Siga o OTD

Marcha 50km masculina

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Atletismo – Marcha 50km masculina

Chances do Brasil

Caio Bonfim e Erica Sena competem em Monterrey, no MéxicoAssim como nos 20km, Caio Bonfim é o principal nome do Brasil na marcha 50km masculina dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Apesar de sua especialidade ser a prova mais curta, o atleta certamente entrará na competição mais longa com boas chances de medalha. Na Olimpíada Rio 2016, ele fez o melhor tempo de sua carreira com 3h47min02, atual recorde brasileiro, e terminou na nona colocação. Na oportunidade, ele foi o segundo melhor das Américas, atrás apenas do canadense Evan Dunfee, que foi o quarto colocado.

O índice para disputar os Jogos Pan-Americanos Lima 2019, Caio Bonfim conquistou no fim do ano passado, em Melbourne, com 3h55min04. Foi o terceiro tempo sul-americano do ano, atrás dos equatorianos Andrés Chocho (3h50min27) e Claudio Villanueva Flores (3min55s04). Nas Américas, ele ficou atrás também de Evan Dunfee (3h50min18s), Bernardo Barrondo (3h53min10), da Guatemala, e de José Leyver (3h53min37s), do México. Todos eles devem ser adversários duros para o brasileiro em Lima, mas, se ele se aproximar do tempo feito na Olimpíada do Rio de Janeiro, as chances de medalha, inclusive de ouro, serão imensas.

Local da competição

Estádio Atlético Pan-Americano

Local: Lima

Capacidade: 12.000 torcedores

A estrela dos Jogos

Com duas medalhas de ouro e uma de prata, os mexicanos Carlos Mercenario (foto) e Raul González são os maiores vencedores da marcha 50km masculina na história dos Jogos Pan-Americanos. O país deles é o líder disparado do quadro de medalhas da prova com oito ouros, oito pratas e um bronze em 13 edições em que foi disputada. Os dois destaques juntos detém metade dos títulos mexicanos em Pans.

Raúl González foi o primeiro a se destacar ao ganhar o bicampeonato nos Jogos Pan-Americanos de San Juan 1979 e Caracas 1983. Em Indianápolis 1987, ele conquistou a medalha de bronze. Carlos Mercenário teve trajetória semelhante à do compatriota. Foi ouro em Havana 1991 e Mar Del Plata 1995 e ficou em segundo lugar em Winnipeg 1999.

Nossos pódios

A única medalha conquistada pelo Brasil na marcha 50km masculina dos Jogos Pan-Americanos foi colocada no peito por Mário José dos Santos Júnior, que levou a prata em Santo Domingo 2013. Em uma prova extremamente desgastante, o brasileiro chegou na segunda colocação com a marca de 4h07min36s. O vencedor foi o mexicano Gérman Sanchez, que chegou 2min35s a frente. O guatemalteco Luís Fernando Garcia cruzou a linha de chegada na terceira colocação.

A prova

A marcha 50km é uma modalidade da marcha atlética e a mais longa prova do atletismo, introduzida nos Jogos Olímpicos em Los Angeles 1932. A marcha difere da corrida no sentido de que nela um pé do atleta sempre precisa estar em contato com o solo. As regras também exigem que a perna posterior do passo esteja sempre esticada do ponto de toque no solo até que o passo sobre aquele ponto tenha sido completado. A falta deste movimento é considerado ilegal e um passo de corrida e o atleta é punido com um cartão de aviso. Três cartões recebidos significam a desclassificação. A competição é feita sempre em ruas ou estradas e em grandes eventos costumam começar e terminar dentro do estádio de atletismo mas nos últimos anos há uma tendência em colocar a chegada da marcha em locais de interesse histórico ou cênico.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro TEMPO Medalha de prata TEMPO Medalha de bronze TEMPO
1951 Sixto Ibáñez
Argentina
05:06:07 James Jackson
 Trinidad e Tobago
05:21:13 Armando González
Argentina
05:27:01
1955 Não houve
1959 Não houve
1963 Não houve
1967 Larry Young
EUA
04:26:21 Felix Cappella
Canadá
04:36:00 Goetz Klopfer
EUA
04:38:00
1971 Larry Young
EUA
04:38:31 Gabriel Hernández
 México
04:38:46 John Knifton
EUA
04:42:15
1975 Não houve
1979 Raúl González
 México
04:05:17 Martín Bermúdez
 México
04:11:13 Marco Evoniuk
EUA
04:24:20
1983 Raúl González
 México
04:00:45 Martín Bermúdez
 México
04:04:20 Querubín Moreno
Colômbia Colômbia
04:23:20
1987 Martín Bermúdez
 México
03:58:54 Raúl González
 México
04:07:27 Héctor Moreno
Colômbia Colômbia
04:18:48
1991 Carlos Mercenario
 México
04:03:09 Miguel Ángel Rodríguez
 México
04:04:06 Edel Oliva
Cuba Cuba
04:16:27
1995 Carlos Mercenario
 México
03:47:31 Miguel Rodríguez
 México
03:48:48 Julio César Urías
 Guatemala
03:49:45
1999 Joel Sánchez
 México
04:06:31 Carlos Mercenario
 México
04:09:48 Philip Dunn
EUA
04:13:45
2003 Gérman Sánchez
 México
04:05:01 Mário dos Santos
Brasil
04:07:36 Luis Fernando García
 Guatemala
04:12:14
2007 Jefferson Pérez
Equador
01:22:08 Jaime Saquipay
Equador
01:23:28 Gustavo Baena
Colômbia Colômbia
01:24:51
2011 Horacio Nava
 México
3:48.58 José Ojeda
 México
3:49.16 Jaime Quiyuch
 Guatemala
3:50.33
2015 Andrés Chocho
Equador
03:50:13 Erick Barrondo
 Guatemala
03:55:57 Horacio Nava
 México
03:57:28

Quadro de Medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  México 8 8 1 17
2  Equador 2 1 0 3
3 EUA 2 0 4 6
4  Argentina 1 0 1 2
5  Guatemala 1 0 3 4
6  Brasil 0 1 0 1
 Canadá 0 1 0 1
 Trinidad e Tobago 0 1 0 1
9  Colômbia 0 0 3 3

AGENDA DO DIA

dez 14 02:50 World Tour Finals do tênis de mesa Hugo Calderano (BRA) Fan Zhengong (CHN) dez 14 03:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Itália Irã dez 14 04:29 Etapa da Cidade do Cabo da Série Mundial de rugby sevens feminino França Brasil dez 14 04:30 Troféu de Roma de tiro com arco indoor Qualificação Jane Karla (BRA) dez 14 04:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Hungria Egito dez 14 05:45 International Challenge da Itália de badminton Ygor Coelho (BRA) Subhankar Dey (IND) dez 14 06:00 Etapa de Heraklion da Copa do Mundo júnior de espada masculina Grupo 32 Lucas Noriega (BRA) dez 14 06:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Austrália Nova Zelândia dez 14 07:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Grécia Brasil dez 14 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Individual Olímpico (pré-mirim, mirim, juvenil, veteranos, sênior, lady e Absolutos). dez 14 08:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A Croácia China dez 14 10:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A África do Sul Sérvia dez 14 10:19 Etapa da Cidade do Cabo da Série Mundial de rugby sevens feminino Espanha Brasil dez 14 11:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Estados Unidos Montenegro dez 14 12:30 Campeonato Turco de vôlei feminino Eczacibasi (TUR) Vakifbank (TUR) dez 14 12:30 Campeonato Turco de vôlei feminino Eczacibasi (TUR) Vakifbank (TUR) dez 14 12:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Espanha Rússia dez 14 12:50 NBB Paulistano São Paulo dez 14 14:00 Etapa de Pipeline do Mundial de surfe dez 14 16:00 NBB Unifacisa Minas Tênis Clube dez 14 16:00 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase Apan Blumenau Sada Cruzeiro dez 14 16:30 Campeonato Italiano de vôlei feminino Bergamo (ITA) Brescia (ITA) dez 14 17:00 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase Vôlei Ribeirão Maringá Vôlei dez 14 17:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase São Cristóvão Saúde/São Caetano Fluminense dez 14 18:00 Paulista de handebol masculino - Disputa de terceiro lugar Corinthians/Guarulhos CAI/GHC (PI) dez 14 18:00 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase Ponta Grossa Caramuru Vôlei Renata dez 14 19:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Valinhos São Paulo dez 14 19:00 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase América-MG Vôlei Itapetininga dez 14 20:00 Paulista de handebol masculino - Final Pinheiros Taubaté/FAB/UNITAU dez 14 20:30 Etapa de Tóquio da Copa do Mundo de florete masculino - Evento Teste da Olimpíada de 2020 Disputa por equipes Brasil dez 14 20:30 Etapa de Tóquio da Copa do Mundo de florete masculino - Evento Teste da Olimpíada de 2020 Disputa por equipes Brasil dez 14 21:30 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Minas Tênis Clube Sesc RJ dez 14 22:00 NBA Chicago Bulls Los Angeles Clippers dez 14 22:00 NBA Memphis Grizzlies Washington Wizards dez 14 23:00 NBA Houston Rockets Detroit Pistons