Siga o OTD

Skate

Pedro Barros e ‘família’ do skate mudam o clima olímpico no Japão

Com um clima nunca antes visto, skate rouba a cena nos Jogos Olímpicos de Tóquio e Pedro Barros celebra a união proporcionada pela Olimpíada

jogos olímpicos de tóquio skate
A 'família' brasileiro do skate em Tóquio (Gaspar Nóbrega/COB)

Na mais conhecida e competitiva disputa do planeta, tem uma galera nova na área que não só prega, mas vive e compete de outra maneira. O skate chegou para ficar e trouxe vibrações completamente diferentes para os Jogos Olímpicos. O porta-voz desse estilo de vida é Pedro Barros, mundialmente conhecido e que tornou-se um medalhista olímpico. União, amor e respeito, esses são os pilares que tão bem fizeram à Olimpíada de Tóquio. Claro, sempre com um sorriso no rosto.

Aliás, é muito comum os skatistas celebrarem uma volta muito boa dos adversários. O prazer de ver alguém mandando muito bem é sincero e real, ultrapassa a barreira da competição, um misto de admiração e inspiração. “Não foi uma competição, foi um show”, pontuou Pedro Barros. Diferentemente da maioria das outras modalidades olímpicas, todos os finalistas se abraçaram e vibraram muito.

Isso não há como negar, o skate, nas modalidades park e street, deu um show e, sem dúvida alguma, foi o esporte estreante que mais chamou a atenção. O surfe, que tem uma vibração parecida, também foi marcante. “Hoje não é mágico só porque tenho uma medalha no pescoço. É mágico porque fui capaz, junto com meus amigos, de escrever história. Estamos fazendo do esporte um lugar melhor, um mundo melhor. É disso que se trata. O skate é uma comunidade, é um estilo de vida. Vai muito além de um esporte”.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Reacender a chama

“Nós somos capazes de voar tão alto, mais alto do que podemos imaginar”, disse Pedro Barros após a disputa que lhe garantiu a prata no skate park, em Tóquio.

Os Jogos Olímpicos ganham muito com o skate em seu programa olímpico. É quase um resgate dos valores primordiais que norteiam o sentimento olímpico. O respeito mútuo entre os competidores, o esporte acima dos interesses individuais e tudo na mais perfeita harmonia.

Por outro lado, a ‘família’ do skate estava preocupada com a inserção na Olimpíada de Tóquio. Isso porque a competição desenfreada por uma medalha é mais do incentivada, é tudo ou nada, glória ou frustração eterna. Mas no skate, literalmente, todos já caíram e seguem em frente independentemente do tamanho do tombo.

“Podemos enviar uma mensagem maravilhosa que é muito maior do que qualquer outro título que ganhei no skate. Maior do que qualquer outra coisa que ganhei em minha vida porque tenho certeza de que a mensagem que sempre quis passar alcançará seu objetivo. A mensagem do respeito, a mensagem de que podemos cair e nos levantar novamente e nos levantar e continuar lutando”, completou Pedro Barros.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Skate