Siga o OTD

200m costas masculino

200m costas masculino – Natação – Jogos Olímpicos Tóquio 2020 

 

Recordes dos 100m costas masculino

Recorde mundial: 1m51s92 – Aaron Peirsol (USA) – Roma (ITA) – 31/07/2009
Recorde olímpico: 1m53s41 – Tyler Clary (USA) – Londres (GBR) – 02/08/2012
Recorde Brasileiro: 1m57s00 – Leonardo de Deus – Rio de Janeiro (BRA) – 10/08/2016

Chances do Brasil nos 200m costas masculino nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

O Brasil não terá representantes nesta prova em Tóquio-2020.

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para os Jogos

O Brasil nos 200m costas masculino dos Jogos Olímpicos

Rogério Romero Natação
Rogério Romero larga nos 200m costas de Sydney-2000. Ele participou de cinco Olimpíadas (Instagram/Rogerio Romero)

O Brasil já foi representado em 12 edições olímpicas nos 200m costas masculino, sendo o melhor resultado de um brasileiro o quarto lugar de Ricardo Prado em Los Angeles-84 com 2m03s05, apenas 0s68 atrás do canadense Cameron Henning bronze com 2m02s37. Pradinho fez história em Los Angeles com a prata nos 400 m medley.

Apesar do melhor resultado brasileiro na prova ser de Ricardo Prado, o atleta mais celebrado na história dos 200m costas masculino do Brasil é sem dúvidas Rogério Romero. O atleta paranaense participou de Seul-1988, Barcelona-1992, Atlanta-1996, Sydney-2000 e Atenas-2004, completando cinco participações olímpicas, feito que nenhum outro nadador brasileiro conseguiu até os dias de hoje. Mais do que isso, Romero foi finalista olímpico em Seul (8º lugar) e em Sydney (7º lugar).

Quando não foi para a final, chegou pelo menos as semifinais conquistando ainda o 10º lugar em Barcelona, 15º em Atlanta e 14º em Atenas.

Além de Prado e Romero outros três brasileiros avançaram além das eliminatórias na prova em Olímpiadas. Djan Madruga foi 12º em Los Angeles-1984, Leonardo Costa foi 15º em Sydney-2000 e Leonardo de Deus ficou em 13º lugar em Londres-2012 e Rio-2016. Rômulo Arantes em Munique-1972, Montreal-1976 e Moscou-1980, Wladimir Ribeiro em Seul-1988 e Lucas Sallatta em Pequim-2008 fecham a lista de brasileiros olímpicos nesta prova.

Favoritos do 200m costas masculino nos Jogos de Tóquio-2020

O cenário dos 200m costas masculino para Tóquio-2020 é bem similar ao apresentado ao mundo nos Jogos Rio-2016. O americano Ryan Murphy, ouro, o australiano Mitch Larkin, prata, e o russo Evgeny Rylov, bronze, brilharam há quatro anos nas piscinas cariocas e devem fazer o mesmo nas piscinas japonesas, mas desta vez com leve favoritismo para o russo.

Rylov é o atual bicampeão mundial (2017 e 2019) e vive a melhor fase de sua carreira. Entre as temporadas que conquistou dois títulos mundiais ainda marcou 1m53s36 para ser campeão europeu em 2018, a quinta melhor marca de todos os tempos. É o nadador mais regular, com cinco marcas na casa dos 1m53, número mágico que tem garantido medalhas nas principais competições. Tem enorme favoritismo para quebrar o domínio americano que vem desde Atlanta-96.

Ryan Murphy Natação
Ryan Murphy é favorito para conquistar o bicampeonato olímpico nos 200m costas em Tóquio (Reprodução)

Domínio esse que Ryan Murphy é o principal candidato americano a manter. Depois do título olímpico no Rio, Ryan foi duas vezes vice mundial perdendo para Rylov , sempre cerca de meio segundo atrás, o que para uma prova de 200 m não é tão absurdo assim. Caso vença no Rio, se tornará o segundo homem a ser bicampeão olímpico na prova, igualando Roland Matthes da Alemanha Oriental, campeão na Cidade do México-68 e em Munique-72. Ryan deve formar a dupla americana com Jacob Pebley, finalista olímpico e mundial que busca sua primeira medalha de alto nível.

Mitch Larkin é o terceiro nome, mas ao contrário dos adversários não vive sua melhor fase na prova. Possui a quarta melhor marca de todos os tempos, 1m53s17 feitos em 2015, ano que teve seu auge como campeão mundial. Não chegou as finais dos últimos dois mundiais, mas é um atleta respeitadíssimo no cenário internacional. Fez 1m55s03 em 2019, marca que lhe daria o bronze no mundial.

O principal candidato a impedir que o trio suba novamente junto no pódio olímpico é o chinês Xu Jiayu, favoritíssimo nos 100m costas, mas que também nada muito bem os 200m. Prata em Londres-2012, Ryosuke Irie é a principal estrela da casa no nado costas, sendo cogitado também a uma medalha para a equipe japonesa. Luke Greenbank, da Grã-Bretanha, foi medalhista de bronze no Mundial de 2019. Completam a lista de favoritos o japonês Keita Sunama, o polonês Radosław Kawęcki e o russo Kliment Kolesnikov.

Histórico dos 200m costas masculino nos Jogos Olímpicos

Os 200m costas masculino apareceram pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Paris-1900, com Ernst Hoppenberg, da Alemanha, se tornando o primeiro campeão olímpico da história da prova. O evento ficou de fora dos Jogos de 1904 a 1960, retornando em Tóquio-1964 para não sair mais.

Os americanos são os maiores campeões, com nove títulos, sendo seis deles conquistados justamente nas últimas seis edições. O país não perde a prova desde Barcelona-1992. No retorno ao programa olímpico o pódio de Tóquio-1964, a vitória ficou com o americano Jed Graef.

O único bicampeão olímpico da prova, entretanto, não é americano, mas alemão oriental. Roland Matthes venceu na Cidade do México-1968 e em Munique-1972. Em Montreal-1976, o americano John Naber levou o ouro e se tornou o primeiro homem a quebrar a barreira dos dois minutos na distância, com 1m59s19 para vencer a prova.

Tyler Clary Natação
Ainda recordista olímpico dos 200m costas, o americano Tyler Clary ficou com o ouro em Londres-2012 (Reprodução)

Em Moscou-1980, a prova foi vencida pelo húngaro Sándor Wladár, mas em Los Angeles-1984 os americanos voltaram ao topo do pódio, com a vitória de Rick Carey. Os soviéticos, por fim, levaram o ouro em Seul-1988 com Igor Polyansky.

A última derrota americana nos 200m costas foi em Barcelona-1992, graças ao triunfo do espanhol Martin López-Zubero, o primeiro ouro do país na história da natação. A partir daí, só deu Estados Unidos. Os americanos ficaram com o ouro em Atlanta-1996, com Brad Bridgewater; Lenny Krayzelburg, em Sydney-2000; Aaron Peirsol, em Atenas-2004; Ryan Lochte, em Pequim-2008; Tyler Clary, em Londres-2012; e Ryan Murphy, no Rio-2016.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Os medalhistas dos 200m costas masculino nos Jogos Olímpicos

JogosOuroPrataBronze
Paris 1900Ernst Hoppenberg (GER)Karl Ruberl (AUT)Johannes Drost (NED)
Tóquio 1964Jed Graef (USA)Gary Dilley (USA)Bob Bennett (USA)
Cidade do México 1968Roland Matthes (GDR)Mitch Ivey (USA)Jack Horsley (USA)
Munique 1972Roland Matthes (GDR)Mike Stamm (USA)Mitch Ivey (USA)
Montreal 1976John Naber (USA)Peter Rocca (USA)Dan Harrigan (USA)
Moscou 1980Sándor Wladár (HUN)Zoltán Verrasztó (HUN)Mark Kerry (AUS)
Los Angeles 1984Rick Carey (USA)Frédéric Delcourt (FRA)Cam Henning (CAN)
Seul 1988Igor Polyansky (URS)Frank Baltrusch (GDR)Paul Kingsman (NZL)
Barcelona 1992Martín López-Zubero (ESP)Vladimir Selkov (EUN)Stefano Battistelli (ITA)
Atenas 1996Brad Bridgewater (USA)Tripp Schwenk (USA)Emanuele Merisi (ITA)
Sydney 2000Lenny Krayzelburg (USA)Aaron Peirsol (USA)Matt Welsh (AUS)
Atenas 2004Aaron Peirsol (USA)Markus Rogan (AUT)Răzvan Florea (ROU)
Pequim 2008Ryan Lochte (USA)Aaron Peirsol (USA)Arkady Vyatchanin (RUS)
Londres 2012Tyler Clary (USA)Ryosuke Irie (JPN)Ryan Lochte (USA)
Rio 2016Ryan Murphy (USA)Mitch Larkin (AUS)Yevgeny Rylov (RUS)

Quadro de medalhas dos 200m costas masculino nos Jogos Olímpicos

PaísOuroPrataBronzeTotal
Estados Unidos97521
Alemanha Oriental2103
Hungria1102
Alemanha1001
União Soviética1001
Espanha1001
Áustria0202
Austrália0123
França0101
Japão0101
Equipe Unificada0101
Itália0022
Rússia0022
Canadá0011
Holanda0011
Nova Zelândia0011
Romênia0011