Siga o OTD

Vôlei de Praia

Duplas masculinas vencem e Brasil terá seis na chave principal em Cancún

País fecha o qualifying da Etapa #3 de Cancún com duas vitórias e uma derrota; Rebecca desiste do torneio por entrose no joelho

Duplas masculinas vencem e Brasil terá seis na chave principal em Cancún (divulgação/FIVB)

Duplas masculinas vencem e Brasil terá seis na chave principal em Cancún

A chave principal do terceiro evento do Cancún Hub, no México, válido pelo Circuito Mundial de vôlei de praia, foi definida com a presença de seis duplas brasileiras. Nessa quarta-feira (28), três times representaram o Brasil no qualifying, mas somente Pedro Solberg e Arthur e Guto e Arthur Mariano avançaram. Carol Solberg e Bárbara Seixas acabaram eliminadas.

Ágatha e Duda chegam a 300 vitórias da dupla com ouro da etapa #2 de Cancún

Os jogadores agora se juntam a Alisson/Álvaro Filho e George/André na chave principal. No feminino, apenas Ágatha/Duda e Talita/Taiana representarão o Brasil. Ana Patrícia e Rebecca também estavam garantidas, mas acabaram desistindo por conta de uma entorse no tornozelo da Rebecca.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Essa foi a segunda desistência de uma dupla brasileira nessa terceira etapa de Cancún. Uma das duplas brasileiras nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Evandro e Bruno Schmidt abriram mão da participação devido ao estado de saúde do campeão olímpico. No processo de volta ao esporte depois de se curar da Covid-19, Bruno ainda sente muito a parte física e a comissão técnica e os atletas optaram por não disputar a competição.

Duas vitórias

O destaque dessa quarta-feira em Cancún ficou por conta das duas vitórias no dia de Pedro Solberg e Arthur. A dupla brasileira abriu bem a participação no qualifying ao vencer com facilidade o time de El Salvador composto por Flores e Pepe por 2 sets a 0 (21/10 e 21/12).

No segundo confronto, os adversários Ahman e Hellvig, da Suécia, deram mais trabalho, mas os brasileiros venceram por 2 sets a 1 (22/20, 16/21 e 15/12). Na primeira parcial, a dupla do país nórdico chegou a buscar a vantagem aberta pelos brasileiros e empatar em 19 a 19, mas Pedro Solberg e Arthur tiveram calma para fechar em 22 a 20.

Pedro Solberg e Arthur cometeram muitos erros no segundo set e perderam por 21 a 16. No tie break, a igualdade permaneceu até o sétimo ponto. Após ace de Arthur, bloqueio de Pedro Solberg e uma condução de Hellvig, os brasileiros abriram 8 a 5. A confiança voltou, os brasileiros mantiveram a vantagem e fecharam em 15 a 12.

Pedro Solberg e Arthur e Guto e Arthur Mariano venceram suas partidas no quali da 3ª etapa do Cancún Hub e estão na chave principal; Carol Solberg e Bárbar
Duplas masculinas vencem e Brasil terá seis na chave principal em Cancún (divulgação FIVB)

Com emoção

Logo na sequência, Guto e Arthur Mariano fecharam o qualifying com a segunda vitória do Brasil. Em partida equilibrada contra os dinamarqueses Brinck e Thomsen, os brasileiros passaram com 2 sets a 1 (21/23, 21/18 e 15 a 9).

O primeiro set foi apertado e decidido no detalhe. Com o jogo empatado em 21 a 21, Arthur Mariano pisou na linha ao sacar e deu um ponto de graça aos dinamarqueses. Na sequência, Thompson fechou em 23 a 21.

O set seguinte foi novamente equilibrado, com os suíços à frente em boa parte do tempo. No 33º ponto, o bloqueio de Arthur Mariano apareceu e a dupla brasileira passou a ter a vantagem de 18 a 17. Um novo toco de Arthur Mariano e um erro de Brinck foram determinantes para que a parcial terminasse em 21 a 18.

No tie break, novamente os bloqueios de Arthur Mariano apareceram em momentos decisivos. Com o jogo empatado em 7 a 7, o brasileiro pregou o dinamarquês e a dupla do Brasil tomou a frente. Na sequência, Guto brilhou em um levantamento que parecia perdido. A partir dali, os rivais erraram muito e perderam por 15 a 9.

Guto e Arthur Mariano vencem no qualifying e Brasil terá seis na chave principal em Cancún (divulgação/FIVB)

A única derrota do Brasil em Cancún Hub ocorreu entre as mulheres. Carol Solberg e Bárbara Seixas perderam por 2 sets a 0 para Bobner/Vergé-Depré, da Suíça. As brasileiras vacilaram no começo do 1º set e não conseguiram reagir, perdendo a parcial por 21 a 16.

Na segunda parcial, novamente as suíças abriram três pontos, mas com bons saques de Carol Solberg a dupla brasileira reagiu e empatou. A dupla chegou a salvar match points, mas acabou perdendo por 21 a 19.

Mais em Vôlei de Praia