Siga o OTD

CCE por equipes

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Hipismo – CCE por equipes

Chances do Brasil

Ruy Fonseca em ação

Em Toronto 2015, o Brasil voltou de terras canadenses com a medalha de prata no concurso completo de equitação por equipes. Com a base do time mantida para as competições no Peru, a tendência é de que o país mantenha o retrospecto positivo. Marcelo Tosi, Márcio Appel e Rafael Mamprin Losano formam a Seleção Brasileira na categoria, além dos remanescentes Ruy Fonseca e Carlos Parro.

Local da competição

Escola de Equitação do Exército

Local: La Molina, Lima

A estrela dos Jogos

Além da manutenção da liderança do quadro de medalhas do CCE por equipes, os Estados Unidos são os atuais tricampeões consecutivos dos Jogos Pan-Americanos. Phillip Dutton fez parte de duas delegações vitoriosas e faturou o ouro no Rio de Janeiro 2007 e em Toronto 2015. Hoje com 55 anos de idade, o atleta nascido na Austrália registra três medalhas olímpicas na carreira, com direito a um bicampeonato.

Nossos pódios

Ruy Fonseca, Caca Paro, Marcio Jorge e Henrique Pinheiro levaram a prata em Toronto 2015

Desde Buenos Aires 1951, o Brasil já levou cinco medalhas para casa no CCE por equipes, sendo uma de ouro, duas de prata e duas de bronze. No entanto, os resultados expressivos começaram a aparecer após a conquista do título em Mar del Plata 1995. De lá para cá, o país não deixou de frequentar o pódio, sendo vice-campeão em Winnipeg 1999 e em Toronto 2015, além dos terceiros lugares no Rio de Janeiro 2007 e em Guadalajara 2011. Com os resultados, os brasileiros ocupam a terceira melhor campanha na história da categoria nos Jogos Pan-Americanos.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1951 Flag of Argentina.svg Argentina Flag of Chile.png Chile
1955 Flag of Mexico.svg México
1959 Flag of Canada.svg Canadá Flag of the United States.svg EUA
1963 Flag of the United States.svg EUA
1967 Flag of the United States.svg EUA
1971 Flag of Canada.svg Canadá
1975 Flag of the United States.svg EUA Flag of Canada.svg Canadá Flag of Mexico.svg México
1987 Flag of the United States.svg EUA Flag of Canada.svg Canadá Flag of Chile.png Chile
1995 Flag of Brazil.svg Brasil Flag of the United States.svg EUA
1999 Flag of the United States.svg EUA Flag of Brazil.svg Brasil Flag of Uruguay.svg Uruguai
2003 Resultados não incluídos oficialmente
2007 Flag of the United States.svg EUA Flag of Canada.svg Canadá Flag of Brazil.svg Brasil
2011 Flag of the United States.svg EUA Flag of Canada.svg Canadá Flag of Brazil.svg Brasil
2015 Flag of the United States.svg EUA Flag of Brazil.svg Brasil Flag of Canada.svg Canadá

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Flag of the United States.svg EUA 8 2 0 10
2 Flag of Canada.svg Canadá 2 4 1 7
3 Flag of Brazil.svg Brasil 1 2 2 5
4 Flag of Mexico.svg México 1 0 1 2
5 Flag of Argentina.svg Argentina 1 0 0 1
6 Flag of Chile.png Chile 0 1 1 2
7 Flag of Uruguay.svg Uruguai 0 0 1 1

A prova

Também chamado de prova dos três dias, o concurso completo de equitação (CCE), nada mais é do que um torneio combinado. Além das provas de saltos e do adestramento, os cavaleiros participam de uma outra disputa de cross country, que simula uma cavalgada em ambiente natural e inclui saltos de obstáculos naturais (como tronco, cerca viva, tanque de água), subida e descida de rampas.

O CCE é realizado em três dias, por isto também é chamada de prova dos três dias. No primeiro dia, na prova de adestramento, o conjunto se apresenta aos juizes em um picadeiro, sem obstáculos, fazendo uma sequência de movimentos obrigatórios. A pontuação obtida é transformada em pontos negativos para as próximas fases.

No segundo dia é realizada uma prova de fundo, que é a etapa mais importante. Ela é dividida em percursos e caminhos, steeplechase (corrida de obstáculos) e cross-country (obstáculos naturais). No terceiro e último dia, que conta com a prova de saltos, cavaleiro e cavalo devem superar dez obstáculos semelhantes àqueles utilizados na tradicional prova de saltos. O campeão do CCE é o cavaleiro que somar o menor número de pontos negativos ao longo das três etapas da prova.

AGENDA DO DIA

set 18 00:30 Copa do Mundo de vôlei feminino Rússia Coreia do Sul set 18 02:00 Mundial de Wrestling Feminino – 57kg – Eliminatórias Giulia Penalber (BRA) set 18 02:00 Mundial de Wrestling Feminino – 76kg – Eliminatórias Aline Silva (BRA) set 18 02:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Estados Unidos Holanda set 18 03:00 Copa do Mundo de vôlei feminino China República Dominicana set 18 05:16 Mundial de Ginástica Rítmica Qualificação – Fita Bárbara Domingos set 18 05:22 Mundial de Ginástica Rítmica Qualificação – Fita Natália Gaudio set 18 06:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Quênia Brasil set 18 07:00 Mundial de Boxe Hebert Sousa (BRA) A definir set 18 07:00 Mundial de Boxe A definir Wanderson Oliveira (BRA) set 18 07:20 Copa do Mundo de vôlei feminino Camarões Japão set 18 07:45 Mundial de Wrestling Feminino – 76kg – Semifinais set 18 07:45 Mundial de Wrestling Feminino – 57kg – Semifinais set 18 09:00 Mundial de Wrestling Feminino – 50kg – Finais set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Cruzeiro Internacional set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Coritiba Vasco set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Santos Grêmio set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Botafogo Chapecoense set 18 15:00 Brasileiro Sub-20 de futebol Corinthians Athletico set 18 15:00 Copa do Brasil Sub-17 - Semifinal Fluminense Palmeiras set 18 16:00 Copa do Brasil Sub-17 - Semifinal Vasco São Paulo set 18 19:00 Paulista de Futebol Feminino - Semifinal Ferroviária Corinthians set 18 19:30 Campeonato Paulista de basquete masculino - Oitavas de final Paulistano Liga Sorocabana set 18 20:00 Campeonato Paulista de basquete masculino - Oitavas de final Pinheiros Rio Claro set 18 23:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Holanda Sérvia