Siga o OTD

Kata equipe feminina

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Caratê – Kata equipe feminina

Chances do Brasil

Izabel Vieira (esq.), Sabrina (centro) e Carolaini Pereira (dir.) levaram a prata no Panamá

A exemplo do que ocorre com o masculino, o time feminino do Brasil será o mesmo do qualificatório do Panamá, realizado em março. Na ocasião, Sabrina Pereira (20 anos), Carolaini Pereira (17 anos) e Izabel Vieira formaram uma delegação extremamente jovem para a competição e faturaram a medalha de prata. O trio também marcará presença em Lima 2019 e deve brigar por medalhas.

Além de Peru e Brasil, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana e México completam as disputas das equipes femininas de kata.

Local da competição

Polideportivo Villa El Salvador

Local: Lima

Capacidade: 6.100 torcedores

O esporte

Além do kumite, o caratê também conta com o kata como categoria. Nesta disputa, o lutador pratica os movimentos sozinho, algo semelhante a uma coreografia. As situações são realizadas sob circunstâncias de luta ou combate com um adversário imaginário, obtendo-se, dessa maneira, um melhor aperfeiçoamento das técnicas básicas, condicionamento físico e mental. Os juízes avaliam a performance e a qualidade da apresentação para julgar o resultado.

viagra