Siga o OTD

60kg masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Boxe – 60kg masculino

Local da competição

Coliseu Miguel Grau – Villa Deportiva Regional, Callao

Local: Lima

Capacidade: 5.000 torcedores

A estrela dos Jogos

Como não poderia deixar de ser, a grande figura da história da categoria é cubana. Julio González Valladares elevou o sucesso de Cuba nos Jogos Pan-Americanos ao conquistar o tricampeonato, com direito a uma medalha de ouro lutando em casa.

Valladares começou a trajetória vitoriosa em Indianápolis 1987, derrotando o venezuelano José Luiz Peres para assegurar o primeiro título. Já conhecendo o caminho das glórias, o pugilista estava no auge da carreia quando o Pan foi sediado em seu país de origem. Em Havana 1991, aos 25 anos de idade e contando com a torcida, outro ouro na conta ao vencer Patrice Brooks, dos Estados Unidos.

Quatro anos mais tarde, em Mar del Plata 1995, encontrou o brasileiro Acelino Freitas no duelo derradeiro. E novamente levou a melhor, confirmando a terceira medalha de ouro de maneira consecutiva. Julio González Valladares também marcou presença nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996.

Nossos pódios

De azul, Robson Conceição disputando o título em Guadalajara 2011

O Brasil registra certo azar nas decisões da categoria até 60kg. Em toda a história dos Jogos Pan-Americanos, o país tem quatro derrotas em quatro combates finais, consequentemente fechando as respectivas participações com as medalhas de prata.

Além de Acelino Freitas em Mar del Plata 1995, outros pugilistas brasileiros bateram na trave. O primeiro deles foi João da Silva, que perdeu para o cubano Roberto Caminero em São Paulo 1963. No retorno do Pan para o Brasil, o resultado novamente frustrou a torcida: Éverton Lopes foi derrotado por Yordenis Ugás, outro atleta de Cuba, no Rio de Janeiro 2007.

Robson Conceição, campeão olímpico em solo carioca em 2016, também não teve a sorte que desejava nos Jogos Pan-Americanos. Em Guadalajara 2011, caiu para outro cubano. Desta vez, Yasnier Toledo levou a melhor em terras mexicanas e garantiu o ouro.

Medalhistas

Ano Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1951 Oscar Gallardo 
Argentina
Fernando Araneda 
Chile
Willie Hunter 
EUA
1955 Miguel Angel Péndola 
Argentina
Gerardo Clemente 
 Porto Rico
Ricardo Orta 
Venezuela
1959 Abel Laudonio 
Argentina
Gualberto Guttierez 
 Uruguai
Marío Romero 
Venezuela
1963 Roberto Caminero 
Cuba
João da Silva 
Brasil
Barry Foster 
Jamaica
1967 Enrique Regüeiferos 
Cuba
Luis Minami 
Peru
Ronald Harris 
EUA
Juan Rivero 
 Uruguai
1971 Luis Davila 
 Porto Rico
Alfonso Pérez 
Colômbia Colômbia
Marco Juardo 
Equador
James Busceme
EUA
1975 Chris Clarke 
Canadá
Aaron Pryor 
EUA
Odalis Perez 
Venezuela
Luis Echaide 
Cuba
1979 Adolfo Horta 
Cuba
Roberto Andino 
 Porto Rico
Rafael Rodriguez 
 República Dominicana
Guillermo Fernández
Venezuela
1983 Pernell Whitaker 
EUA
Ángel Herrera Vera 
Cuba
Alberto Cortez 
Argentina
Angel Beltre 
 República Dominicana
1987 Julio González Valladares 
Cuba
José Luis Perez 
Venezuela
Hector Arroyo 
 Porto Rico
Marc Menard
Canadá
1991 Julio González Valladares 
Cuba
Patrice Brooks 
EUA
Delroy Leslie 
Jamaica
William Irwin 
Canadá
1995 Julio González Valladares 
Cuba
Acelino Freitas 
Brasil
Francisco Osorio 
Colômbia Colômbia
Michael Strange
Canadá
1999 Mario Kindelán 
Cuba
Dana Laframboise 
Canadá
Patrick López 
Venezuela
Cristián Bejarano
 México
2003 Mario Kindelán 
Cuba
Alex de Jesús 
 Porto Rico
Félix Díaz 
 República Dominicana
Francisco Vargas 
 México
2007 Yordenis Ugás 
Cuba
Éverton Lopes 
Brasil
Luis Rueda 
Argentina
José Pedraza 
 Porto Rico
2011 Yasnier Toledo 
Cuba
Robson Conceição 
Brasil
Ángel Suárez 
 Porto Rico
Ángel Gutiérrez
 México
2015 Lázaro Álvarez 
Cuba
Lindolfo Delgado 
 México
Kevin Luna 
 Guatemala
José Rosario
 Porto Rico

Quadro de medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Cuba 11 1 1 13
2  Argentina 3 0 2 5
3  Porto Rico 1 3 4 8
4  EUA 1 2 3 6
5  Canadá 1 1 3 5
6  Brasil 0 4 0 4
7  Venezuela 0 1 5 6
8  México 0 1 3 4
9  Uruguai 0 1 1 2
 Colômbia 0 1 1 2
11  Chile 0 1 0 1
 Peru 0 1 0 1
13  República Dominicana 0 0 3 3
14  Jamaica 0 0 2 2
15  Equador 0 0 1 1
 Guatemala 0 0 1 1

AGENDA DO DIA

dez 11 03:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Holanda 40 Coreia do Sul 33 dez 11 03:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Espanha 26 Rússia 36 dez 11 06:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Sérvia 26 Dinamarca 26 dez 11 06:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Romênia 20 Japão 37 dez 11 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Seleções Estaduais Olímpicas e Paralímpicas e Interclubes Olímpico dez 11 08:30 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Noruega 32 Alemanha 29 dez 11 08:30 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Montenegro 26 Suécia 23 dez 11 13:30 Euroliga de basquete feminino Fenerbahce (TUR) 82 Lyon Asvel (FRA) 67 dez 11 14:00 Etapa de Pipeline do Mundial de surfe dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo C Sao José Grêmio dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo B Avaí Internacional dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo A Cruzeiro Corinthians dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo C São Paulo Vitória dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo B Ferroviária Audax dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo A Flamengo Santos dez 11 20:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Fluminense Osasco Audax dez 11 20:00 NBB Unifacisa Mogi das Cruzes dez 11 20:30 Torneio Nike Friendlies Sub-20 de futebol feminino Brasil Estados Unidos dez 11 21:00 NBA Cleveland Cavaliers Houston Rockets dez 11 22:00 NBA Chicago Bulls Atlanta Hawks dez 11 23:00 NBA Phoenix Suns Memphis Grizzlies