Como resultado, foi aberta uma competição para a escolha do design do novo estádio. Dez meses depois,em novembro do mesmo ano, o Conselho Superior dos Esportes do Japão anunciou que um projeto de Zaha Hadid foi o escolhido.

Os planos incluíam a demolição do Estádio Nacional, e a sua expansão para 80 mil lugares. No entanto, o primeiro-ministro japonês Shinzō Abe anunciou em julho de 2015 que o projeto de Hadid, fora descartado, devido aos altíssimos custos de sua construção. No outono de 2015, o arquiteto local Kengo Kuma apresentou o novo projeto do estádio. No projeto de Kuma, o estádio terá uma capacidade modular de 60 a 80 mil pessoas. Dos 33 locais de competições planejados, 28 estão localizados a apenas 8 km da Vila Olímpica, enquanto que foram construídos 11 novos locais.