Siga o OTD

Mano individual masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Pelota Basca – Mano individual masculino

Chances do Brasil

Para as disputas em Lima 2019, o Brasil contará com Filipe Otheguy como único representante nos Jogos Pan-Americanos. E o atleta é o principal nome do país na atualidade. Em outubro de 2018, ele participou do Campeonato Mundial de pelota basca, realizado em Barcelona, na Espanha. Ao todo, Filipe disputou três partidas: derrotas por 2 a 0 para França e Espanha e vitória sobre o Uruguai pelo mesmo placar. Com os resultados recentes, México e Argentina chegam como moral para o evento na capital peruana, mas o Brasil pode surpreender ao longo do torneio.

Local da competição

Quadras de Pelota Basca – Complexo Esportivo Villa Maria Del Triunfo

Local: Lima

Capacidade: 400 torcedores

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1995 Flag of Mexico.svg México Flag of Venezuela.svg Venezuela Flag of Cuba.svg Cuba
2003 Flag of Cuba.svg Cuba Flag of Mexico.svg México Flag of Venezuela.svg Venezuela
2011 Fernando Medina
Flag of Mexico.svg México
Roberto Huarte
Flag of the United States.svg Estados Unidos
Henrry Despaigne
Flag of Cuba.svg Cuba

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Flag of Mexico.svg México 2 1 0 3
2 Flag of Cuba.svg Cuba 1 0 2 3
3 Flag of Venezuela.svg Venezuela 0 1 1 2
4 Flag of the United States.svg Estados Unidos 0 1 0 1

O esporte

A pelota basca é jogada com uma bola que é batida com a mão, uma raquete, um bastão de madeira ou uma cesta, contra uma parede (o frontão, em castelhano frontón) ou, mais tradicionalmente, entre duas equipes frente a frente separadas por uma linha no chão ou por uma rede. As regras de cada categoria e o sistema de pontuações são similares, mudando de equipamento de acordo com o formato de disputa. A bola pode tocar no piso uma única vez antes de um dos jogadores da equipe realizar a jogada.