Siga o OTD

Arremesso de disco masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Atletismo – arremesso de disco masculino

Chances do Brasil

O Brasil não terá representantes no arremesso de peso masculino nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019.

Local da competição

Estádio Atlético Pan-Americano

Local: Lima

Capacidade: 12.000 torcedores

A estrela dos Jogos

O maior nome da história dos Jogos Pan-Americanos no arremesso de disco masculino é o cubano Luis Delís, ganhador de três medalhas, duas de ouro e uma de bronze. A primeira foi em San Juan 1979, quando ele terminou em terceiro lugar. Nas duas edições posteriores, ele subiu no lugar mais alto do pódio: Caracas 1983 e Indianápolis 1987.

Além das conquistas pan-americanos, Luis Delís foi bronze na Olimpíada de Moscou 1980 e conquistou duas medalhas em mundiais: prata em 1983 e bronze em 1987.

Nossos pódios

Em toda a história dos Jogos Pan-Americanos, o Brasil só conquistou duas medalhas no arremesso de disco masculino, ambas com Ronald Julião. A primeira foi o bronze em Guadalajara 2011 e a segunda foi a prata em Toronto 2015, quando apenas 15 centímetros lhe tiraram a medalha de ouro, que foi conquistada pelo jamaicano Fredrick Draces.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro MARCA Medalha de prata MARCA Medalha de bronze MARCA
1951 Jim Fuchs
EUA
48.91m Dick Doyle
EUA
47.28m Elvio Porta
Argentina
44.93m
1955 Fortune Gordien
EUA
53.10m Parry O’Brien
EUA
51.07m Hernán Haddad
Chile
47.14m
1959 Al Oerter
EUA
58.12m Dick Cochran
EUA
54.44m Parry O’Brien
EUA
51.84m
1963 Bob Humphreys
EUA
57.82m Dave Davis
EUA
51.05m Ben Rebel Bout
  Antilhas Holandesas
49.78m
1967 Gary Carlsen
EUA
57.50m Rink Babka
EUA
56.88m George Puce
Canadá
56.20m
1971 Dick Drescher
EUA
62.26m Tim Vollmer
EUA
61.06m Ain Roost
Canadá
58.06m
1975 John Powell
EUA
62.36m Julián Morrinson
Cuba Cuba
59.88m Jay Silvester
EUA
59.82m
1979 Mac Wilkins
EUA
63.30m Bradley Cooper
 Bahamas
62.16m Luis Delís
Cuba Cuba
61.70m
1983 Luis Delís
Cuba Cuba
67.32m Bradley Cooper
 Bahamas
62.38m Juan Martínez
Cuba Cuba
62.04m
1987 Luis Delís
Cuba Cuba
67.14m Bradley Cooper
 Bahamas
64.56m Randy Heisler
EUA
62.76m
1991 Anthony Washington
EUA
65.04m Roberto Moya
Cuba Cuba
63.92m Juan Martínez
Cuba Cuba
63.52m
1995 Roberto Moya
Cuba Cuba
63,58m Alexis Elizalde
Cuba Cuba
62,00m Randy Heisler
EUA
60,12m
1999 Anthony Washington
EUA
64,25m Alexis Elizalde
Cuba Cuba
61,99m Jason Tunks
Canadá
61,75m
2003 Jason Tunks
Canadá
63,70m Frank Casañas
Cuba Cuba
62,61m Loy Martínez
Cuba Cuba
61,36m
2007 Michael Robertson
EUA
59,24m Adam Kuehl
EUA
57,50m Dariusz Slowik
Canadá
57,37m
2011 Jorge Fernández
Cuba Cuba
65,58m Jarred Rome
EUA
61,71m Ronald Julião
Brasil
61,70m
2015 Fedrick Dacres
Jamaica
64.80m Ronald Julião
Brasil
64.65m Russ Winger
EUA
62.64m

Quadro de Medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  EUA 11 8 5 24
2  Cuba 4 5 4 13
3  Canadá 1 0 4 5
4  Jamaica 1 0 0 1
5  Bahamas 0 3 0 3
6  Brasil 0 1 1 2
7  Antilhas Holandesas 0 0 1 1
 Argentina 0 0 1 1
 Chile 0 0 1 1

A prova

Lançamento de disco é uma modalidade esportiva olímpica do atletismo. O objetivo da prova consiste em lançar um disco de metal à maior distância possível, superando os demais competidores. Assim como o lançamento de martelo e o lançamento de dardo, esses esportes são chamados oficialmente de lançamento. Somente o arremesso de peso é chamado de arremesso, devido ao fato do peso ser empurrado e os demais serem projetados com características diferentes.

O disco usado é um prato de metal com a forma de um círculo com o diâmetro de 22 cm. Na prova masculina, o disco mede entre 219 e 221 mm de diâmetro e de 44 a 46 mm de espessura e pesa 2 kg. Na modalidade feminina, mede entre 180 e 182 mm de diâmetro e de 37 a 39 mm de espessura, pesando 1 kg. O lançamento é feito de dentro de um círculo de 2,5 m de diâmetro no chão, margeado por um anteparo de concreto de 2 cm de altura. O atleta segura o disco plano contra os dedos da mão e o antebraço do lado do lançamento, gira sobre si mesmo rapidamente e lança o disco ao ar estendendo o braço. Para melhorar a pegada é permitido o uso de uma substância adequada nas mãos e pode ser usado um cinturão para proteger a coluna.

Para a medição da distância lançada, o disco precisa aterrar dentro de uma área pré-marcada e o atleta não pode deixar o círculo antes do disco cair, e sempre pela metade traseira do círculo. Caso pise fora dele durante o lançamento ou antes do disco tocar o solo, o lançamento é impugnado. Normalmente os atletas dão uma volta e meia com o corpo como impulso e em cada competição são feitos entre quatro e seis lançamentos. No caso de empate, o desempate é feito pela segunda maior marca e assim sucessivamente.

AGENDA DO DIA

jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Stephany Saraiva jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Priscila Oliveira jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Maria Ieda Guimarães jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Isabela Abreu jan 29 06:20 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Bruna Takahashi (BRA) Zhu Chengzhu (HKG) jan 29 08:50 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Zhang Kai (EUA) Vitor Ishiy (BRA) jan 29 11:00 ITF de Weston Wilson Leite (BRA) Nicolas Mejia (COL) jan 29 11:10 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Eric Jouti (BRA)/Thiago Monteiro (BRA) Timo Boll (ALE)/Ricardo Walther (ALE) jan 29 11:10 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Vitor Ishiy (BRA)/Gustavo Tsuboi (BRA) Martin Allegro (BEL)/Florent Lambiet (BEL) jan 29 12:00 Challenger de Punta del Este Felipe Meligeni (BRA) Gianluca Mager (ITA) jan 29 12:00 Challenger de Punta del Este Francisco Cerundolo (ARG) Orlando Luz (BRA) jan 29 12:00 ITF de Cancún José Pereira (BRA) Jesse Witten (EUA) jan 29 12:15 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Aleksandar Karakasevic (SER)/Izabela Lupulescu (SER) Vitor Ishiy (BRA)/Bruna Takahashi (BRA) jan 29 12:30 ITF de Weston Alan Kohen (ARG) Daniel Dutra Silva (BRA) jan 29 13:00 Campeonato Romeno de handebol masculino Potaissa Turda (ROM) Drobrogea Sud (ROM) jan 29 13:30 Challenger de Punta del Este Hernan Casanova (ARG) Thiago Wild (BRA) jan 29 13:30 Campeonato Russo de handebol feminino Rostov-Don (RUS) Kuban (RUS) jan 29 14:00 ITF de Cancún Lucas Obeid (BRA) Mark Whitehouse (GBR) jan 29 15:30 ITF de Cancún Ivar Contreras (MEX)/Dominik Palan (TCH) Mateus Alves (BRA)/Ignacio Carou (URU) jan 29 16:00 Champions League de basquete masculino Hapoel Jerusalém (ISR) San Pablo Burgos (ESP) jan 29 16:30 Copa da Itália de vôlei feminino Novara (ITA) Team Monza (ITA) jan 29 17:00 Challenger de Punta del Este Pedro Cachin (ARG)/Carlos Gomez-Herrera (ESP) Felipe Meligeni (BRA)/Diego Hidalgo (EQU) jan 29 17:30 Challenger de Punta del Este Tomas Etcheverry (ARG)/Renzo Olivo (ARG) Pedro Sakamoto (BRA)/Geoffrey Blancaneaux (FRA) jan 29 18:00 WTA de Newport Beach Anna Danilina (KAZ)/Ingrid Neel (EUA) Laura Pigossi (BRA)/Rosalie Van der Hoek (HOL) jan 29 18:00 WTA de Newport Beach Luisa Stefani (BRA)/Hayley Carter (EUA) Sharon Fichman (CAN)/Shelby Rogers (EUA) jan 29 18:00 Challenger de Newport Beach Fernando Romboli (BRA)/Denis Istomin (UZB) Jamie Cerretani (EUA)/Maxime Cressy (EUA) jan 29 18:00 Libertadores de vôlei masculino - Primeira Fase Obras de San Juan Minas Tênis Clube jan 29 19:00 NBB Bauru Basquete Rio Claro jan 29 19:00 Challenger de Punta del Este Orlando Luz (BRA)/Rafael Matos (BRA) Guilherme Clezar (BRA)/Fabricio Neis (BRA) jan 29 20:00 NBB Mogi das Cruzes Franca Basquete jan 29 21:00 NBA Indiana Pacers Chicago Bulls jan 29 21:00 Libertadores de vôlei masculino - Primeira Fase Sesi Ciudad Voley (ARG) jan 29 21:00 Challenger de Punta del Este Mariano Kestelboim (ARG) Thiago Monteiro (BRA) jan 29 21:30 NBA New York Knicks Memphis Grizzlies jan 29 23:00 NCAA - Basquete feminino universitário Kansas Kansas State