Siga o OTD

Marcha 50km masculina

Marcha 50km masculina – Atletismo – Jogos Olímpicos – Tóquio 2020

Calendário

Recordes da marcha 50km masculina

OlímpicoMundialBrasileiro
3:36:53 / Jared Tallent (AUS) / Londres (GBR) – 11/08/2012
3:32:33 / Yohann Diniz (FRA) / Zurique (SUI) – 15/08/2014
3:47:02 / Caio Bonfima / Rio de Janeiro (BRA) – 19/08/2016

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para os Jogos

Favoritos na marcha 50km masculina nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Assim como nos 20 km, a equipe japonesa deve chegar muito forte e brigar por pódio completo na marcha 50km masculina nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Yusuke Suzuki venceu a desgastante prova no Mundial de Doha-2019 com o alto tempo de 4h04min20. Mesmo disputada na madrugada, o calor foi excessivo e muito desgastante para todos os atletas. Seus compatriotas Masatora Kawano e Satoshi Maruo também devem chegar fortes e são donos dos melhores tempos do mundo em 2019.

Outro favorito nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 é o recordista mundial, o francês Yohann Diniz não terminou a prova em Doha, mas foi ouro no Mundial de Londres-2017, além de ter feito o 3º melhor tempo de 2019, com 3h37min43 e ter um histórico de muitas vitórias pelo circuito mundial. De olho também no campeão europeu de 2018, o ucraniano Maryan Zakalnytsky, no atual campeão olímpico, o eslovaco Matej Toth, no norueguês Havard Haukenes, no forte canadense Evan Dunfee, bronze no último Mundial, e na sempre forte equipe chinesa.

O Brasil nos Jogos

O Brasil só estreou na duríssima prova da marcha 50km masculina nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004. Sérgio Galdino, em sua terceira Olimpíada, acabou na 26ª colocação com 4h05min02s e Mario José dos Santos foi 40º com 4h20min11s. Mário voltaria a competir em Pequim-2008, onde ficou em 41º com 4h1min25, e no Rio-2016, quando não terminou.

Também na capital carioca, Caio Bonfim obteve o melhor resultado brasileiro na prova, com a nona colocação. Uma semana após o excelente quarto lugar nos 20 km, Caio surpreendeu completando a marcha 50km masculuna em 3h47min02s, batendo o recorde brasileiro. Jonathan Rieckmann também completou e ficou em 29º com 4h01min52s.

Caio Bonfim tem focado nos 20 km e dificilmente deve disputar a marcha 50km nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Ele é atualmente o único brasileiro que pode brigar pelo índice olímpico.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Histórico

As provas de marcha atlética são disputadas em Olimpíadas desde a edição de Londres-1908, mas os 50 km só se tornaram olímpicos em Los Angeles-1932, 24 anos antes dos 20 km.

O primeiro campeão olímpico da marcha 50km masculina foi o britânico Tommy Green, com 4h50min10s, mais de 7min de diferença para o segundo colocado, o letão Janis Dalins. Quatro anos depois, outro britânico ficou com a vitória em Berlim-1936, Harold Whitlock, que marcou 4h30min41s4.

Após a Segunda Guerra, o primeiro campeão da marcha 50km masculina foi o sueco John Ljunggren nos Jogos Olímpicos de Londres-1948, com 4h41min52. Apesar da prova já ser consagrada, o nível dos atletas ainda era muito diferente e Ljunggren venceu por mais de 7min. Já em Helsinque-1952, a disputa foi muito mais próxima. O italiano Giuseppe Dordoni foi o campeão com 4h28min07s8, o primeiro a baixar das 4h30 em uma Olimpíada e a diferença do primeiro para o quinto foi de menos de cinco minutos. Em Melbourne-1956, apenas 21 atletas competiram e o ouro ficou com o neozelandês Norman Read.

A partir daí, a marcha 50km masculina voltou a ser dominada por europeus com destaque para o italiano Abdon Pamich, ouro nos Jogos Olímpicos de Tóoquio-1964 com 4:11:12.4 e para Bernd Kannenberg, da Alemanha Ocidental, em Munique-1972, o primeiro a baixar de quatro horas em uma Olimpíada, com 3:56:11.6.

Nos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984, com o boicote soviético, a vitória na marcha 50km masculina ficou com o mexicano Raul Gonzalez, que brilhou com 3h47min26s, colocando quase 6 min de vantagem sobre o sueco Bo Gustafsson, prata com 3h53min19s.

Nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996, foi a vez da coroação do polonês Robert Korzeniowski na marcha 50km masculina. Ele venceu seu primeiro ouro nas ruas americanas com 3h43min30s, se tornou o primeiro bicampeão olímpico da prova em Sydney-2000 com 3h42min22s, onde também venceu os 20 km sendo o único a obter este feito em uma Olimpíada, e fechou o espetacular tricampeonato em Atenas-2004 com 3h38min46s, prova que praticamente encerrou sua brilhante carreira. Korzeniowski também foi tricampeão mundial da prova em 1997, 2001 e 2003, o único a conseguir este feito em um Mundial.

Em Pequim-2008, foi a vez do italiano Alex Schwarzer vencer a marcha 50km masculina com 3h37min09s, recorde olímpico, 2min18s mais rápido que o australiano Jared Tallent, medalha de prata. Nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, a vitória na marcha 50km masculina ficou com o russo Sergey Kirdyapkin com 3:35:39, mas ele foi pego no exame antidoping e perdeu a medalha de ouro, que ficou com Tallent, com o tempo de 3:36:53. Buscando o bicampeonato, o australiano chegou ao Rio-2016 como um dos favoritos e liderou por boa parte da prova, mas na penúltima volta, o eslovaco Matej Tóth acelerou e ultrapassou o australiana para vencer com 3:40:58, 18 s a frente de Tallent. Recordista mundial e dono da melhor marca do ano de 2016, o francês Yohann Diniz liderou no início, teve problemas intestinais e chegou até a desmaiar na decorrer da prova, acabando em 8º.

Os Medalhistas da marcha 50km masculina nos Jogos Olímpicos

Olimpíada
Los Angeles-1932Tommy Green
GBR
Jānis Daliņš
LAT
Ugo Frigerio
ITA
Berlim-1936Harold Whitlock
GBR
Arthur Tell Schwab
SUI
Adalberts Bubenko
LAT
Londres-1948John Ljunggren
SWE
Gaston Godel
SUI
Tebbs Lloyd Johnson
GBR
Helsinque-1952Pino Dordoni
ITA
Josef Doležal
CZE
Antal Róka
HUN
Melbourne-1956Norman Read
NZL
Yevgeniy Maskinskov
URS
John Ljunggren
SWE
Roma-1960Don Thompson
GBR
John Ljunggren
SWE
Abdon Pamich
ITA
Tóquio-1964Abdon Pamich
ITA
Paul Nihill
GBR
Ingvar Pettersson
SWE
Cidade do México-1968Christoph Höhne
FRG
Antal Kiss
HUN
Larry Young
USA
Munique-1972Bernd Kannenberg
GDR
Veniamin Soldatenko
URS
Larry Young
USA
Montreal-1976 Não disputada  
Moscou-1980Hartwig Gauder
FRG
Jordi Llopart
ESP
Yevgeniy Ivchenko
URS
Los Angeles-1984Raúl González
MEX
Bo Gustafsson
SWE
Sandro Bellucci
ITA
Seul-1988Vyacheslav Ivanenko
URS
Ronald Weigel
FRG
Hartwig Gauder
FRG
Barcelona-1992Andrey Perlov
CEI
Carlos Mercenario
MEX
Ronald Weigel
GER
Atlanta-1996Robert Korzeniowski
POL
Mikhail Shchennikov
RUS
Valentí Massana
ESP
Sydney-2000Robert Korzeniowski
POL
Aigars Fadejevs
LAT
Joel Sánchez
MEX
Atenas-2004Robert Korzeniowski
POL
Denis Nizhegorodov
RUS
Aleksey Voyevodin
RUS
Pequim-2008Alex Schwazer
ITA
Jared Tallent
AUS
Denis Nizhegorodov
RUS
Londres-2012Jared Tallent
AUS
Si Tianfeng
CHN
Robert Heffernan
IRL
Rio-2016Matej Tóth
SVK
Jared Tallent
AUS
Hirooki Arai
JPN

Quadro de Medalhas

PaísTotal
1Grã-Bretanha3115
2Itália3036
3Polônia3003
4Alemanha Ocidental2114
5Suécia1225
6União Soviética1214
7Austrália1203
8México1113
9Alemanha Oriental1001
9Comunidade dos Estados Independentes1001
9Eslováquia1001
9Nova Zelândia1001
13Rússia0224
14Letônia0213
15Suíça0202
16Espanha0112
16Hungria0112
18China0101
18Tchéquia0101
20Estados Unidos0022
21Alemanha0011
21Irlanda0011
21Japão0011
viagra