Siga o OTD

Raulzinho Confiança Petrović Brasil Tóquio

Tóquio 2020

Raulzinho destaca confiança de Petrović na seleção do Brasil

Com 27 anos, o armador está jogando no Philadelphia 76ers, da NBA, e acredita que a seleção brasileira tem grandes chances de ir aos Jogos de Tóquio

Raulzinho acredita na ida do Brasil aos Jogos Olímpicos de Tóquio (Samuel Vélez/FIBA Américas)

Raulzinho destaca confiança de Petrović na seleção do Brasil

O armador Raulzinho tem confiança na classificação da seleção brasileira aos Jogos Olímpicos de Tóquio, que precisou ser adiado para o ano que vem por conta da pandemia de coronavírus. O jogador acredita que o Brasil, comandado pelo técnico Aleksandar Petrović, tem chance de conquistar a vaga na competição, que será realizada em 2021, no período de 23 de julho a 8 de agosto.  

+ Brasil já tem 179 classificados para a Olimpíada de Tóquio

“Acho que temos grandes chances. Sempre acreditei nesse grupo do Brasil, pois temos jogadores mais velhos, que sempre trazem confiança ao time, e jovens que estão com vontade de alcançar mais coisas pela seleção” disse.

“O Petrović tem uma confiança enorme e passa essa confiança para nós. Antes das conversas com ele eu já confiava, mas depois dos papos essa confiança aumentou. Temos um grupo bom e isso nos dá possibilidade de nos classificarmos para as Olimpíadas”, afirmou Raulzinho, em live no instagram da CBB.

Elogios ao treinador da seleção  

Raulzinho Confiança Petrović Brasil Tóquio
Raulzinho destacou a confiança do técnico Petrović (FIBA/Divulgação)

Aleksandar Petrović assumiu o comando da seleção brasileira no final de 2017, no lugar do argentino Rubén Magnano. Foi com o treinador croata que o Brasil disputou o Campeonato Mundial da China, em 2019, que Raulzinho não pode ir por causa de uma lesão. O armador, que está com 27 anos, não poupou elogios ao técnico europeu e sonha com vaga em Tóquio.

“Lembro das nossas conversa de antes do Mundial, por volta de fevereiro ou março. Ele não tem só confiança, mas também sabedoria para escolher as melhores estratégias para os jogos. Estamos no grupo da Croácia no pré-olímpico e ele foi técnico lá por muito tempo. Ele conhece exatamente como são os jogadores e isso pode ser um ponto a favor do Brasil”, disse.

“Sempre tive uma sensação muito boa com ele. As conversas sempre foram ótimas e ele é um cara muito competitivo e que quer ganhar. O Petrović tem esse DNA de atleta, já que foi um jogador de alto nível. E foi esse DNA de querer ganhar que fez com que me identificasse muito com ele”, completou Raulzinho, em live da CBB.

Saudades de vestir a camisa do Brasil

Raulzinho Confiança Petrović Brasil Tóquio
Raulzinho está com saudades de vestir a camisa do Brasil (FIBA/Divulgação)

Raulzinho revelou sentir falta de defender a seleção brasileira. No torneio pré-olímpico, o Brasil jogará na sede de Split, na Croácia, no grupo B, juntamente com Tunísia e Croácia, sendo que apenas dois avançam para a fase seguinte.

+ Débora Costa vê evolução e foca sonho olímpico pra 2024

Os classificados do grupo da seleção brasileira enfrentam os dois melhores do grupo A, que conta com Alemanha, México e Rússia. Somente o campeão desta sede irá aos Jogos Olímpicos de Tóquio.  

“Sempre bate aquela saudade de jogar pelo Brasil e a mais recente foi no Mundial. Acompanhei desde a fase de treinos e conversando com alguns jogadores que estavam no elenco fiquei com saudades, com aquela vontade de estar com grupo e vestir a camisa do Brasil. Estava animado para esse pré-olímpico, mas infelizmente foi adiado. Essa minha vontade terá que esperar mais um pouco”, destacou Raulzinho.

Sonhos na carreira

Raulzinho Confiança Petrović Brasil Tóquio
Raulzinho quer conquistar títulos pela seleção brasileira e da NBA (CBB/Divulgação)

Raulzinho está nos Estados Unidos em quarentena por causa da pandemia de coronavírus. No momento, o armador está jogando no Philadelphia 76ers, da NBA, mas cumpre período de isolamento em Utah, na companhia da namorada, que reside na cidade.

O jogador optou por permanecer no país com medo de uma volta ao Brasil e colocar seus pais e familiares em risco devido à doença que abala o mundo. Na live da CBB, Raulzinho contou seus sonhos como atleta, tanto em aspectos coletivos quanto individuais.

“Sonho ganhar títulos na NBA e com a seleção, principalmente olímpico ou mundial. Esses são meus sonhos de conquistas em equipe. Mas tenho também os individuais, que é me manter na NBA o maior tempo possível, com estabilidade e em um time que consiga ser o armador titular, com a responsabilidade de jogar todo jogo bem. E para isso que treino todos os dias e tenho confiança que um dia isso vai acontecer”, declarou o armador.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Raulzinho surgiu como destaque na seleção brasileira Sub-18, no vice-campeonato Sul-Americano, em 2010. O armador representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, no Campeonato Sul-Americano de 2013, no Campeonato Mundial de 2014 e nos Jogos Olímpicos Rio-2016.  

Mais em Tóquio 2020