Siga o OTD

Vôlei

Minas oficializa contratação da levantadora Pri Heldes

Atleta de 28 anos brigará pela posição com Macris, que renovou o seu contrato recentemente com o clube mineiro

Pri Heldes acerta com o Minas
Pri Heldes acerta com o Minas após ter defendido o Osasco/Audax (Divulgação/Minas)

A construção do elenco do Minas Vôlei para a próxima temporada recebeu uma nova peça nesta quinta-feira (13). A levantadora Pri Heldes, de 28 anos, será opção no elenco mineiro para a função que já conta com a presença de Macris, que renovou o contrato recentemente com o clube.

Nascida em Belo Horizonte, Pri Heldes foi revelada nas categorias de base do Mackenzie e acumula passagens por Vôlei Amil, Brasília Vôlei, Sesi-SP, Fluminense e Osasco/Audax, clube que defendeu na última temporada. A atleta já representou ainda a seleção brasileira de base.

+ Agora é oficial: Minas reforça bloqueio com central Gustavão

“Defender as cores do Itambé/Minas será um passo muito importante na minha carreira. O clube sempre foi uma das potências do voleibol brasileiro. Fico muito feliz por ter a oportunidade de vestir essa camisa. Jogar em Belo Horizonte é uma felicidade enorme. Poder fazer o que eu amo e estar perto da minha família e amigos, não tem preço”, ressaltou Pri Heldes.

Grupo confirmado

Com a contratação da levantadora o técnico italiano Nicola Negro já tem dez jogadoras confirmadas em seu elenco para a próxima temporada. Destas, cinco foram confirmadas após as renovações de contratos: a levantadora Macrís, as centrais Carol Gattaz e Thaisa; a líbero Léia; e a ponteira Kasiely.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

De novidade, além de Pri Heldes, a equipe já havia anunciado as contratações da central Lara Nobre, que defendeu o Sesc-RJ, na temporada passada, e a ponteira Pri Daroit, que vem do Praia Clube para a sua terceira passagem pelo time da capital mineira. O clube ainda apostou em suas categorias de base e promoveu ao grupo as jovens centrais Júlia Kudiess, de 17 anos, e Luiza Vicente, de 16 anos.

Apesar do elenco já bem configurado ainda existem lacunas que devem ser preenchidas. A expectativa é de que o clube oficialize nos próximos dias outros negócios já bem encaminhados, caso das americanas Danielle Cuttino, que estava no Casalmagiore, da Itália, e Megan Hodge. Além de novos reforços, o Minas Vôlei ainda negocia a renovação com a experiente oposta Sheilla.

Mais em Vôlei