Siga o OTD

Universíade

Prata e bronze para o Brasil no judô da Universíade

Depois de três medalhas, o quarto dia de competição trouxe ao Brasil mais duas no judô da Universíade. Confira!

No quarto dia da Universíade, realizada em Taipei, o Brasil faturou mais duas medalhas no judô. Eleudis Valentim garantiu a prata na categoria -52kg, enquanto Tamires Crude foi bronze nos -57kg.

+ CONFIRA O RESULTADO DE TODOS OS BRASILEIROS 

Agora, na modalidade a equipe brasileira tem 4 medalhas, mais 1 da natação com Henrique Martins, totalizando 5 conquistas. No quadro geral de medalhas, o Brasil aparece na décima quarta posição. Coréia do Sul, Taipei e Japão lideram a competição.

Para chegar até a medalha de prata, Eleudis Valentim passou por Charity Jatau, da Nigéria. Depois superou Gantsetseg Ganbold, da Mongólia, com um shido e um ippon. Venceu a chilena Judith Carla Gonzalez Jaque também por ippon. Na semifinal, a brasileira bateu a italiana Giulia Pierucci, quando sofreu um shido, mas aplicou dois e um wazari.

Na disputa pelo ouro, Eleudis Valentim não conseguiu segurar a japonesa Rina Tatsukawa em uma luta que acabou levando um ippon e um shido. Com isso, a brasileira garantiu a medalha de prata, a primeira do Brasil na Universíade. “Além de treinar muito, mantive o foco em meu objetivo. Eu sabia que teria lutas fortes, afinal esse é um mundial. Estou muito contente com meu desempenho hoje, pois tive lutas com tempos curtos. Só na luta final, que vacilei no chão, por um detalhe. Mas, errar me faz ver onde tenho que ajustar”, comentou a judoca.

Também no judô, Tamires Crude começou sua trajetória até a medalha contra Khulan Tseregbaatar, da Mongólia, quando sofreu dois shidos, mas aplicou um wazari e um shido. Depois, passou pela atleta de Taipei Hsin-Yun Lee. Na luta seguinte, contra a japonesa Yui Murai sofreu um revés levando um wazari e um shido e aplicando somente um shido.

Já na repescagem, venceu a ucraniana Nataliya Ilkiv c0m dois wazaris e a alemã Anne Sophie Schmidt com um wazari e um shido. Na disputa pelo bronze, Tamires Crude bateu a italiana Anna Righetti com um wazari e dois shidos. “O nível das atletas é muito alto. Confesso que esperava mais de mim, mas fiz uma competição muito boa. Minha última luta foi bem difícil, mas quando chegou no Golden Score, fiz a pegada e acertei o golpe. Judô é tudo para mim, tudo que tenho hoje foi devido ao judô”, conta emocionada.

Universíade Taipei 2017

Uma publicação compartilhada por Tamires Crude (@tamirescrude) em

Na quarta-feira acontece a última competição do judô e mais quatro brasileiros nos representarão em duas categorias: ligeiro com Allan Heiji e Gabriela Chibana, e absoluto com Ruan Isquierdo e Sibila Mariana.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Jornalista formada pela Cásper Líbero. Apaixonada por esportes e boas histórias.

Mais em Universíade