Siga o OTD

K1 1000m masculino

K1 1000m masculinoJogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Canoagem Velocidade – K1 1000m masculino

Chances do BrasilK1 1000m masculino

O representante do Brasil  no K1 1000m masculino será Vagner Souta. Aos 27 anos, ele chega como o canoísta mais rápido do país nesta categoria, a qual disputou também nas Olimpíadas do Rio, em 2016. Em Toronto 2015, ele subiu ao pódio duas vezes: prata no K4 1000m e bronze no K2 1000m e vai em busca agora de sua terceira medalha em Pan-Americanos.

Seus melhores resultados recentes na prova foram na Copa Brasil de Canoagem Velocidade e Controle, disputada em março deste ano, quando terminou na segunda colocação e o ouro no Mundial de agosto de 2018, em Portugal.

Local da competição

Parque turístico Abulfera de Medio Mundo
Local: Huacho

A estrela dos Jogos

O cubano Jorge Garcia pode ser considerado um dos grandes nomes da categoria K1 1000m. O atleta vem de nada menos que três Pan-Americanos seguidos subindo ao pódio, sendo o atual bicampeão da prova. Além dele, o argentino Daniel Dal Bo pode vir forte na tentativa de garantir sua terceira prata consecutiva.

Nossos pódiosK1 1000m masculino

Ao longo de oito edições dos Jogos em que a categoria foi disputada, o Brasil subiu ao pódio quatro vezes. E o responsável pelas quatro medalhas foi um só atleta: Sebastián Cuattrin. Ele conquistou um bronze em 1995 e três pratas em sequência entre 1999 e 2007. Nas duas últimas edições, porém, o Brasil ficou fora das três primeiras colocações.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1987 Greg Barton
 EUA
Jorge García
 Cuba
Atilio Vásquez
 Argentina
1991 Mike Herbert
EUA
Ángel Pérez
 Cuba
Peter Giles
 Canadá
1995 Abelardo Sztrum
 Argentina
Peter Newton
EUA
Sebastián Cuattrin
 Brasil
1999 Javier Correa
 Argentina
Sebastián Cuattrin
 Brasil
Adrian Richardson
 Canadá
2003 Javier Correa
 Argentina
Sebastián Cuattrin
 Brasil
Rami Zur
EUA
2007 Angus Mortimer
 Canadá
Sebastián Cuattrin
 Brasil
Jorge García
 Cuba
2011 Jorge Garcia
 Cuba
Daniel Dal Bo
 Argentina
Philippe Duchesneau
 Canadá
2015 Jorge Garcia
 Cuba
Daniel Dal Bo
 Argentina
Adam van Koeverden
 Canadá

Quadro de medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Argentina 3 2 1 6
2  Cuba 2 2 1 5
3  EUA 2 1 1 4
4  Canadá 1 0 3 4
 Brasil 0 3 1 4

A provaK1 1000m masculino

K1 1000m masculino é uma categoria da Canoagem Velocidade, considerada a modalidade mais tradicional de canoagem. A prova é praticada em rios ou lagos de águas calmas com 9 raias demarcadas ao longo do percurso de 1000 metros.  

O objetivo da competição é navegar em uma raia definida e sem obstáculos, no menor tempo possível. As disputas se iniciam com eliminatórias, que classificam os barcos semi-finalistas e finalistas.

Nesta categoria, o atleta compete em um caiaque individual, com comprimento máximo de 5,20m e peso mínimo de 12kg. Além disso, rema-se  sentado e com um remo de duas pás.