Siga o OTD

Miraildes Maciel Mota (Formiga)

Formiga – seleção brasileira de futebol feminino – Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Ficha TécnicaMedalhas
Nascimento:. Salvador/BA
Idade: 43 anos (03/03/1978)
Altura: 1,62m
Clube: São Paulo/SP
Olimpíada: 6 (Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004, Pequim-2008, Londres-2012, Rio-2016)
Pan: 4 (Santo Domingo-2003, Rio-2007, Guadalajara-2011, Toronto-2015)

COPA DO MUNDO
– China-2007
– EUA-1999

OLIMPÍADAS
– Atenas-2004, Pequim-2008

PAN
– Santo Domingo-2003, Rio-2007, Toronto-2015
– Atenas-2004, Guadalajara-2011

Miraildes Maciel Mota, mais conhecida como Formiga, é o maior símbolo da seleção brasileira de futebol feminino. É a atleta brasileira que mais vezes participou das Olimpíadas, ao lado do velejador Robert Scheidt, Nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a medalhista olímpica fará sua sétima e última participação.

+ Tabela, chances do Brasil, favoritos e mais: Saiba TUDO sobre o futebol feminino em Tóquio 2020

Nascida em Salvador, a volante tem uma carreira de recordes e feitos vestindo a camisa do Brasil.  Formiga começou no futebol aos 12 anos, ainda na Bahia. Por ser baixinha e correr pra lá e pra cá, além de jogar de um jeito bastante coletivo e não egoísta e que lembra muito o trabalho que as formigas realizam nas colônias, recebeu o apelido que para sempre viraria nome.

Vendo que levava jeito para o esporte, a jogadora passou a se destacar e chamou a atenção do São Paulo em 1993, o primeiro clube de sua carreira e pelo qual atuou seis anos. Pelo Tricolor e então com 17 anos, recebeu a convocação para defender a seleção brasileira de futebol feminino na primeira Copa do Mundo, realizada na Suécia em 1995.

Saiba mais sobre Formiga, meia do North Carolina Courage que defenderá a seleção brasileira de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Formiga com a camisa do São Paulo (Twitter/São Paulo)

Recordes, recordes e mais recordes…

Desde então, a volante da Seleção Brasileira de futebol feminino esteve presente em todas as edições de Mundiais e Jogos Olímpicos.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK 

Com isso, em 2019, Formiga se transformou na única jogadora de futebol, entre homens e mulheres, a participar de sete edições de Copas do Mundo, tendo defendido o Brasil nas edições de 1995, 1999, 2003, 2007, 2011, 2015 e 2019, e conquistado a medalha de prata em 2007, no Mundial realizado na China, e o bronze no de 1999, nos Estados Unidos.

Saiba mais sobre Formiga, meia do North Carolina Courage que defenderá a seleção brasileira de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Já quando falamos em Jogos Olímpicos, a votante da seleção feminina de futebol também é a recordista. A modalidade faz parte do programa olímpico a partir de 1996, em Atlanta, e a volante esteve presente em todas as edições, realizadas em 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016. Em um terço das participações, Atenas e Pequim, Formiga conquistou a medalha de prata. 

Além dos feitos com a camisa da seleção feminina, Formiga é recordista na Europa. Contratada em 2017 pelo PSG, a volante se tornou, em outubro de 2019, a jogadora mais velha a conseguir marcar um gol em uma partida da UEFA Champions League. O feito foi realizado quando a atleta tinha 41 anos e 227 dias. 

Saiba mais sobre Formiga, meia do North Carolina Courage que defenderá a seleção brasileira de futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Formiga com a camisa do Paris Saint Germain, clube que defendeu de 2017 até 2021 (divulgação/PSG)

Em 2021

Formiga teve uma grande temporada em 2021 pelo Paris Saint Germain. A jogadora foi fundamental na campanha da Champions League de futebol feminino do PSG, que avançou até à semifinal após derrotar o pentacampeão e rival francês Lyon.

A equipe não conseguiu chegar na grande decisão após ser eliminada pelo Barcelona. Formiga jogou os dois jogos como titular absoluta no meio-campo.

Formiga esteve presente com a seleção feminina no Torneio She Believes, disputado em fevereiro, etambém nos dois últimos testes visando a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em junho, o Brasil bateu a Rússia pelo placar de 3 a 0 e na sequência ficou no empate sem gols diante do Canadá.

Em junho, foi anunciada para defender novamente as cores do São Paulo após 21 anos. A experiente jogadora usará a camisa são-paulina até o fim de 2022.

Confira o perfil de TODAS as jogadoras que representarão o Brasil em Tóquio

Goleiras: Bárbara (Avaí/Kindermann), Letícia Izidoro (Benfica-POR) e Aline Reis (Tenerife-ESP)

Defensoras: Poliana (Corinthians), Bruna Benites (Internacional), Rafaelle (Palmeiras), Erika (Corinthians), Tamires (Corinthians), Jucinara (Levante-ESP) E Letícia Santos (Frankfurt-ALE)

Meio-Campistas: Marta (Orlando Pride-EUA), Formiga (São Paulo), Andressinha (Corinthians), Júlia Bianchi (Palmeiras), Duda (São Paulo), Debinha (North Carolina Courage), Adriana (Corinthians) e Andressa Alves (Roma-ITA)

Atacantes: Ludmila (Atlético de Madrid-ESP), Bia Zaneratto (Palmeiras), Geyse (Madrid CFF) e GIovana Queiroz (Barcelona-ESP).

viagra