Siga o OTD

Tóquio 2020

Guilherme Toldo perde para japonês na estreia e é eliminado de Tóquio

Brasileiro sofre com problemas com a arbitragem, é superado por japonês na estreia e está eliminado nos Jogos Olímpicos de Tóquio

(Gaspar Nóbrega/ COB)

Guilherme Toldo perde para japonês na estreia e é eliminado de Tóquio

Não deu para Guilherme Toldo. Representante brasileiro no florete individual dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o atleta acabou superado na estreia para o japonês Toshiya Saito por 15 a 10 e acabou eliminado da competição olímpica da esgrima.

Com apenas 15 segundo de confronto, o brasileiro sofreu com uma quebra na lâmina do seu florete e precisou trocar o equipamento. O Japonês começou o confronto melhor e converteu dois toques no brasileiro. Guilherme Toldo respondeu na sequência com três toques consecutivos, virando o jogo em seu favor. Porém, Toshiya Saito conseguiu reverter novamente o confronto e fechou o primeiro tempo com a vantagem de 7 a 3.

+ Confira TUDO sobre a disputa da esgrima nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Na reta final deste período o brasileiro reclamou bastante e questionou o funcionamento do sensor de seu adversário. Vale lembrar que nesta modalidade apenas os toques no tronco do adversário são válidos.

“Teve alguns problemas que eu pedi o recurso do vídeo. Mas enfim. É uma faceta da esgrima que a gente precisa aceitar. Nós precisamos também aceitar a interpretação do árbitro. Isso também acontece em outros esportes de combate. Enfim, demérito meu que não consegui me adaptar a isso rapidamente. Na esgrima a gente precisa se adaptar ao adversário e também à arbitragem”, declarou o atleta cabisbaixo após a derrota.

Tóquio Guilherme Toldo Esgrima florete
Guilherme Toldo acabou derrotado na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Gaspar Nóbrega/ COB)

No segundo tempo, Guilherme Toldo até começou bem, pontuando duas vezes rapidamente. Porém, o brasileiro acabou sentindo um ponto decisivo dado para o japonês e seguiu reclamando do funcionamento do equipamento. O adversário japonês soube aproveitar bem a situação e abriu uma larga vantagem de 13 a 6. O brasileiro consegui responder nos instantes finais do segundo tempo e viu a diferença cair para cinco pontos após anotar dois toques na sequência.

No terceiro tempo, Guilherme Toldo começou bem o jogo e anotou dois pontos rápidos na sequência. No entanto, Toshiya Saito não deixou a reação do brasileiro acontecer e conseguiu converter dois toques na sequência, confirmando a vitória diante do brasileiro.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

“O combate foi bem azedo. O japonês era um atleta bastante forte também. Tive um problema com a arbitragem também. Não entendi muito bem alguns critérios que foram usados. Tive dificuldade para entrar no jogo que eles estavam fazendo e me pareceu que o meu adversário estava mais preparado para isso”, avaliou o brasileiro.

Esta foi a terceira olimpíada de Guilherme Toldo. O melhor resultado veio na edição de 2016, no Rio de Janeiro, quando parou nas quartas de final no Rio de Janeiro. Em 2019, nos Jogos Pan-Americanos, ele conquistou a medalha de prata na disputa por equipes no florete.

Mais em Tóquio 2020