Siga o OTD

Os brasileiros continuam em ação nas ligas nacionais europeias de vôlei. Com os três jogos desta segunda-feira (14), somados com os de sábado (12) e domingo (13), 88 atletas do país participaram de 33 partidas por nove campeonatos diferentes: Turquia, Itália, Polônia, Romênia, Áustria, França, Espanha, Alemanha e Portugal. Entre os que estiveram em quadra, destaque para Gabi, Leal, Lucarelli e Flávio Gualberto

Vôlei

Brasileiros têm agenda cheia com 33 jogos pela Europa

Os últimos três dias foram movimentados, com a participação de 88 atletas do país em nove ligas nacionais pelo continente europeu

Lucarelli, do Trentino, supera Leal, do Civitanova, em confronto direto na Itália (legavolley.it/Divulgação)

Brasileiros têm agenda cheia com 33 jogos pela Europa

Os brasileiros continuam com agenda cheia nas ligas nacionais europeias de vôlei. Com os três jogos desta segunda-feira (14), somados com os de sábado (12) e domingo (13), 88 atletas do país participaram de 33 partidas por nove campeonatos diferentes: Turquia, Itália, Polônia, Romênia, Áustria, França, Espanha, Alemanha e Portugal. Entre os que estiveram em quadra, destaque para Gabi, Leal, Lucarelli e Flávio Gualberto.

+ Cruzeiro vence mais uma e segue na caça ao líder da Superliga

Nesta segunda, a Liga Italiana de vôlei protagonizou um encontro entre os ponteiros Lucarelli, pelo Itas Trentino, e Leal, pelo Lube Civitanova. Jogando em seu ginásio, na Arena Trento, Lucarelli anotou 11 pontos no triunfo de sua equipe por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/23 e 25/22. Apesar do revés, Leal realizou uma boa partida e colaborou com 13 acertos. O Trentino é o oitavo, com 18 pontos, e o Civitanova o segundo, com 31.

Turquia

Cinco confrontos com a presença de brasileiros movimentaram a rodada na Liga Turca de vôlei masculina e feminina. Entre as mulheres, o Vakifbank, de Gabi, venceu o Kuzeyboru Genclik, por 3 sets a 1 (25/16, 22/25, 25/13 e 25/12). A ponteira da seleção brasileira foi poupada pelo técnico Giovanni Guidetti e só participou, brevemente, do segundo set e não pontuou. Com 60 pontos, o time dela lidera a competição.

+ Vissotto e Vaccari comandam mais uma vitória de Campinas

Já no duelo entre Eczacibasi, do técnico Marco Aurélio Motta, e do Kale Spor, das brasileiras Ellen Braga (ponteira), Paula Borgo (oposto) e Thaisinha (ponteira), o time do treinador levou a melhor e marcou 3 a 0 (25/22, 25/17 e 25/20). A primeira foi a maior pontuadora da equipe derrotada, com 12. A segunda acabou com 11 acertos e a terceira com apenas quatro.

Já entre os homens foram três embates com brasileiros. O Galatasaray bateu o Solhan Spor, do ponteiro Matheus Krauchuk, que fez sete pontos, por 3 a 0 (25/10, 25/22 e 25/14). Já o Bursa, do ponteiro Alisson Melo, que teve 18 acertos, ganhou, fora de casa, do Haliliye, 3 a 1 (25/21, 19/25, 25/20 e 25/21). E o Arkas, do líbero João Paulo Bravo, passou pelo Arhavi, como mandante, em sets diretos, parciais de 25/14, 25/16 e 25/13.

Polônia e Alemanha

Na Liga Polonesa de vôlei, aconteceram três duelos com brasileiros em quadra. Entre os homens, na PlusLiga, foram duas derrotas. Como visitante, o Aluron Zawiercie, de Flávio Gualberto, que anotou 11 pontos, foi superado pelo GKS Katowice, por 3 a 1 (28/26, 25/15, 20/25 e 26/24). E o MKS Bedzin, de José Ademar (ponteiro) e Thiaguinho (levantador), tomou 3 a 0 do Gdansk, sets de 25/21, 25/15 e 25/16.

Para concluir, no feminino, a Tauron Liga, o Radomka Radom precisou de cinco sets para bater o Chemik Police, em casa, parciais de 25/20, 26/24, 19/25, 23/25 e 15/11. Pelo time vitorioso, a oposto Bruna Honório anotou 27 pontos, líder em acertos pelo seu clube. Já a central Andressa Picussa contribuiu com sete pontos.

+ Com 26 pontos de Rammé, Guarulhos volta a vencer na Superliga

Na Bundesliga de vôlei feminino, o SC Potsdam, da levantadora Ana Tiemi, perdeu em casa do Vilsbiburg, por 3 a 1, parciais de 25/14, 25/20, 20/25 e 25/23. A brasileira jogou como titular no primeiro e segundo sets, ficou no banco no terceiro e participou do quarto vindo da reserva. O time dela é o quarto colocado, com 18 pontos em dez partidas.

Romênia e Áustria

No somatório entre Romênia e Áustria foram quarto confrontos com brasileiros participando. Na Liga Romena feminina de vôlei, as atletas brasileiras perderam. Fora de casa, o Dínamo Bucareste, da líbero Tássia, foi superado por 3 a 1 pelo Targoviste (25/22, 25/17, 22/25 e 25/17). Já o Rapid Bucareste, da central Nati Martins, que fez 11 pontos, levou 3 a 1 do CSM Lugoj, sets de 25/15, 25/22, 24/26 e 25/18.

+ Taubaté vence e mantém o 100% na Superliga masculina

O time de Tássia é o quarto colocado, com 20 pontos, e o de Nati Martins está em quinto, com 15. No outro naipe, os brasileiros Rodrigo Ribeiro (levantador) e Bruno Canuto (ponteiro) perderam pelo Dínamo Bucareste, como visitante, por 3 a 0 (25/16, 25/22 e 25/18) para o Zalau. O primeiro fez dois pontos e o segundo anotou quatro. E o time deles aparece na sétima posição da Liga Romena de vôlei masculino, com 12 pontos.

Ainda entre os homens, mas na Áustria, os brasileiros do Zadruga Aich/Dob ganharam, em seus domínios, do Amstetten, por 3 a 0 (25/14, 25/19 e 25/21). O levantador Gabriel Ferreira Garcia jogou o segundo e terceiro sets e não pontuou. O oposto Daniel Maciel foi relacionado, mas não entrou em quadra. E o central Victor Alcântara contribuiu para o triunfo com sete pontos. E o time do trio tupiniquim lidera seu grupo, com três pontos.

França

Seis jogos com brasileiros agitaram o vôlei na Liga Francesa, sendo quatro no masculino e dois no feminino. Entre os homens, o Tours, dos centrais Leandro Aracaju, dez pontos, e Petrus, oito acertos, e do ponteiro Pablo Nathan, aplicou 3 a 0 no Ajaccio, fora de casa, sets de 26/24, 25/17 e 26/24. No duelo entre compatriotas, o Poitiers ganhou do Narbonne, por 3 a 1, parciais de 23/25, 25/18, 32/30 e 25/18.

Pelo clube vencedor, os brasileiros Chizoba Neves, oposto, foi o maior pontuador do jogo, com 28 pontos, e Gladstone de Jesus, central, anotou 11. Do lado do time derrotado, o ponteiro Allan Verissimo marcou quatro. Em outro jogo entre conterrâneos, o Cannes, do levantador Danilo Gelinski, que fez seis pontos, bateu o Paris Volley, do central Luizinho Sene, que marcou 13, por 3 a 2, sets de 23/25, 22/25, 25/19, 25/23 e 15/12.

+ Com sofrimento, Brasília vence Osasco na Superliga feminina

E o Cambrai, como visitante, perdeu do Chaumont, por 3 sets a 2 (25/22, 25/17, 19/25, 20/25 e 15/13). No time derrotado, os brasileiros Daniel Cagliari, oposto, foi o líder em pontos do jogo, com 22 acertos, e Yago Dutra, ponteiro, marcou nove. Mudando para o feminino, o Saint Raphael, da central Marjorie, que foi relacionada, mas não entrou, fez 3 a 0 no France Avenir 2024, fora de casa, parciais de 25/19, 25/23 e 25/15.

Para concluir a participação de brasileiros no vôlei francês, o Istres Provence acabou superado pelo Venelles, por 3 a 0, sets de 25/20, 25/21 e 25/21. Na equipe que perdeu, a ponteira Victoria Alves fez três pontos e a central Jéssica Dallmann anotou quatro.

Espanha

Na Espanha, os brasileiros entraram em quadra em sete duelos, sendo três no feminino e quatro no masculino. A ponteira Carla Moreira, que fez 16 pontos, perdeu com o Cajasol para o Alcobendas, por 3 a 1 (16/25, 25/23, 20/25 e 22/25). A levantadora Ana Flávia Galvão e a central Wivian Gadelha, com dois e quatro pontos, respectivamente, foram derrotadas, fora de casa, com o Las Palmas pelo Sant Cugat, por 3 a 0 (25/20, 25/13 e 25/19).

Ainda entre as mulheres, a central Renata Benedito marcou seis pontos no revés do Kiele Socuellamos para o Haro Rioja, por 3 a 2, sets de 22/25, 25/19, 20/25, 25/21 e 18/16. Alterando para os homens, os brasileiros do Guaguas estiveram em quadra no 3 a 0 diante do Boiro (25/19, 25/17 e 25/20). O levantador Paulo Renan fez um ponto, o ponteiro Guilherme Hage marcou dez e o central Moisés Cézar anotou oito.

Legião de brasileiros no vôlei espanhol

No embate entre três brasileiros, o Barcelona perdeu do UBE Grau, em casa, por 3 a 1 (18/25, 18/25, 25/23 e 14/25). No Barça, o oposto Caio Fernando Da Silva fez 11 pontos e o ponteiro Lucas Madaloz contribuiu com 22. E no time vencedor, o central Carlos Antonio Dos Santos marcou 12 acertos. Em outro duelo de conterrâneos, sete entraram em quadra e os cinco do Textil Santanderina ganharam dos dois do Rio Duero, por 3 sets a 1.

Os brasileiros Felipe de Mello e Lucas Bermudez (levantadores), Leonardo Cardoso e Gabriel França (ponteiros), e o Renan Levandovski (central), ganharam de virada de Igor Nascimento e Mário Augusto (centrais), parciais de 18/25, 25/21, 26/24 e 25/20. Por fim, o Manacor caiu fora de casa para o Teruel, por 3 a 1, sets de 25/18, 25/18, 25/27 e 25/17. Os ponteiros Thiago Vanole e Caetano Filter, e o central Rafael Martins perderam.

Portugal

Na Liga Portuguesa de vôlei, os brasileiros estiveram em ação em seis partidas, sendo três em cada naipe. O Benfica, das brasileiras Kamilla Augusto (levantadora), Thaynara Ferreira Nunes e Karina Bastos (centrais) fez 3 a 0 no Boavista (25/17, 25/23 e 25/18).

+ Com Macris inspirada, Minas supera Flamengo em sets diretos

Já o Sporting, de Bruna Gianlorenço e Thaís Bruzza (ponteiras) e Gabriella Rocha (central), marcou 3 a 1 no AVC Famalicão, de Ana Paula Frare (oposto), Tamara de Paula (ponteira) e Ednéia Anjos (centra), sets de 25/10, 25/4, 18/25 e 25/20). Ainda entre as mulheres, o Leixões, da ponteira Fernanda Silva, bateu o Belenenses, da levantadora Diana Xavier, da ponteira Bruna Paixão, e da central Fernanda Campos, por 3 a 0, sets de 25/22, 25/15 e 25/16.

Passando ao masculino, o Sporting Caldas perdeu, em casa, por 3 sets a 0, do Espinho (25/18, 26/24 e 25/21). Os brasileiros Vitor Amorim (oposto) e Humberto Silva e Luiz Fernando (centrais) foram superados por Gabriel Andrade (ponteiro) e Robinho (central). Fora de casa, o Esmoriz bateu o Viana, por 3 a 1 (25/17, 25/17, 20/25 e 25/19). Os brasileiros Pedro Ferreira da Silva (ponteiro) e Everton Honorato (central) levaram a melhor, fora de casa, contra Gabriel Silveira (oposto).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Por fim, no clássico o Sporting recebeu o Benfica e perdeu por 3 a 0 (25/22, 25/20 e 28/26). Triunfo de Théo Lopes (oposto) Raphael Oliveira (ponteiro), Flávio Soares (central) e Marcel Matz (técnico) sobre Bruno Alves (levantador), Paulo Victor e André Saliba (opostos), Bob e Renan Purificação (ponteiros), Éder Levi e Victor Pereira (centrais) e Gerson Amorim (técnico).

Mais em Vôlei