Siga o OTD

O sábado (16) foi bastante movimentado para os jogadores brasileiros do vôlei na Europa e no Japão. Os atletas canarinhos estiveram em quadra em oito países diferentes, 17 partidas. No total, foram 45 competidores do país em ação, com destaque para as vitórias dos ponteiros Lucarelli e Leal, na Itália, e do central Éder Carbonera, na Alemanha, e para o revés do ponta Lipe na liga da nação asiática

Vôlei

Lucarelli, Leal e Éder vencem em dia com 45 brasileiros em ação

O sábado (16) foi movimentado para os brasileiros do vôlei na Europa e Japão. Os destaque foram as vitórias de Lucarelli, Leal e Éder Carbonera e o revés de Lipe

Lucarelli está em boa fase jogando pelo Trentino na Liga Italiana de vôlei (legavolley.it/Divulgação)

Lucarelli, Leal e Éder vencem em dia com 45 brasileiros em ação

O sábado (16) foi bastante movimentado para os jogadores brasileiros do vôlei na Europa e no Japão. Os atletas canarinhos estiveram em quadra em oito países diferentes, 17 partidas. No total, foram 45 competidores do país em ação. E os destaque foram as vitórias dos ponteiros Lucarelli e Leal, na Itália, e do central Éder Carbonera, na Alemanha. Além disso, teve o revés do ponta Lipe na liga da nação asiática.

+ Cruzeiro se vinga do Minas em dia com mais 2 jogos da Superliga

Dois brasileiros atuaram na Itália. Campeão olímpico nos Jogos Rio-2016, Lucarelli colaborou com 12 pontos na vitória do Itas Trentino pela Liga Italiana de vôlei. O time dele derrotou o Cisterna como mandante, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 24/26, 26/24, 25/20 e 25/18. O ponteiro marcou oito pontos em ações de ataque, três em bloqueios e um de saque. Com 41 pontos em 19 jogos, a equipe de Trento está em terceiro.

Ainda na Itália, o Lube Civitanova, de Leal, sofreu para vencer o Modena, em seu ginásio, por 3 a 2 (25/20, 28/30, 25/19, 16/25 e 15/10). O atleta, cubano naturalizado brasileiro, anotou 18 pontos no triunfo, sendo 15 em ataques ou contra-ataques e três de bloqueio. Com 43 pontos em 18 partidas, a equipe do ponteiro aparece na vice-liderança da Liga Italiana de vôlei, três a menos que o líder Perugia.

+ Cruzeiro vence o Minas e amplia diferença no topo da Superliga

Assim como Lucarelli, Leal também venceu na rodada da Liga Italiana de vôlei (legavolley.it/Divulgação)
Assim como Lucarelli, Leal também venceu na rodada da Liga Italiana de vôlei (legavolley.it/Divulgação)

Alemanha

Na Alemanha, os três brasileiros do Berlin Volleys tiveram motivos para comemorar. O oposto Davy Moraes, com 18 pontos, e os centrais Renan Michelucci e Éder Carbonera com, respectivamente, nove e sete acertos, foram titulares nos três sets da vitória, como visitante, por 3 a 0 sobre o VCO Berlin, parciais de 25/20, 25/12 e 25/16. O time dos três atletas do país soma 33 pontos e é o segundo colocado da Bundesliga de vôlei.

+ Com show de Tifanny, Bauru bate o Flu e vence a 4ª seguida

Na somatória dos dois naipes foram quatro brasileiros em ação na Alemanha. Na Bundesliga de vôlei feminino, o Münster, equipe de Helô Lacerda, foi derrotado, em casa, pelo Dresdner em sets diretos: 25/22, 25/22 e 25/17. Apesar da derrota, a oposto brasileiro deixou a quadra como maior pontuadora do time, com 14 pontos. Ela teve 12 acertos em gestos ofensivos, um de bloqueio e mais um de saque. O time dela é o décimo e penúltimo.

+ Caramuru vence Ribeirão em confronto direto pela Superliga

Os três brasileiros do Berlin Volleys foram bem na vitória pela Bundesliga de vôlei (Facebook/sccberlin)
Os três brasileiros do Berlin Volleys foram bem na vitória pela Bundesliga de vôlei (Facebook/sccberlin)

Japão, Grécia, Eslováquia e França

Na Liga Japonesa de vôlei, o JTEKT Stings, clube do campeão olímpico Lipe, foi superado como visitante pelo Panasonic Panthers: 3 a 1 (25/22, 25/23, 22/25 e 25/17). Voltando para a Europa, dois brasileiros jogaram na Liga Grega de vôlei. O central Lucas Rangel, do Panathinaikos, anotou 14 pontos no triunfo de seu time, em casa. O êxito foi por 3 a 2 e diante do AONS Milon, sets de 24/26, 25/17, 27/25, 23/25 e 15/8.

+ América ganha do Uberlândia na Superliga e se aproxima do rival

Prosseguindo na Grécia, o OFI Crete, do central Franco Drago, sofreu o revés como mandante, por 3 a 0, para o Kifisias, séries de 25/19, 27/25 e 25/18. O jogador brasileiro finalizou o jogo com quatro pontos. Partindo para a França, o meio de rede Luizinho Sene contribuiu com 16 pontos para a vitória do Paris, como mandante, por 3 a 1, contra o Nice, parciais de 25/19, 28/30, 25/23 e 25/21.  

+ Barueri vence Osasco; Praia, Fla e Brasília também ganham

Já na Liga Eslovaca de vôlei, as brasileiras Raquel Löff e Bruna Caixeta foram titulares nos três sets em que o Slavia Bratislava marcou 3 a 0 no Nove Mesto, séries de 25/7, 25/15 e 25/14. A primeira, que atua como central, ajudou o time com oito pontos, sendo cinco em ações de ataque e quatro de bloqueio. Já a segunda, que joga como levantadora, anotou quatro, sendo um de ataque, dois de bloqueio e um de saque.

Brasileiros na Espanha e Portugal

Duas ligas europeias e 33 brasileiros em quadra. Na Liga Portuguesa de vôlei foram cinco jogos. Em casa, o Belenenses, da central Fernanda Campos, perdeu de 3 a 0 do Castelo Maia, da oposto Nicole Silva: 25/20, 25/18 e 25/21. Em seu ginásio, o Famalicão, de Ana Frare (oposto), Tamara De Paula (ponteira) e Ednéia (central), bateu o Aves, de Jéssica Carriel (oposto) e Jady Gerotto (central), por 3 a 1: 23/25, 25/14, 25/17 e 25/17.

+ Taubaté elimina Blumenau e está na semi da Copa Brasil

O Vitória de Guimarães, como mandante, perdeu do Vilacondense, 3 a 2: 23/25, 32/30, 24/26, 25/23 e 15/10. Mesmo atuando em casa, o time de Marina Scherer (levantadora), Nayara Ferreira (ponteira), Juliana Silva (ponteira) e Beatriz Machado (central) foi derrotado. Ainda no vôlei feminino, o Benfica, de Kamilla Augusto (levantadora), Thaynara Ferreira Nunes (central) e Karina Bastos (central), fez 3 a 1, fora de casa, no Porto Vôlei, de Luciana Bezerra (levantadora): 25/23, 23/25, 28/26 e 25/23.

+ Dia com triunfos brasileiros em três ligas nacionais na Europa

Na Liga Portuguesa de vôlei masculino aconteceu um confronto entre brasileiros. O AJF Bastardo fez 3 a 1 em seu ginásio contra o Espinho, sets de 25/17, 23/25, 25/19 e 25/22. Vitória de Antony Gonçalves (ponteiro), Gabriel Santos (oposto) e Matheus Faustino e Bruno Jesus (centrais) sobre Robson Gomes Augusto (central) e Gabriel Andrade (ponteiro). Antony Gonçalves foi o maior pontuador do time vitorioso, com 20 acertos.

Mais brasileiros em ação

Na Liga Espanhola de vôlei foram três jogos com brasileiros, dois no masculino e um no feminino. Entre as mulheres, o Socuellamos, da central Renata Benedito, marcou 3 a 2 no La Laguna (22/25, 23/25, 25/22, 25/22 e 15/11) Já entre os homens, em casa, o Grau, de Carlos Dos Santos (central) venceu o Santanderina, de Felipe Hernandez (levantador), Leonardo Cardoso (ponteiro), Gabriel França (ponteiro) e Renan Levandovski (central). A vitória foi por 3 a 1 (25/22, 25/23, 20/25 e 26/24).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Em mais um duelo entre brasileiros na Liga Espanhola de vôlei, o Manacor foi superado em casa pelo Guaguas: 3 a 0 (25/18, 25/20 e 25/19. A equipe de Thiago Vanole e Caetano Filter (ponteiros) e Rafael Guimarães Martins (central) levou a melhor diante de Paulo Renan Bertassoni (levantador), Guilherme Hage (ponteiro) e Moisés Cézar (central).

Mais em Vôlei