Siga o OTD

Thiago do Rosário André

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento:. Berlford Roxo/RJ
Idade: 25 anos (04/08/1995)
Altura: 1,79m
Clube: Balneário Camboriú (Santa Catarina)
Olimpíada: 1 (Rio-2016)
Pan: 1 (Toronto-2015)

MUNDIAL
– Mundial de Revezamentos Chorzów 2021 (revezamento 4x400m misto)

PAN
– Lima 2019 (400m com barreiras masculino)

Thiago do Rosário André – atletismo – 800m masculino – Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Thiago André é uma das grandes promessas do atletismo do Brasil. Aos 25 anos, o carioca tem se destacados nos últimos anos e será o único representante do país na prova de 800m masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

+ Rivais, chances de Thiago André e mais: Confira TUDO sobre a prova dos 800m masculino

Rápida ascensão

Natural de Berlford Roxo, no Rio de Janeiro, Thiago André começou no atletismo quando tinha 14 anos. Não demorou para ele despontar no cenário nacional e internacional, com bons resultados, o que o colocou, assim como uma das grandes promessas do atletismo brasileiro.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Antes dos 800m, no entanto, Thiago André apostava nas provas mais longas. Assim, três anos depois do seu início na modalidade, ele representou o Brasil no Campeonato Sul-Americano Júnior de 2012, em Mendoza, na Argentina, e conquistou a medalha de ouro nos 3.000m.

No ano seguinte, ele repetiu o feito, faturando duas medalhas douradas no Sul-Americano Júnior em Resistência, também na Argentina. Desta vez, ele venceu os 1.500m e os 5.000m. No mesmo ano e nestas mesmas distâncias, ele também levou duas medalhas de prata no Pan-Americano Júnior em Medellin, na Colômbia.

Ingressando na categoria adulta

Em 2015, Thiago André teve a oportunidade de competir nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, pela primeira vez na equipe adulta. E na sua estreia, na prova dos 1.500m masculino, o carioca conseguiur terminar na oitava colocação.

Posteriormente, aos 21 anos, ele fez sua estreia em Jogos Olímpicos, competindo literalmente em casa, no Rio de Janeiro, também nos 1.500m. Desta vez, no entanto, ele ficou apenas com a 22ª posição.

Já em 2017, Thiago André passou a se dedicar mais à prova dos 800m masculino e participou de seu primeiro Campeonato Mundial. Em Londres, na Inglaterra, ele conseguiu, então, uma boa sétima colocação na prova.

Nos anos seguintes, apesar de não ter conquistados títulos importantes, o carioca seguiu melhorando seus tempos até que, em 2020, ele derrubou um dos recordes mais antigos do atletismo brasileiro. No tradicional Meeting de Düsseldorf, na Alemanha, Thiago André ficou em oitavo lugar nos 1.500m indoor, com a marca de 3min40s59. Antes, o recordista na prova era o finalista olímpico Agberto Guimarães, com 3min42s70, obtidos na Grécia em 1989.

Thiago do Rosário André - atletismo - 800m masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Thiago André tem 25 anos e vai disputar sua segunda Olimpíada (Divulgação)

Em 2021, a conquista do índice

Thiago André começou o ano focado na busca pelo índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Antes disso, entretanto, no Campeonato Sul-Americano em Guayaquil, no Equador, ele voltou para casa com duas medalhas de ouro no peito, nos 800m, com direito a recorde da competição, e nos 1.500m masculino.

Em junho, veio, então, a realização do sonho. Thiago André foi a grande estrela do 6º Torneio Atletismo Paulista, realizado no estádio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, na Vila Clementino, em São Paulo. O atleta venceu a prova dos 800 m, com 1min44s92, superando o índice de 1:45.20, exigido pela World Athletics, para os Jogos Olímpicos de Tóquio.