Siga o OTD

Vôlei

Mercado do vôlei masculino – Superliga – Temporada 2020/2021

Com a ausência no mercado de times como Sesc-RJ e Sesi, destino de muitos brasileiros deve ser o exterior

mercado do vôlei masculino
Lucas Loh, que foi dispensado pelo Sesi, pode voltar a jogar pelo Halkbank, da Turquia (Divulgação)

Mercado do vôlei masculino – Superliga – Temporada 2020/2021

TAUBATÉ – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Bruninho jogava no Lube Civitanova, da Itália, desde 2018, mas trocou o clube pelo Taubaté na primeira grande movimentação do mercado do vôlei masculino. (Foto: Guilherme Cirino)
Bruninho é o principal reforço do Taubaté para a temporada (Foto: Guilherme Cirino)

O Taubaté perdeu seu principal jogador, Lucarelli, para o Trentino, da Itália, e dispensou o marroquino Mohamed, além dos veteranos Lipe e Leandro Vissoto. Por outro lado, investiu pesado em reforços. O maior deles é Bruninho, que jogou as últimas três temporadas na Itália. Além do levantador, a equipe do Vale do Paraíba fechou com Maurício Borges, que estava sem clube com o fim do Sesc, repatriou João Rafael, que estava no Tours, da França, e trouxe Felipe Roque, relevação do Minas, e Gabriel Cândido, destaque do Itapetininga na Superliga. Para fechar, contratou central Bruno Biella e do ponteiro/líbero Yudi. Do elenco do ano passado, garantiu a permanência do líbero Thales, Renan e Rapha, que renovaram, além de Douglas Souza, Lucão, Riad e Maurício Souza, que têm contrato em vigência.

Quem chega: Bruninho (Civitanova), Maurício Borges (Sesc RJ), Felipe Roque (Minas), João Rafael (Tours-FRA), Gabriel Cândido (Itapetininga); Bruno Biella (Ribeirão); Yudi (Uberlândia)

Quem sai: Lucarelli (Trentino), Lipe, Mohamed Al Hachdad (Jastrzebski Wegiel-POL), Leandro Vissoto, Rogerinho, Petrus, Carísio, Matheus; Renan Bonora (Campinas)

Quem fica: Douglas Souza, Lucão, Riad, Maurício Souza, Thales e Rapha

SESI – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Murilo renovou com o Sesi mercado do vôlei masculinoi
Murilo pode ser o único do elenco atual a continuar no clube (Divulgação)

O Sesi vai cortar os investimentos no vôlei, mas não abriu mão de disputar a Superliga. A equipe vai jogar com uma equipe de jovens reforçada por Murilo, que vai para sua 11ª. temporada na equipe, e dirigida agora pelo campeão olímpico Marcelo Negrão, que entra no lugar de Rubinho. Entre os jovens, o ponteiro Alan Michel e Nathan Mota, bronze no Mundial sub-21 em 2019, e Marcos Paulo voltam de empréstimo do Itapetininga. Vinícius Elias e Matheus Procópio, que estavam respectivamente no Juiz de Fora e no São Bernardo, também retornam.

Quem chega: Alan Michel (Itapetininga); Nathan Mota (Itapetininga); Vinícius Elias (Juiz de Fora); Marcos Paulo (Itapetininga); Matheus Procópio (São Bernardo)

Sobem da base: Ryan Azevedo, Marcus Vinícius

Renovaram: Murilo, Leonardo Andrade, Darlan Souza, Caio Nobre, Eric Endres

Quem sai: Alan (Sada Cruzeiro), William (interessa ao Minas), Éder (Berlin Volleys-ALE), Lucas Loh (Cerrad Enea Czarni Radom-POL), Birigüi (Vibo Valentia-ITA), Barreto (Campinas), Fábio (MKS Bedzin), Sidão, Daniel, Alan Patrick, Pureza, Paulo Sérgio

SADA CRUZEIRO – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

alan deixa o Sesi para voltar para o Sada Cruzeiro no mercado do vôlei masculino
Sesi vai voltar ao Sada Cruzeiro, clube que o revelou (Everton Amaro/Fiesp )

O principal reforço do Sada Cruzeiro para a temporada 2020/2021 será o retorno de Alan, que deixou o Sesi após o corte de investimentos na equipe paulista. Além disso, o time mineiro fechou com o cubano Miguel López, destaque do UPCN, da Argentina. Além disso, Fernando Cachopa, Facundo Conte, Rodriguinho, Cledenílson, Isac, Lukinha, Oppenkoski, Otávio e Filipe já acertaram a renovação de seus contratos, enquanto o líbero Lucas Bauer e o levantador Rhendrick voltaram de empréstimo do América. As perdas, por enquanto, foram o canadense Perrin, que vai jogar na Rússia, Luan, que foi para o vôlei francês, e o campeão olímpico Evandro, que anunciou nas redes sociais que vai deixar o time, mas ainda não definiu o destino.

Quem chega: Alan (Sesi), Miguel López (UPCN-ARG), Lucas Bauer (América-MG), Rhendrick (América-MG)

Quem sai: Perrin (Ural Ufa-RUS), Luan (Tourcoing-FRA), Evandro

Quem fica: Fernando Cachopa, Facundo Conte, Isac, Rodriguinho, Lukinha, Cledenílson, Oppenkoski, Otávio

Negociam a renovação: Bruno, Davi Luiz, Filipe, Hugo, Rodriguinho Leme

+INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE

MINAS – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

william, ex-sesi, interessa o minas no mercado do vôlei masculino
O experiente William é o principal sonho de consumo do Minas para a próxima temporada

A promessa para a temporada 2020/2021 é que o Minas voltará a ter um time capaz de brigar pelo título da Superliga masculina. Apesar de ainda não ter fechado nenhuma contratação oficial, a equipe mineira está perto de um acerto com o levantador William, que não vai ficar no Sesi. Quem também pode chegar é o cubano Yadrian Escobar, jogador do Ziraat Bankasi, da Turquia, e com passagem pelo Minas entre 2014 e 2016, para substituir Felipe Roque, que foi para o Taubaté. Fora isso, a equipe já garantiu a permanência de seu núcleo jovem com as renovações de Henrique Honorato, Maique e Matheus Pinta e agora vai atrás da contratação de mais um ponteiro e um central.

Pode chegar: William (Sesi), Yadrian Escobar

Quem sai: Felipe Roque (Taubaté), Davy (Berlim Recycling Volleys-ALE)

Renovaram: Henrique Honorato, Maique, Matheus Pinta

Negociam a renovação: Rodrigo, Bernardo, Gustavo, Davy, Nicolas Lazo, Lucas Ocampo, Lucas Figueiredo, Marcus Vinícius, Deivid, Matheus Bispo, Edson, Felipe

CAMPINAS – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Leandro Vissotto está de volta ao Campinas (Marcos Ribolli/Vôlei Renata)

O Campinas ainda está tímido na contratação de reforços, mas, depois de garantir a permanência do patrocínio master, já começou a trabalhar a manutenção dos destaques do seu elenco. O levantador Demian González, o ponta Vacari, o central Michel, o líbero Bello e o central Melqui ja renovaram com o Vôlei Renata. Leandro Vissotto, que deixou Taubaté, acertou seu retorno ao clube, que também fechou com Lucas Barreto, ex-Sesi. Renan Bonora, do Taubaté, Bruno Temponi, que estava no Anápolis, e com o levantador Cristiano, do Itapetininga. Angellus, Mossa e Pedrinho, que vieram das categorias de base, fecham o elenco. Por outro lado, Renan Buiatti, que disputou a última temporada pelo time campineiro, se transferiu para o Tours, da França, mesmo país que levou Luizinho, que vai jogar no Paris Volley.

Quem fica: Vacari, Demian González, Michel, Bello, Melqui, Angellus, Mossa e Pedrinho

Reforços: Leandro Vissotto (Taubaté); Lucas Barreto (Sesi); Renan Bonora (Taubaté); Bruno Temponi (Anápolis); Cristiano (Itapetininga)

Saíram: Renan Buiatti (Tours-FRA); Luizinho (Paris Volley)

Negociam a renovação: João, Canuto, André, Luís Fernando, Robinho

ITAPETININGA – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Quem sai: Gabriel Cândido (Taubaté); Nathan (Sesi), Alan Maciel (Sesi); Cristiano Torelli (Campinas)

Negocia a renovação: Gustavo Nicomedes, Pedro Cardoso, Mateus Pereira, Felipe Cundiev, Willian Doardo, Marcos Paulo, João Franck, Johan Maregoni, Guilherme Lima, Alex Xavier, Thales Falcão, Victor Costa, Gian Moraes

BLUMENAU- MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Daniel Muniz assina com o Lubin, da Polônia
Daniel Muniz deixa o Blumenau para jogar na Polônia (instagram/daniel.muuniz)

O Apan Blumenau ainda não se movimentou para trazer reforços visando a temporada 2020/2021, mas a equipe catarinense já tem uma má notícia. Daniel Muniz, um dos melhores sacadores da última edição da competição, vai  atuar no Cuprum Lubin, da Polônia. O atleta de 22 anos acertou por duas temporadas com a equipe europeia. A contratação de Daniel Muniz pelo Lubin foi um pedido do técnico Marcelo Fronckowiak, que comandou a seleção brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Lima, conquistou duas Superligas em sua carreira de treinador e lidera o clube europeu há duas temporadas.

Quem sai: Daniel (Lubin-POL)

Negociam a renovação: Felipe, Evandro, Kelvin, Ricardo, Daniel, Schueroff, Lucaian, Carlos Henrique, Franco, Jamelão, Arthur, Samuca, Ialisson, Babu, Filipinho, Dayan

GUARULHOS – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Vôlei Guarulhos
Vôlei Guarulhos busca reforços para a próxima temporada (Foto: Juliana Kageyama)

Primeiro colocado da Superliga B no momento em que a competição foi paralisada, o Vôlei Guarulhos garantiu o acesso para disputar a Superliga A. Apesar da crise econômica causada pelo coronavírus, a equipe conseguiu reforçar o elenco com as contratações de Thiago Barth (SESC), Alexandre (Sesc), Rammé (América-MG), Adami (São José), Pedrão (América-MG) e Alemão (Maringá). Antes, já tinha fechado a renovação do levantador Sandro Barbalho e de Thiago Alves, além da contratação do técnico Guilherme Novaes. Depois, garantiu a permanência também de Deivid, Geovane, Polegar, Pantaleão, Mathaus Campos e Vanderson. Mais dois reforços serão contratados para fechar o elenco.

Renovaram: Sandro Barbalho, Thiago Alves, Deivid, Geovane, Polegar, Pantaleão, Mathaus Campos, Vanderson

Quem chega: Alexandre (Sesc); Rammé (América-MG); Adami (São José); Pedrão (América-MG); Alemão (Maringá); Tiago Barth (Sesc RJ)

Quem sai: Jean Fernando, Bruno Tiago, Ian, Pablo Henrique, Gustavo Mendes, Wesley Soares, Gregore

AMÉRICA MONTES CLAROS – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

O América Vôlei tinha sido rebaixado para a Superliga B, mas voltou à divisão de elite com a desistência do Sesc RJ. Para a temporada 2020/2021, a equipe mineiro fechou as contratações do levantador Rodriguinho, do líbero Tiago Brendle, do oposto Lucas Borges, do ponteiro Ygor Ceará e do central argentino Jonadabe Carneiro, além de Vinicius Silveira e Hiago Garchet.

UBERLÂNDIA – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Negociam a renovação: Claudio, Luquinha, Japa, Léo, Caio, Brigmann, Erick, João, Lucas Cândido

Quem sai: Yudi (Taubaté)

SESC RJ – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Wallace quer jogar na Europa mercado do vôlei masculino
Wallace quer jogar a próxima temporada na Europa (Foto: Divulgação)

Antes mesmo da Superliga ser encerrada, o Sesc RJ já havia anunciado que não seguiria suas atividades no vôlei masculino. Com isso, os jogadores que formavam a equipe comandada por Giovane Gávio podem ser importantes para reforças as equipes que sobraram. Mas, por enquanto, o destino de boa parte deles está sendo o exterior. O campeão olímpico Wallace vai para a Turquia, enquanto Flávio vai jogar na Polônia, Daniel Cagliari vai para a França e Gabriel acertou sua transferência para a Itália.

Quem sai: Wallace (Spor Toto-TUR), Flávio (Aluron Zawiercie-POL), Maurício Borges (Taubaté), Gabriel (Siena-ITA), Daniel Cagliari (Cambrai Volley-FRA), Thiago Barth (Guarulhos), Marlon, Thiago Brendle, Ademar, Jan Martinez, Matias (Tourcoing-FRA), Paulo, Aracaju,  Paulo Vitor, Everaldo,  Juninho,  Leandro, Elias, Filipe, Paulo Silva, Andre Aleixo,Thiaguinho

RIBEIRÃO PRETO – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Lipe é um dos destaques do Taubaté
Lipe era o presidente do time de Ribeirão Preto (Renato Antunes/Maxx Sports)

Assim como aconteceu com o Sesc-RJ, o time de vôlei de Ribeirão Preto fechou suas portas. Assim, todos os jogadores estão no mercado em busca de uma equipe para defender na próxima temporada. Entre eles, o campeão olímpico Lipe, que era o presidente do clube. Depois de deixar o Taubaté, havia a expectativa de que ele defendesse a equipe em 2020/2021, mas ela foi encerrada antes que isso pudesse acontecer.

Quem sai: Bruno Biella (Taubaté), Caio Oliveira (Tursad,-TUR), Caio Rosa, Diego Santos, Gabriel França (Santanderina-ESP), Judson Nunes, Luís Silva, Pedro Teles (PAOK-GRE), Rodrigo Leandro, Rodrigo Ruiz, Serginho, Vitor Baesso, Wennder Carlos, Willian Kerber, Yago Dutra

MARINGÁ – MERCADO DO VÔLEI MASCULINO

Com a crise no clube, Ricardinho voltou a jogar na temporada 2019/2020

O Maringá, comandado pelo campeão olímpico Ricardinho, encerrou as atividades por conta de problemas financeiros.

Quem sai: Renato Russomano (Santa Croce), Lucas Bermudez, Daniel Rossi, Lucas Borges, Lucas Ribeiro, Raphael Marcarini, Everaldo, Fábio Paes, Valdir Júnior, Renato Santos, Gabriel Bertolini, Victor Hugo, Fabrício Dias, Matheus Faustino, Gabriel Franco, Ricardo Bermudes, Alexandre Monteiro, Rodrigo Telles, Rômulo Silva

Mais em Vôlei