Siga o OTD

Tóquio 2020

Seleção masculina de basquete 3×3 é convocada para período de treinos

Visando o Pré-Olímpico de basquete 3×3, que será realizado na Áustria, seleção vai treinar de 9 a 18 de abril no Rio de Janeiro

seleção brasileira de basquete 3x3 masculina

A Seleção Brasileira masculina de basquete 3×3 está convocada para a 1ª fase de treinamentos visando o Pré-Olímpico de Graz, na Áustria, em busca de uma vaga em Tóquio 2020. Ao todo, foram convocados oito atletas pelo técnico Douglas Lorite e os treinos acontecem entre os dias 9 a 18 de abril, no Rio de Janeiro, na EsEFEx, a Escola de Educação Física do Exército, na Urca, com apresentação marcada para a próxima sexta-feira, dia 9, às 11h, com apoio total do Comitê Olímpico do Brasil e do Exército Brasileiro.

– Desde meados de 2020, um grupo maior de atletas da Seleção 3×3 mantiveram a forma em parceria com a Smart Fit, em parceria que a academia fez com a CBB, além da Uai Sports, que nos forneceu as melhores máscaras esportivas do mercado. Antes do adiamento dos Jogos de Tóquio, também tivemos uma primeira etapa de treinamento, que de qualquer forma, nos auxiliou para que os jogadores se conhecessem melhor. Agora, com a confirmação do Pré-Olímpico, vamos trabalhar com todos os recursos possíveis em busca de uma vaga para o Brasil – explica Francisco Oliveira, Gerente de Desenvolvimento do basquete 3×3 na CBB e Chefe da Equipe.

+Copa do Mundo será ano que vem em Antuérpia, na Bélgica

A lista conta com Jefferson Socas, William Weihermann, Leandro de Souza Lima, André Tadeu de Oliveira Ferros, Jonatas Julio de Mello, Luiz Felipe de Paulo Silva, André Stefanelli e Murilo Becker, todos em busca de quatro vagas para a disputa do Pré-Olímpico entre 26 a 30 de maio, em Graz, na Áustria, quando três países se qualificarão para os Jogos Olímpicos.

Ao fim da primeira fase de treinos, no dia 18 de abril, o técnico Douglas Lorite fará dois cortes e definirá o time que jogará a competição. A segunda fase de treinamentos, de 10 a 22 de maio, terá então seis atletas em treinamento. Quatro vão viajar para o Pré-Olímpico na Áustria e os outros dois ficam como reservas imediatos na lista enviada para a Federação Internacional de Basquete (FIBA) e podem ser acionados.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O Brasil joga a primeira fase no mesmo grupo que Mongólia, Polônia, Turquia e República Tcheca. Outros três grupos contam com cinco países cada. Os dois melhores de cada chave avançam para o mata-mata e os três times que forem ao pódio terão sua vaga em Tóquio 2020.

Seleção terá protocolo de COVID-19 rígido

A Seleção Brasileira masculina de basquete 3×3 terá um protocolo rígido contra a COVID-19. Serão feitos testes de PCR na chegada dos atletas e casos positivos serão isolados. A temperatura e oximetria será controlada diariamente, e testes rápidos também serão feitos a cada dia antes dos treinos.

No deslocamento de suas cidades até a EsEFEx, seja via terrestre ou aérea, os atletas foram orientados sobre práticas contra a COVID-19 e serão recepcionados por membros da comissão técnica, que os levarão até a Escola de Educação Física do Exército. Confira abaixo alguns dos protocolos:

– Atletas e comissão técnica serão testados no ato da chegada da delegação à EsEFEx, com testes PCR que terão seus resultados divulgados em menos de uma hora. Casos positivos serão isolados, medicados e farão quarentena de acordo com os protocolos dos Órgãos de Saúde do país.
–  Todos os atletas ficarão isolados na EsEFEx durante todo o período de treinamento, onde também farão sua alimentação e hospedagem.
– Todos os atletas receberão kits individuais de álcool gel, máscaras  e manual de orientação de medidas sanitárias.
– Atletas passarão por testes de Anamnese e rastreamento de sintomas.
– Atletas terão mensuração de temperatura e oximetria.
– Durante todos os dias de concentração, já após os testes de PCR, passarão diariamente por testes rápidos.
– Atletas usarão máscaras no deslocamento de quartos até a entrada em quadra e só vão tirá-las para as atividades.
– Componentes da comissão técnica vão usar máscaras em todos os períodos.
– Bolas e itens de treino serão higienizados a cada sessão.
– Copos, garrafas e outros itens serão individuais e não poderão ser  compartilhados.

Mais em Tóquio 2020

viagra