Siga o OTD

Matheus Gonche

Matheus Gonche – natação – 100m borboleta – revezamento 4x100m medley – Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento: Resende/RJ
Idade: 22 anos (05/01/1999)
Altura: 1,73m
Peso: 69kg
Clube: Sesi (SP)
Olimpíada: 0
Pan: 0

Uma das gratas surpresas da Seletiva Nacional de Natação, Matheus Gonche é um jovem nadador que representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na prova dos 100m borboleta e do revezamento 4x100m medley masculino

+ CONFIRA TUDO SOBRE A PROVA DOS 100m BORBOLETA NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO

Por ter vencido os 100m borboleta na Seletiva Nacional, Gonche adquiriu o direito de nadar o estilo no revezamento 4x100m medley masculino. Na prova, terá a companhia de Guilherme Basseto (costas), Felipe Lima (peito) e Pedro Spajari (livre)

Alergias e alegrias

Carioca de Resende, Matheus Gonche começou a nadar cedo. Em 2005, com apenas seis anos de idade, ingressou em uma escolinha de natação. Ainda que estivesse se desenvolvendo nas piscinas, teve de abandoná-las por um tempo pro um problema de alergia. Só voltou a cair na água quatro anos mais tarde, já pelo SESI Resende (representando o Fluminense). 

+ CONFIRA TUDO SOBRE A NATAÇÃO NOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO 2020

Desde cedo, se especializou no estilo borboleta, o mais cansativo dentre todos os quatro. Com fôlego de sobra, foi nove vezes campeão brasileiro nos 200m, pentacampeão de 100m e campeão escolar sul-americano.

Foi evoluindo de forma muito rápida pelo SES Rsende/Fluminense. Na Seletiva Olímpica de 2016, o nadador terminou na quinta colocação dos 200m borboleta. No mesmo ano, no Campeonato Brasileiro Sênior e Open de Natação – Troféu Profº Daltely Guimarães, Matheus conquistou sua primeira medalha em eventos com atletas profissionais. Foi um bronze nos 200 m borboleta com o tempo de 1min59s97. Àquela altura o nadador tinha apenas 18 anos de idade.

Matheus Gonche - 100m borboleta masculino - Olimpíada de Tóquio 2020
Matheus Gonche com a camisa do Fluminense (arquivo pessoal)

No ano seguinte ao olímpico, mudou para o SESI-SP a fim de não deixar escapar a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em abril daquele ano, participou de seu primeiro Campeonato Sul-Americano Juvenil e saiu de lá com cinco medalhas de ouro (três em provas individuais de borboleta e duas no revezamento). Meses depois, já anotava o melhor tempo da sua vida: 01min59s16.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Uma prévia do que vem por aí

O carioca participou em 2017 de duas etapas da Copa do Mundo da FINA: a etapa de Singapura e a etapa de Tóquio, local em que também realizou um intercâmbio com a equipe.

Na cidade que receberá os Jogos Olímpicos, Gonche teve a oportunidade de treinar com a seleção japonesa no Tatsumi International Aquatic Center e de conviver diariamente com medalhistas mundiais. Na etapa do Japão da Copa do Mundo, ele fez o melhor tempo da sua vida nos 50m borboleta (24s68) e nos 200m medley (2min02s77), além de ter feito 1min58s39, nos 200m borboleta.

Matheus Gonche - 4x100m medley - 100m borboleta - Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Nos Jogos Sul Americanos de Cochabama 2018, na Bolívia, ficou em terceiro lugar nos 100m borboleta com o tempo de 54s41. Em 2019, visando sua preparação olímpica, nadou duas etapas da Copa do Mundo de Natação em Kazan e em Doha, onde foi finalista nos 100m e 200m borboleta.

Durante a pandemia, Matheus Gonche ficou cinco meses parado, o que poderia afetar seu desempenho no ano olímpico, em especial na Seletiva Olímpica Nacional de natação, disputada no Rio de Janeiro em abril de 2021. Não foi o que aconteceu.

Em 2021

No Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, o nadador carioca surpreendeu a todos e conseguiu uma inesperada vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O nadador terminou em 1º nos 100m borboleta com 51s94, apenas dois centésimos abaixo do índice. Esse foi o melhor tempo de sua vida. Como foi o vencedor da prova, garantiu o direito de nadar os 100m borboleta no revezamento 4x100m medley.

Nos 200m, 1min57s57, também teve melhor marca pessoal: 1min57s57, mas não conseguiu superar o índice de 1min56s48.

Dois meses depois, sem o peso de ter da seletiva única nas costas, viajou com a seleção brasileira para outro campeonato em 2021. Na Itália, no Torneio Sette Colli, que serviu de treinamento e preparação para Tóquio 2020, não obteve a mesma marca da seletiva e passou com mais de 52s.

RESULTADOS

DataProvaHorário/ResultadoLigaTemporada
100m borboleta masculino – Eliminatórias x Matheus GoncheJogos Olímpicos - Natação2020
50 m borboleta masculino x Matheus GoncheTorneio SetteColli de natação2021
200 m borboleta masculino x Matheus GoncheTorneio SetteColli de natação2021
100 m borboleta masculino x Matheus GoncheTorneio SetteColli de natação2021
200m livre masculino - eliminatórias - Matheus GoncheEtapa de Doha da Copa do Mundo de natação2019
50m borboleta masculino - eliminatórias - Matheus GoncheEtapa de Doha da Copa do Mundo de natação2019
200m borboleta masculino – Final x Matheus GoncheEtapa de Doha da Copa do Mundo de natação2019
200m borboleta masculino - eliminatórias - Matheus GoncheEtapa de Doha da Copa do Mundo de natação2019
100m borboleta masculino – Final x Matheus GoncheEtapa de Doha da Copa do Mundo de natação2019
100m borboleta masculino - eliminatórias - Matheus GoncheEtapa de Doha da Copa do Mundo de natação2019
50m borboleta x Matheus GoncheEtapa de Kazan da Copa do Mundo de natação2019
200m livre x Matheus GoncheEtapa de Kazan da Copa do Mundo de natação2019
200m borboleta x Matheus GoncheEtapa de Kazan da Copa do Mundo de natação2019
100m borboleta x Matheus GoncheEtapa de Kazan da Copa do Mundo de natação2019