Siga o OTD

Kata equipe masculina

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Caratê – Kata equipe masculina

Chances do Brasil

Guilherme Silva (esq.), Lucas Silva (centro) e Victor Mota (dir.)

A equipe masculina brasileira não sofreu alterações em relação ao grupo que obteve a vaga para o torneio. Victor Mota (24 anos), Guilherme Silva (27 anos) e Lucas Santos (19 anos) representarão o país. Em março, o time assegurou boa campanha no qualificatório do Panamá e carimbou o passaporte para Lima. Conhecendo os adversários que terão pela frente, os jovens caratecas do Brasil devem brigar por um lugar entre os três melhores da categoria nos Jogos Pan-Americanos.

Além de Peru e Brasil, Argentina, Colômbia, México e Nicarágua completam as disputas das equipes masculinas de kata.

Local da competição

Polideportivo Villa El Salvador

Local: Lima

Capacidade: 6.100 torcedores

O esporte

Além do kumite, o caratê também conta com o kata como categoria. Nesta disputa, o lutador pratica os movimentos sozinho, algo semelhante a uma coreografia. As situações são realizadas sob circunstâncias de luta ou combate com um adversário imaginário, obtendo-se, dessa maneira, um melhor aperfeiçoamento das técnicas básicas, condicionamento físico e mental. Os juízes avaliam a performance e a qualidade da apresentação para julgar o resultado.

viagra