Siga o OTD

Levantamento de peso

Disputas do levantamento de peso nos Jogos Olímpicos de Tóquio:

Feminino

49kg
55kg
59kg
64kg
76kg
87kg
+87kg

Masculino

61kg
67kg
73kg
81kg
96kg
109kg
+109kg

CALENDÁRIO

DataProvaHorário/Resultado
49 kg feminino – Grupo B x Natasha Rosa
49 kg feminino – Grupo A x
61 kg masculino – Grupo B x
67 kg masculino – Grupo B x
61 kg masculino – Grupo A x
67 kg masculino – Grupo A x
55 kg feminino – Grupo B x
55 kg feminino – Grupo A x
59 kg feminino – Grupo B x
64 kg feminino – Grupo B x
59 kg feminino – Grupo A x
64 kg feminino – Grupo A x
73 kg masculino – Grupo B x
73 kg masculino – Grupo A x
81 kg masculino – Grupo B x
96 kg masculino – Grupo B x
81 kg masculino – Grupo A x
96 kg masculino – Grupo A x
76 kg feminino – Grupo B x
76 kg feminino – Grupo A x
87 kg feminino – Grupo B x Jaqueline Ferreira
Acima de 87 kg feminino – Grupo B x
87 kg feminino – Grupo A x
Acima de 87 kg feminino – Grupo A x
109 kg masculino – Grupo B x
109 kg masculino – Grupo A x
Acima de 109 kg masculino – Grupo B x
Acima de 109 kg masculino – Grupo A x

Local da competição

As mulheres e homens mais fortes da Olimpíada de Tóquio 2020 vão passar pelo Tokyo International Forum, local em que será realizada a disputa do levantamento de peso. O espaço é um centro de exposições multifuncional composto por oito salões principais de vários tamanhos, espaços de exposição e outras instalações.

Tokyo International Forum também será usado na paralimpíada de Tóquio, também para a competição de levantamento de peso.

Tokyo International Forum jogos olímpicos tóquio
Tokyo International Forum, a casa do levantamento de peso em Tóquio 2020 (Reprodução/olympics.com)

+ Veja a lista dos brasileiros classificados para a Olimpíada

O Brasil no levantamento de peso dos Jogos Olímpicos

As primeiras competições de levantamento no Brasil datam de 1910, mas o país só estreou na modalidade em Helsinque-1952. Na ocasião, Silvino Robin terminou no 16º lugar no meio-médio e Bruno Barabani foi o 14º colocado no meio-pesado.

Inclusive, Bruno Barabani é o recordista brasileiro com três participações olímpicas (1952, 1956 e 1960). Fernando Reis iria igualar essa marca Tóquio-2020, mas ele foi pego no doping e cortado dos Jogos Olímpicos.

No feminino, que estreou em Jogos Olímpicos somente na Olimpíada de Sydney-2000, o Brasil só teve três representantes. A pioneira foi Maria Elisabete Jorge, que competiu na categoria peso-mosca, e foi nona colocada na estreia do levantamento de peso.

Mas depois, o Brasil ficou duas edições de fora da disputa feminina. Jaqueline Ferreira foi a representante brasileira em Londres-2012, quando terminou no 5º lugar no peso pesado. Rosane Santos foi a única brasileira na Rio-2016, competiu no peso-pena e acabou no 5º lugar.

Grandes nomes do levantamento de peso nos Jogos Olímpicos

Apesar do domínio da União Soviética e, mais recentemente, da China no quadro de medalhas, Turquia e Grécia são os únicos países com tricampeões olímpicos. Os gregos Pyrros Dimas e Kakhi Kakhiasvilis e os turcos Naim Suleymanoglu e Halil Mutlu estão imortalizados com três títulos cada.

No levantamento de peso feminino, as chinesas Chen Yanging e Liu Chunhong são as únicas bicampeãs.

Em números de participações olímpicas, os destaques ficam com o húngaro Imre Földi e os alemães Ronnie Weller e Ingo Steinhöfel, que representaram seus respectivos países em cinco edições cada.

Liu Chunhong levantamento de peso jogos olímpicos tóquio
Liu Chunhong, bicampeã olímpica (Twitter/SaraJarlous)

Quadro de medalhas do levantamento de peso nos Jogos Olímpicos

PaísOuroPrataBronzeTotal
União Soviética3921262
China3115854
Estados Unidos16161244
Bulgária1217837
Irã95519
França93315
Turquia81211
Alemanha67720
Polônia662234
Grécia65415
Coreia do Norte58417
Itália54514
Equipe Unificada5409
Egito53614
Tailândia52714
Rússia47617
Coreia do Sul36615
Áustria3429
Taipei3238
Tchecoslováquia3238
Hungria29920
Romênia26311
Japão23914
Cazaquistão23510
Colômbia2338
Alemanha Ocidental2237
Cuba2158
Georgia2125
Ucrânia2125
Alemanha Oriental14611
Bielorrússia1438
Estônia1337
Grã-Bretanha1337
Bélgica1214
Canadá1214
Dinamarca1203
Austrália1124
Espanha1113
Finlândia1023
México1023
Croácia1012
Uzbequistão1012
Noruega1001
Indonésia06612
Armênia0325
Suíça0224
Trinidad e Tobago0123
Argentina0112
Letônia0112
Nigéria0112
Vietnã0112
Líbano0101
Luxemburgo0101
Filipinas0101
Samoa0101
Singapura0101
Suécia0044
Holanda0033
Camarões0011
Índia0011
Iraque0011
Lituânia0011
Catar0011
Venezuela0011

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O esporte

O levantamento de peso surgiu lá atrás como uma maneira simples de determinar quem era o mais forte. Mas a modalidade que se tornaria olímpica também tinha outros propósitos. Em 1.100 a.C., por exemplo, os chineses utilizavam o levantamento de peso como maneira de selecionar novos soldados para o Exército. Levantar diversos pesos era um pré-requisito para ser aceito.

Embora não tenha entrado como esporte nos Jogos da Grécia Antiga, o levantamento de peso já era praticado à época, principalmente como forma de preparação para outras modalidades. A primeira escola de levantamento de peso, no entanto, só surgiu no século 19, na Áustria. Antes disso, a prática se tornara popular como apresentação de circo na Europa e nos Estados Unidos.

Em 1887, há registros de concursos de levantamento de peso disputados na Áustria. Começaram a surgir federações — as primeiras na França e na Rússia —, e o esporte foi tomando forma. Em 1891, por exemplo, foi disputado o primeiro Campeonato Mundial de levantamento de peso, com a participação de sete atletas de seis países diferentes.

O levantamento de peso entrou no programa olímpico desde o início da era moderna. Em Atenas-1896, a disputa ainda não era dividida entre categorias de peso. Isso ocorreu pela primeira vez nos Jogos da Antuérpia-1920. As mulheres só começaram a competir nas Olimpíadas de Sydney-2000.

Regras

As competições são constituídas de três disciplinas, com dois movimentos-padrão: o arranco e o arremesso. O somatório dos maiores pesos levantados em cada uma das duas provas, determina o total combinado ou total olímpico e quem levantar mais peso, ganha.

Arranco

O arranco é a primeira prova da competição e consiste em levantar a barra do solo até acima da cabeça num movimento sem pausa, sem apoiá-la no corpo.

A barra é colocada horizontalmente em frente das pernas do levantador. É agarrada, com as palmas das mãos para baixo e puxada em um movimento único da plataforma e erguida até a extensão completa de ambos os braços acima da cabeça, enquanto que o levantador se agacha ou dobra as pernas.

Deve, então, ergue-se, estabilizar-se, durante dois segundos, e esperar o sinal de “abaixar” dos árbitros. Os árbitros dão o sinal de “abaixar” a barra logo que o levantador fique imóvel em todas as partes do corpo.

Arremesso

O arremesso é executado em duas partes. Primeiro, a barra é colocada horizontalmente em frente das pernas do levantador. É agarrada, com as palmas das mãos para baixo e levantada até à altura dos ombros, por cima do peito, enquanto que o levantador se agacha ou dobra as pernas; a seguir, reergue-se e alinha-se.

Na segunda parte, usando a força conjunta de braços e pernas, a barra é levantada acima da cabeça, enquanto que faz um movimento em forma de tesoura com as pernas; a seguir deve realinhar as pernas, com braços estendidos, estabilizar-se, durante dois segundos, e esperar o sinal de “abaixar” dos árbitros. Os árbitros dão o sinal de “abaixar” a barra logo que o levantador fique imóvel em todas as partes do corpo.

O estilo desenvolvimento, que foi abolido, também era feito em duas partes: a primeira era como na primeira parte do arremesso, a segunda era realizado apenas com a extensão do braços, somente em força.

Em cada uma das provas os atletas dispõem de três tentativas para levantar a maior carga possível. Para qualquer prova, a utilização de carbonato de magnésio nas mãos, pernas etc., é permitido.