Siga o OTD

BRUNO SCHMIDT DESISTE DE PARTICIPAR DO CANCÚN HUB POR ESTAR DEBILITADO POR CAUSA DA COVID

Vôlei de Praia

Debilitado pela covid-19, Bruno Schmidt desiste do 3.º torneio em Cancún

Bruno Schmidt voltou a jogar apenas um mês e meio após receber alta e, em quatro jogos no México, seguiu muito desgaste físico pelo tempo que ficou parado

Getty Images/FIVB

Debilitado pela covid-19, Bruno Schmidt desiste do 3.º torneio em Cancún

Bruno Schmidt voltou a jogar pelo Circuito Mundial de vôlei de praia apenas um mês e meio depois de receber alta do hospital em que chegou a ficar na UTI em tratamento da covid-19. Em dois torneios disputados em Cancún ao lado do parceiro Evandro, com quem está classificado para disputar os Jogos Olímpicos, uma vitória na estreia seguida de três derrotas que levaram a dupla a ser eliminada na repescagem no primeiro e na fase de grupos no segundo. Com o passar das partidas, ficou claro que o campeão olímpico sentiu demais o desgaste físico e, por conta disso, ele desistiu de jogar o terceiro torneio, cuja chave principal começa nesta quarta novamente na cidade litorânea do México.

“Foi mais ou menos como a gente esperava. Óbvio que a gente não queria que isso acontecesse, os resultados não foram legais. O meu desempenho realmente caiu muito do primeiro torneio. Eu senti muita falta de velocidade, falta de resistência muscular e de explosão que a gente fala, de você saltar com velocidade, sem fazer força”, explicou Bruno Schmidt, em entrevista ao GloboEsporte.com.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

O campeão olímpico, no entanto, afirmou que não teve dificuldades respiratórias decorrentes da covid-19. O que mais atrapalhou mesmo foi a parte física que ele perdeu pelo período que ficou internado. “Não tive falta de ar, não tive nenhum cansaço respiratório excessivo que eu ficasse ofegante, ainda bem. Mas, eu senti realmente a parte muscular, né?! E eu fazia ideia que isso iria acontecer porque na minha volta dos treinos e academia foi onde eu mais senti, foi a academia mesmo. Acho que por conta da internação, eu acho que obviamente eu tive uma perda muscular muito grande. Então, valeu como uma experiência para saber onde eu tenho que focar agora”.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Bruno Schmidt já deixou a bolha sanitária montada num hotel de luxo em Cancún e voltou para casa, em Vila Velha, no Espírito Santos, enquanto Evandro permaneceu no México para acompanhar o último torneio e treinar. ” O Bruno está debilitado, não está em condições de jogo ainda. Ele ainda não está fisicamente recuperado”, afirmou Ednilson Costa, técnico da dupla, também ao GE.

Com a desistência de Bruno Schmidt e Evandro, não houve necessidade de disputa masculina no country quota. Assim, Guto/Arthur Mariano e Pedro Solberg/Arthur Lanci disputam nesta quarta-feira o qualifying. Se passarem, se juntam a Alison/Álvaro Filho e André/George na chave principal.

No feminino, Bárbara Seixas e Carol Solberg derrotaram Tainá e Victória no country quota e disputam o qualifying nesta quarta. Ágatha/Duda, Ana Patrícia/Rebecca e Talita/Taiana estão classificadas direto para a chave principal.

Mais em Vôlei de Praia