Siga o OTD

taubaté blumenau copa brasil

Vôlei

Taubaté elimina Blumenau e está na semi da Copa Brasil

Em sets direto, equipe de Bruninho e companhia avança e encara Vôlei Renata na semifinal da Copa Brasil de vôlei masculino

(Renato Antunes/Maxx Sports Brasil)

Taubaté elimina Blumenau e está na semi da Copa Brasil

O EMS Taubaté Funvic (SP) é o terceiro classificado para a semifinal da Copa Brasil. Depois de Vôlei Renata (SP) e Minas Tênis Clube (MG), a equipe do Vale do Paraíba garantiu vaga na próxima fase ao vencer nesta sexta-feira (15) a Apan/Eleva/Blumenau (SC), por 3 sets a 0, no ginásio do Abaeté. Em casa, o time paulista fez parciais de 25/15, 25/23 e 25/21.

Com a vitória, o Taubaté se garantiu na semifinal, onde enfrentará o Vôlei Renata Campinas (SP). A fase final (semifinais e final) da Copa Brasil 2021 será disputada em 11 e 12 de fevereiro, em Saquarema (RJ).

Para estar na semifinal, o Vôlei Renata superou o Vôlei UM Itapetininga (SP) em uma partida extremamente equilibrada, vencida por 3 sets a 2. Já o Minas passou pelo Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG) por 3 a 1.

Até agora, os três times vitoriosos jogaram em casa. A última vaga será definida entre Sada Cruzeiro (MG) e Montes Claros América Vôlei (MG) no próximo dia 20.

+ Confira a tabela

O jogo

O primeiro set foi de domínio do Taubaté, que manteve bom aproveitamento no saque ao longo de todo o período. O time paulista também foi muito bem no bloqueio, amortecendo várias bolas de ataque do Blumenau e aproveitando os contra-ataques.

A equipe virou bem as bolas e se manteve sempre à frente com vantagem confortável. Os donos da casa fecharam em 25 a 15, em 24 minutos jogados.

O segundo set seguiu como um replay da primeira parcial. Mas o Blumenau mostrou poder de reação, e acertou seu passe, impondo muito mais dificuldades.

taubaté blumenau copa brasil
Blumenau não foi páreo para o Taubaté (Renato Antunes/Maxx Sports Brasil))

Os visitantes se aproveitaram também de um maior número de erros do Taubaté para manter o placar apertado. Em um final de set bem equilibrado, pesou o melhor aproveitamento de saque do Taubaté, que fechou em 25 a 23, em 30 minutos, fazendo 2 sets a 0.

O terceiro set foi o mais equilibrado, com o Blumenau se mantendo à frente do placar em diversos momentos. O time visitante impôs um jogo mais agressivos e com menos erros, sacando bem e aproveitando bem as bolas de contra-ataque.

Com o crescimento do Blumenau, o técnico Javier Weber mexeu no time, trocando João Rafael por Douglas Souza. A equipe reagiu bem, e voltou a ser efetiva no saque e no sistema defensivo. O final de jogo seguiu equilibrado, mas com Taubaté mantendo o controle do jogo.

Na hora da definição, os taubateanos encaminharam a vitória por 25 a 21, fechando o jogo em 3 sets a 0. A partida teve duração total de 1h35.

Mais em Vôlei