Siga o OTD

Evandro Campeão Olímpico Sada Cruzeiro 16 títulos

Vôlei

Evandro anuncia saída do Sada Cruzeiro após 16 títulos

Campeão olímpico nos Jogos do Rio-2016, o oposto utilizou seu perfil no instagram para comunicar que não ficará no clube mineiro

Evandro se despediu do Sada Cruzeiro, mas não revelou seu futuro (Agenciai7/Sada Cruzeiro)

Evandro anuncia saída do Sada Cruzeiro após 16 títulos

Depois de quatro temporadas vestindo a camisa do Sada Cruzeiro, Evandro divulgou em seu perfil no instagram que não permanece no clube na próxima temporada. Campeão olímpico nos Jogos Rio-2016, o jogador, que está com 38 anos, deixa a equipe mineira com 16 títulos, entre eles, duas Superligas (2016/17 e 2017/18) e o Campeonato Mundial de Clubes de 2016, sendo eleito o melhor oposto da competição.

+ Reforços estrangeiros desembarcam em times de MG

“Quantos momentos incríveis pude viver durante essas quatro temporadas com o Sada Cruzeiro. Fica aqui minha gratidão por tudo que vivi. Que história linda né, diversas conquistas, vários amigos e muitos companheiros que vou levar no coração”, disse o campeão olímpico.

“Quero agradecer a todos que fizeram parte da minha história aqui, incluindo os torcedores, que me cobraram, me elogiaram e que venceram comigo todos esses títulos. Muito obrigado a todos, a cada jogador que passou aqui, comissão técnica e diretoria. Nos vemos algum dia. Afinal, a partir de agora começo uma nova jornada”, publicou Evandro.

Evandro não revelou seu futuro

Evandro Campeão Olímpico Sada Cruzeiro 16 títulos
Evandro conquistou todos os títulos possíveis pelo Sada Cruzeiro (Agenciai7/Sada Cruzeiro)

O mercado do vôlei masculino tem apresentado movimentações somente com Sada Cruzeiro e EMS Taubaté Funvic. Sem Evandro, que não revelou seu futuro, o clube mineiro acertou a volta de Alan, que estava no Sesi-SP, mas já havia vestido a camisa do clube mineiro.

Com a camisa 8 do Sada Cruzeiro, Evandro ganhou tudo em âmbito nacional, sendo bicampeão da Superliga (2016/2017, 2017/18), bicampeão da Supercopa (2016/2017 e 2017/2018), tetracampeão Mineiro (2016/17, 2017/18, 2018/19 e 2019/20), e tricampeão da Copa Brasil (2017/2018 , 2018/2019 e 2019/2020).

SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

No cenário internacional, o campeão olímpico conquistou o título do Mundial, em 2016, e subiu ao pódio em outras duas edições, com a medalha de prata em 2019, em Betim, Minas Gerais, e o bronze em 2017, na Polônia, e foi tetracampeão Sul-Americano (2016/2017, 2017/18, 2018/19 e 2019/20). Ao todo, o oposto conquistou 16 títulos pelo clube mineiro.

Mais em Vôlei