Siga o OTD

Caratê

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Caratê

KUMITE
50kg FEM
55kg FEM
60kg MAS
61kg FEM
67kg MAS
68kg FEM
Acima de 68kg FEM
75kg MAS
84kg MAS
Acima de 84kg MAS
KATA
Individual FEM MAS
Equipe  FEM MAS

CALENDÁRIO

DataEventoHorário/Resultado
Kata Individual feminino x Nicole Mota (BRA)
Kata individual masculino x Williames Souza (BRA)
Kata feminino por equipes x Brasil
Kata masculino por equipes x Brasil
Kata Individual feminino – Finais x
Kata individual masculino – Finais x
Kata feminino por equipes – Finais x
Kata masculino por equipes – Finais x
Kumite 50kg feminino x Jéssica de Paula (BRA)
Kumite 55kg feminino x Valéria Kumizaki (BRA)
Kumite 84kg masculino x
Kumite +84kg masculino x Erica Santos (BRA)
Kumite 61kg feminino x
Kumite 50kg feminino – Finais x
Kumite 55kg feminino – Finais x
Kumite 61kg feminino – Finais x
Kumite 84kg masculino – Finais x
Kumite +84kg masculino – Finais x
Kumite 68kg feminino x Gabrielle Sepe (BRA)
Kumite +68kg feminino x
Kumite 75kg masculino x Hernâni Veríssimo (BRA)
Kumite 60kg masculino x Douglas Brose (BRA)
Kumite 67kg masculino x Vinícius Figueira (BRA)
Kumite 68kg feminino – Finais x
Kumite +68kg feminino – Finais x
Kumite 75kg masculino – Finais x
Kumite 60kg masculino – Finais x
Kumite 67kg masculino – Finais x

O caratê fez parte do programa oficial dos Jogos Pan-Americanos a partir da edição de Mar del Plata 1995, na Argentina. Ao longo dos eventos, as categorias de disputa sofreram muitas alterações, sendo que nenhuma delas permaneceu interruptamente desde o início. Em Lima 2019, os resultados obtidos pelos atletas contarão como pontos na corrida olímpica, já que o esporte será estreante nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Kata individual e outras quatro categorias do kumite (67 kg e 75 kg masculino; 55 kg e 61 kg feminino) terão pontos contabilizados para o ranking da Olimpíada.

Dos 14 torneios de caratê nos Jogos Pan-Americanos, o Brasil marcará presença em 11. As vagas foram confirmadas através do bom desempenho no Campeonato Pan-Americano da modalidade, realizado em março, no Panamá. Douglas Brose (60kg), Jéssica de Paula (50kg),  Vinícius Figueira (67kg), Hernâni Veríssimo (75kg), Nicole Mota (kata), Williames Santos (kata), Valéria Kumizaki (55kg), Érica Santos (61kg) e Gabrielle Sepe (68kg) serão os representantes brasileiros na capital peruana.

Na história, o Brasil tem o melhor retrospecto e lidera o quadro geral de medalhas no caratê. Em todos os tempos nos Jogos Pan-Americanos, são nove medalhas de ouro, dez de prata e 16 de bronze. Venezuela e Estados Unidos também possuem nove ouros conquistados e brigam diretamente pela primeira colocação.

QUADRO DE MEDALHAS DA MODALIDADE

 

 Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Brasil 9 10 16 35
2  Venezuela 9 8 10 27
3  EUA 9 5 12 26
4  Cuba 7 4 10 21
5  República Dominicana 7 8 4 19
6  Argentina 5 3 5 13
7  Equador 3 0 6 9
8  Canadá 2 4 10 16
9  Antilhas Holandesas 2 0 3 5
10  Guatemala 2 0 2 4
11  México 1 6 10 17
12  Peru 1 6 6 13
13  Colômbia 1 3 2 6
14  Chile 1 2 8 11
15  El Salvador 0 1 2 3
16  Uruguai 0 0 2 2
17  Paraguai 0 0 1 1
 Porto Rico 0 0 1 1