Siga o OTD

Tóquio-2020 - Vacina - Coronavírus

Tóquio 2020

Microbiologista diz que Olimpíada está ameaçada sem vacina

Especialista disse que governo do Japão vê vacina como única maneira de realizar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos em 2021

Falta menos de um ano para o início dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Divulgação)

Microbiologista diz que Olimpíada está ameaçada sem vacina

A menos de um ano para o início dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, um especialista médico japonês afirmou que a Olimpíada e a Paralimpíada estão em risco caso ainda não se tenha uma vacina contra o coronavírus.

O professor Yoshiharu Matsuura, da Fundação de Pesquisa para Doenças Microbianas da Universidade de Osaka, disse que o governo japonês está se concentrando no desenvolvimento de uma vacina para garantir que Tóquio-2020 aconteça.

+Com coronavírus, Kei Nishikori é dúvida para US Open

“No Japão, o governo está colocando grande ênfase no desenvolvimento de vacinas e remédios para o coronavírus por causa da Olimpíada. Eles querem realizar os Jogos no ano que vem e estão dizendo que a única maneira de isso acontecer é com a vacina”, disse à Sky News.

O trabalho para desenvolver uma vacina para o coronavírus tem progredido em um ritmo rápido no mundo todo. O presidente russo, Vladimir Putin, inclusive, alegou que uma vacina já foi desenvolvida em seu país.

A notícia, no entanto, foi recebida com ceticismo e Matsuura também alertou contra a precipitação de uma vacina, mesmo Tóquio-2020 podendo depender dela.

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“É preciso de tempo para se provar a segurança da vacina. O desenvolvimento de uma vacina regular leva 10 anos, mas eles estão dizendo para fazê-lo em um ano. Isso é assustador. É realmente uma velocidade absurda e acho um pouco enervante”, concluiu o especialista.

Reuniões entre o governo japonês e o Comitê Organizador da Olimpíada devem acontecen nos próximos meses. A ideia é determinar, portanto, “contramedidas robustas” para que seja possível realizar o evento. Os Jogos de Tóquio-2020 foram adiados para 23 de julho do ano que vem, assim como a Paralimpíada, remarcada para 24 de agosto de 2021.

Mais em Tóquio 2020