Siga o OTD

Diego Carlos Santos Silva

Diego Carlos – futebol masculino – Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento: Barra Bonita/SP
Idade: 28 anos (15/03/1993)
Altura: 1,85m
Clube: Sevilla/ESP

Diego Carlos Santos Silva, mais conhecido como Diego Carlos, é zagueiro do Sevilla, da Espanha, e representará a seleção brasileira de futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

+ CONFIRA TUDO SOBRE O FUTEBOL NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020

Deixou o país sem nunca ter atuado no Brasil

Diego Carlos é um daqueles exemplos de jogadores que nunca atuaram no país profissionalmente, buscando novas oportunidades no futebol do exterior. O defensor começou a carreira no Desportivo Brasil, clube que estava na quarta divisão do Paulistão. As suas qualidades foram reconhecidas pelo São Paulo, que apostou no jogador e o trouxe para as divisões de base.

Emprestado em janeiro de 2013, rapidamente se destacou e passou a ser uma das referências do time sub-20, disputando o estadual da categoria e a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mais tarde, em maio, chegou a ser promovido ao elenco de cima, mas não conseguiu entrar em campo. Em duas partidas, foi apenas relacionado e fez parte do banco de reservas.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

No ano seguinte, percebendo o recheado grupo tricolor naquele momento, recebeu proposta e decidiu partir para Portugal em busca de mais minutos e oportunidades. Vivendo em grandes centros, foi a partir daí que o seu caminho começou a mudar e deslanchar.

Trajetória de sucesso na Europa

Diego fechou com o Estoril em definitivo na temporada 2014/15, sendo prontamente cedido ao Porto B para adquirir experiência. Afinal, era uma mudança drástica para um zagueiro com poucas chances entre os profissionais. Com evolução e bagagem, retornou ao primeiro destino. E lá se cresceu ainda mais.

As boas atuações chamaram a atenção do Nantes, da França, que disputa a Ligue 1. Foram três temporadas morando na cidade a cerca de 385km de distância de Paris. O desempenho novamente foi revelante, valorizando o seu passe e aumentando o interesse de clubes de outras ligas importantes da Europa.

+ CONFIRA TUDO SOBRE AS PARTIDAS DA SELEÇÃO MASCULINA NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020

Diego Carlos - futebol masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Aos 28 anos, zagueiro já foi campeão da Liga Europa pelo Sevilla com direito a gol de bicicleta na final. (Foto: Instagram/d.carlos03)

O paulista defende as cores do Sevilla, da Espanha, desde 2019/20. Ano que ficou marcado na carreira do atleta. Com direito a gol decisivo de bicicleta na grande final, foi um dos principais responsáveis pelo título naquela edição da Liga Europa, diante da Internazionale, na vitória por 3 a 2. Diego Carlos assegurou um lugar no time titular e virou homem de confiança no grupo, passando a ser observado de perto pela comissão técnica da seleção brasileira.

A primeira vez na seleção e a surpresa com convocação olímpica

A ótima fase no futebol espanhol estava no radar de Tite, técnico da equipe principal do Brasil. Na reta final de 2020, o zagueiro de 28 anos viu o seu nome na lista de convocados para os confrontos diante de Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Mesmo sem pisar no gramado, comemorou e valorizou a chance recebida.

Às vésperas dos Jogos Olímpicos de Tóquio, um momento inesperado. Diego Carlos foi pego de surpresa enquanto acompanhava a convocação de André Jardine. Sem imaginar que seria chamado, figurou entre os escolhidos do treinador para representar o Brasil no Japão como um dos atletas acima do limite de 24 anos de idade.

Em 2021

O defensor apresenta bastante regularidade no Sevilla. Recebe uma sequência grande de jogos. Durante a última temporada, foram 46, com direito a um gol marcado. Ajudou o clube a ficar em 4º lugar no Campeonato Espanhol, confirmando uma vaga na fase de grupos da Champions League. Na Copa do Rei, avançou até as semifinais.

Diego Carlos - futebol masculino - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Um dos jogadores acima do limite de idade, Diego Carlos atuou e deixou o dele na goleada sobre os Emirados Árabes, no último teste da seleção olímpica. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Pela seleção olímpica, foi titular e balançou as redes no último teste antes da Olimpíada, na goleada por 5 a 2 sobre os Emirados Árabes, na Sérvia. A tendência é que Diego esteja entre os onze iniciais no início da competição, com a estreia marcada para o próximo dia 22 de julho, às 08h30 (de Brasília), contra a Alemanha.